20.5.11

O "ANIMAL" MORIBUNDO

Os espectadores da rtp acabaram de assistir a mais uma exibição do maior e mais perigoso mitómano nacional, alguém que manda no país há seis anos e que é o rosto do lamentável estado de irrealidade e de penúria "bem preparada" a que chegámos. A escolha é simples. Ou prosseguir nesta mentirola dourada personificada na alucinada figura do actual 1º ministro ou varrê-lo de vez de cena. Passos Coelho, segundo algumas luminárias, ia ser esfolado vivo pelo "animal feroz". Não foi. O "animal" está moribundo.

20 comentários:

Vítor Pimenta disse...

o problema é que o eleitorado futeboleiro que decide estas eleições não percebe o tom inteligente e irónico de passos coelho. oxalá me engane na previsão.

Jorge Diniz disse...

O "animal" não está moribundo. O "animal" está com "miufa", porque sabe que irá responder pelas malfeitorias que fez.
Note-se que o "animal" não é só o mentiroso. Representa também todo o núcleo de malfeitores que, com as suas malfeitorias, puseram o País neste estado.

Tenham medo, tenham muito medo!... disse...

Sócrates ganhou o debate.
Não haja dúvidas.

floribundus disse...

na opinião de Sousa Tavares o sapatilhas sofreu derrota por ko.

oa abrantes, câncias, etc irão retocar os estragos.

os que não querem perder privilégios e os analfas votarão armani

no dia 6 digo qual o meu prognóstico.

para já sente-se o cheiro a fraldas de incontinentes da cloaca

Anónimo disse...

Finalmente o sócras retratou-se:para além de mentiroso pareceu 1"anormal"/alucinado e ESTEVE CLARAMENTE À DEFESA...OU SEJA,ESTEVE SEMPRE COMPLETAMENTE À RASCA !!!
Sou socialista anti-socrática:há mais de 6 anos que deixei de votar no PS,qdo se me começou a vislumbrar que vinha de lá este IMPOSTOR(há anos, sobejamente conhecido nos meios provincianos das Beiras).Cheguei a votar em branco e também em PPortas. Mas esta noite,após ouvir o debate entre PPCoelho e o "inginheiro-zeco",dissiparam-se as m/dúvidas:VOTAREI, PELA 1ªVEZ NA M/VIDA, NO Dr.PEDRO PASSOS COELHO, pq demonstrou q é educado (tem "berço"/PRINCÍOS!),sabe de ECONOMIA,é um político sem reservas intelectuais NEM AMARRAS DE FRETES APARELHISTAS.
PARABÉNS Dr.Pedro Passos Coelho!Estou convencida que vem daí UM BOM 1ºMINISTRO PARA PROTUGAL!!!
FPD.

Anónimo disse...

Os abrantes e cancios estão em black out.

Anónimo disse...

Mas o Sousa Tavares é de direita... aliás como a maior parte dos comentários aqui. Que valor é que tem isso?

Ricardo

Anónimo disse...

Para além da questão sem relevância de o PM não conseguir sequer esconder que não pretendia cumprir nem cumpriria nunca o programa que assinou com o FMI sobre a TSU, esta entrevista levanta duas outras questões: 1) esta entrevista de Passos Coelho sobre o programa do PSD dada ao PM teve um moderador da RTP para quê? 2) Em que dia é o debate sobre o programa do PS?

Anónimo disse...

Mas em Portugal ainda há alguem, tirando os blogueiros politicos e as pessoas ligadas ás máquinas partidárias, que tenha pachorra para ver debates de chacha entre os lideres dos partidos?
Eu fiquei a ver a novela do canal da concorrencia...presumo que 90% dos telespectadores tenha feito o mesmo ou algo de parecido.

Anónimo disse...

O país a ir ao fundo e o ilustre "anonimo" a ver novelas...

Capitão Nemo disse...

... e o que adianta ver debates?

Anónimo disse...

"Mas o Sousa Tavares é de direita..."
Não é de direita nem de esquerda nem do centro. É simplesmente a voz do barbeiro e do taxista.
Amanhã vou ao barbeiro. Já sei quem ele acha que ganhou o debate.

Fernando Correia

Anónimo disse...

E o respeitinho, Dr. Gonçalves? E o respeitinho?

amendes disse...

O "camarada" anónimo´viu novela uma ova... ele viu foi o seu patrono levar uma soba do ca....

Fado Alexandrino disse...

O moderador esteve para o debate como Roubário Benquerença estve para o Benfica em alguns jogos com a diferença que mesmo assim conseguiu não derrotar Passos Coelho.

Porque é que Passos Coelho ganhou o debate?
Porque Rangel na própria RTP1 engasgou-se a defendê-lo e acabou por aceitar que era um empate.

Só mais uma coisinha dizer que MST é de direita é um duplo insulto à direita e a ele próprio.

Sejam felizes.

a.marques disse...

Entre alguns habituais jornalistas comentadores no concurso contorcionista de hoje, registei a pérola da noite num debate na RTPN. A moderadora pergunta, quem ganhou o debate? Uma colega jOrNaLiStA saiu-se com esta tirada merecedora de troféu de latão: "Para os PS`s foi Sócrates, para os PSD´s foi Passos Coelho. Para isso vou lá eu. Novas oportunidades para que vos querem!?

Anónimo disse...

Estes candidatos, esta política de embalagem, estas 'prestações' e estas campanhas são todas orientadas para "a imagem". Isto é impudentemente admitido diante das câmaras e de microfones - com os 'políticos' a incorporar vergonhosamente o papel-de-embrulho nos seus ameaços de programa eleitoral - e o povo eleitor 'acha bem'; ou pelo menos não fica escamado com o triste espectáculo. Em 2009 percebeu-se que Manuela Ferreira Leite - velha, carrancuda, rígida e portadora de más notícias - não agradou (pela imagem...) e que sócrates, um banha-da-cobra com muita lábia, equipas de treinadores da vigarice e manipuladores de informação, tinha uma muito "melhor imagem" (e tinha generosamente metido 2,9% de aumento salarial pelo cu dos funcionários públicos acima...). Hoje a comentarice televisiva e os emissários-submarinos do PS nas TV's continuam a debater - com afã - a 'imagem': quem manteve a melhor, quem embrulhou melhor a mensagem (devia ser antes "a factura"), quem gritou, quem teve de se defender, quem denunciou irritação ou mostrou 'o tique'; imagem. Felizmente (...) que desta vez temos um programa de governo pré-escrito; de outra forma, e sem o País na bancarrota, 'nada' teria sido abordado, discutido ou quantificado.
Então poderemos dizer que a imagem de sócrates está em queda; que o seu guião de berraria irracional e agressiva, sem gravata e suado nos sovacos, já não engana tantos como antigamente. E que Passos, vindo de Massamá vestido e engomado de fresco, e com o nó-da-gravata arranjado ternamente pela mulher, está em ascenção. Assim seja. Pela mudança urgente e desesperadamente necessária para quebrar este criminoso ciclo de socialismo-socratismo enquistado no Estado, que queima dinheiro e é incapaz de dizer 'não' às clientelas, amigos, familiares e empreiteiros de viadutos.

Ass.: Besta Imunda

Anónimo disse...

Quer a turba comentadeira goste disto ou não, quer a maralha sebosa do rato esteja disposto a aceitá-lo ou não, Passos Coelho desancou, de forma pouco misericordiosa, o maior aldrabão que pisou solo nacional nas últimas décadas. Rasteiro, manhoso e tao mal intencionado como de costume, o querido líder rosa, armado até aos dentes pelos responsáveis pelo "clipping" (aquelas criaturas que vivem fechadas em caves, suados, mal cheirosos e que usam a mesma sweat-shirt da equipa de futebol americano da Universidade de Michigan desde 1987), tentou destabilizar Passos com aquela argumentação de mulher traída que tão bem o caracteriza.

Passos, bem, nunca deixou que o debate se centrasse apenas nas suas propostas, confrontando o animal com as pilhas de merda fumegante que foi acumulando nos cantos da gaiola. Foi nesses momentos que sobressaiu o ar de varina ordinária que sócrates faz quando as coisas não lhe estão a correr muito bem. À falta da solução que adoraria preconizar publicamente, mandar executar todos os presentes, enfada-se.

Para todos os efeitos, Passos venceu! O resto é conversa de merda!

PB

joshua disse...

Ontem pude ver com estes olhos que ressuscitarão para a glória celeste aquando da Parusia do Senhor, a mais reles e eficaz personificação da Mentira derrotada pela pureza firme de Pedro Passos Coelho com quem, finalmente, estou em sintonia de tom contra os cangalheiros do Rato.

Isabel disse...

Assisti, com inusitado prazer, ao pavor disfarçado de desdém , estampado no rosto de quem se habituou, durante demasiado tempo,a mandar, directa ou por interposta gente , em todos nós. Até à asfixia, ao medo instalado, à infelicidade sem esperança de todo um povo. Ontem foi a sua vez de ter medo e de o demonstrar em esgares efeminados e circenses. Do outro lado, uma pessoa sóbria, digna, preparada, que o encostou às cordas. Nem os seus mais fiéis apaniguados foram capazes de negar, a quente, a sua derrota. Hoje, o assunto é já outro: do Expresso à Televisão em geral já se percebe a estratégia delineada, a de desvalorizar o debate , por não ter abordado temas essenciais. Quem terá sido o senhor(por assim dizer) que, com os seus baixos truques e malabarismos, tudo fez por isso?