2.3.09

A NEO-SOCRANETE

Num congresso anterior, mas já em plena era do querido líder, a dra. Ana Gomes fez questão de subir ao púlpito para afirmar a sua "independência". Chegou mesmo a dizer que não era uma "socranete" sem olhar para Edite Estrela, Idália Moniz ou Ana Paula Vitorino. Desta vez, desdobrou-se em entrevistas de sufrágio ao magnífico desempenho do admirável chefe como primeiro-ministro e, no palco de Espinho, não deixou de o defender da "campanha negra". Para garantir o lugar na lista para as "europeias" - e/ou a candidatura à câmara de Sintra - não precisava ser tão óbvia.

8 comentários:

joshua disse...

Tiques de justiceira e cruzadista: exige resposta e chora por um sem-número de dossiês filantrópicos e humanitários, que todo o português sedento de justiça pode e deve subscrever, mas nem ela resiste a genuflectir perante o Absoluto Cocó Autocrático Pseudo-Democrático que é Sócrates?! Que miséria. Pensávamos nós que ao menos ela os teria!

Isso e e ser uma 'Lasca' do Meco [«
Há tempos, numa entrevista "cor-de-rosa", Ana Gomes revelava ao mundo que, por vezes, "pisgava-se" do MNE para ir até ao Meco fazer nudismo com uns colegas»] resumem-na muito bem.

Anónimo disse...

O que esta gentinha faz por um tachinho para lhes garantir a compra duma carcaça...

Todos diferentes.Todos iguais!

PQP's como diz o inimitável "radical livre"!

mfm disse...

O pior é se se engana,o OUTRO é vingativo,à cautela lá foi enfeitar o congresso.
mfm

mfm disse...

À cautela lá foi enfeitar o congresso o OUTRO é vincativo assim mais val prevenir.

Anónimo disse...

O unico motivo de interesse nas declarações e tomadas de posição dos dirigentes do PS nestes ultimos dias foi terem provocado um revelador deslize ao Dr. Louçã,deslize esse que terá sido o unico facto interessante associado a este congresso.
De acordo com o Sol, o dr.Louçã entusiasmou-se no almoço comemorativo dos dez anos dessa agremiação maoísta-trotskista que dá pelo nome de Bloco de esquerda. A propósito de um comentário qualquer do sr.presidente da câmara de Lisboa, dr.António Costa, que se referiu ao BE como tendo um comportamento "parasita", a propósito não sei de quê, o dr.Louçã ficou muito contente pelo facto do PS ter eleito, segundo ele, a agremiação a que preside como principal adversário. Vai daí terá dito que sabe, ou que eles sabem, porque eles geralmente sabem tudo, onde é que estão os "parasitas, as ratices e as ratazanas". Está visto que, de pragas, percebem bastante, assim soubessem o mesmo de desparasitação.
Este discurso tem o dom, no fim de contas, de mostrar que nada mudou ao fim de dez anos. Nem de noventa, quanto mais de dez. Sob a aparência de uma pós-modernidade, ela própria vazia e sem qualquer valor, mantém-se o velho discurso, a velha couraça ideológica. Ouvimos o dr.Louçã e parece que estamos a ouvir a camarilha trotskista-leninista, com a sua linguagem redutora. Esta gente, tão amiga do "outro", não hesita em reduzi-lo à animalidade mais extrema quando esse "outro" não é o certo, quando não se encontra do lado de dentro da verdade. Esta gente não mudou e nunca mudará, por mais operações cosméticas que faça. Está-lhes nos genes. Detêm a verdade e quem estiver de fora não terá salvação. Claro que ninguém se importa. tal como não se importou quando colocaram cá fora um cartaz em que se questionava a humanidade dos banqueiros. Há aqui qualquer coisa de inquisitorial, de doentio numa procura de pureza que se nega a quem não faz parte da confraria. Nada mudou. É por isso que não temos dúvidas sobre o que esta boa gente poderia fazer aos "parasitas" e ás "ratazanas", no caso de um dia se estabelecer no poder. O seu fanatismo purista e exclusivista diz mais do que muitos discursos, mesmo que sejam fracturantes.

Anónimo disse...

a base de dados que sócrates está a construir a partir do site http://www.socrates2009.com/ não salvaguarda a autenticidade de alguns dos dados inseridos

análise ao site http://www.socrates2009.com/

http://trocaopasso.wordpress.com/2009/03/01/socrates-2009/

RM

Anónimo disse...

Esta cambada da chamada esquerda, que tanto se arma em boa, uma parte é de merda, a outra parte, é merda pura.
Ainda tenho na minha retina o espectáculo imbecil e sintomático de preocupação exibicionista dado pela "ovelha negra" ao perseguir e assediar o Le Pen quando este veio a Portugal.
Para propaganda pessoal e por vaidosa intenção,armou-se em duro com Le Pen mas acobardou-se com o Mugabe e outros ditadorzecos que têm o atrevimento de pôr os chispes em território português.
Das Anas e dos anões do PS o que é que esperam? Não sabem que a luta deles se resume em apanhar um bom tacho que muito pingue?

Anónimo disse...

Essa falta de coerência, entre outros "sintomas", parece mostrar a falta ou inexistência de princípios Absolutos, Universais. Todos os princípios que defende parecem relativos.

Trata-se de alguém que evito ouvir. A última que lhe ouvi foi quando cortou relações, muito desiludida, com o "grande amigo" que tinha nesse dia perdido, Jorge Sampaio, quando este era presidente e convidou o dr. Santana Lopes a formar governo.

Por isso, para mim o que essa dra. diz ou faz passou a ter o valor e o significado que ela dá às amizades.