7.9.10

O DESTINO DA LITERATICE

Onde vão acabar os nossos Josés Rodrigues dos Santos.

15 comentários:

Garganta Funda... disse...

Na verdade só um idiota é que continua a comprar - e pior!, a ler - os livros desses «autores».

Mal por mal prefiro ler as séries de Corin Tellado ou a minha colecção «6Balas» , enquanto adolescente...

bA disse...

pois é, mas muita gente, até insuspeita, compra, lê e gosta.

floribundus disse...

neste nacional-socialismo coprofágico desenvolvem-se os fornecedores de merda tipo santos, flores,rodrigos,júlios.
versão pimba-carreira.
bom proveito para estes saramagos

Anónimo disse...

Para haver verdadeira justiça, Rodrigues dos Santos só conseguiria ver exemplares dos seus livrinhos em salões de cableireiro - nas Telheiras ou em Campo de Ourique. E tendo sido oferecidos na compra dum kit "Avon" de verniz, rimel e amaciador.

Ass.: Besta Imunda

Anónimo disse...

Respeitinho, Dr. João Gonçalves. Respeitinho.

www.angeloochoa.net disse...

Na casa emprestada de irmão, frente a casa de nosso Dan Brown, eu, Angelo Ochoa, banido e anulado, mas com olhos na eternidade, em Cerejais, declaro, a os Joses Rodrigues Santos deste mundo, que merda vende mas não dá!
in
http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/ultima-hora/dan-brown-e-o-autor-mais-desprezado-no-reino-unido

FNV disse...

good news

Alex disse...

J. K. Rowling em sétimo lugar na lista dos mais desprezados? É para rir... imaginando como ela deve estar tão preocupada!
Tanta dor de cotovelo!
Rodrigues dos Santos não é um dos escritores mais lidos em Portugal? Os que compram os seus livros ou os pedem emprestado serão todos analfabetos? Dor de cotovelo à portuguesa.

Anónimo disse...

A questão é que estes autores têm um número de livros em circulação tão grande que também são os mais dados. Isso não é desprezo. Simplesmente, o "povo" que vai lendo vê esses livros como mais um objecto descartável.

E depois? Há quem tenha a casa atafulhada em jornais antigos (já tive, já deixei).

E os autores "descartáveis" querem lá saber... Vendem aos milhares. Aí está o sucesso deles.

PC

Joe Bernard disse...

Os cães ladram mas a caravana passa!!!

Anónimo disse...

Já a minha avó me dizia:
-Meu filho, não sejas invejoso, porque a inveja é a arma dos incompetentes.

Anónimo disse...

Um dos mistérios que nunca conseguirei resolver!Porque será que as apreciações que me são desfavoráveis ou aos meus amigos, são sempre e só ditadas pela inveja, e nunca, mas nunca, por critérios de qualidade?

Anónimo disse...

Inveja?! Quem é o invejozo e quem é o invejado?. Nunca li nada dessa cáca. Não me considero letrado nem culto. Considero-me consciente de que não preciso disso para falar com o meu vizinho, dizer-lhe bom dia educadamente e sobretudo para não encarneirar na trampa dessa pseudo-literatura.

Anónimo disse...

Jamais teria inveja de Rodrigues dos Santos. Estes débeis livrinhos não acrescentam nada a ninguém; e o país não avança um milímetro por eles existirem. Acresce que JRdS é um peralvilho noticioso; e uma cabeleireira literária, tal como Sousa Tavares. Ambos impressionam apenas os ignorantes. Em certa medida, é até justo (para eles e para os ignorantes). Ambas as classes se merecem: a jornalice literária e o povo-cabeleireiro-que-compra-romances. Quanto aos proventos das várias edições, também não os invejo; basta pensar que qualquer cabeça-de-gel do futebol da 3ª divisão factura mais por mês. A inveja é sim sentida por quem a refere. Se quizesse "ganhar muito dinheiro" (!) tinha ido para vendedor de armas (esse sim, um território "difícil" e muito selectivo). Txau.

Ass.: Besta Imunda

Alex disse...

Posso saber por que eliminou o meu comentário? Não ofendi ninguém.