25.9.10

UMA BOA VASSOURADA


«No seu pior, o FMI não deixaria de pôr as finanças em ordem, ou a caminho de uma certa ordem, façanha de que, por razões de oportunismo, os nossos partidos não são obviamente capazes. Mas talvez fizesse mais. Talvez convencesse o eleitorado da irremediável irresponsabilidade do regime e dos políticos que hoje o exploram e conduzem. Não acredito que, a seguir ao sarilho em que nos meteram e à cura brutal de uma intervenção estrangeira, os portugueses continuassem a votar imperturbavelmente no desastroso sr. Sócrates ou no sr. Passos Coelho e na tropa-fandanga que os segue e aplaude. Há limites, mesmo para a tradicional mansidão indígena. Com alguma sorte, uma boa vassourada permitiria um recomeço. E nós precisamos de um recomeço.»

Vasco Pulido Valente, Público

10 comentários:

Anónimo disse...

Mas há um "probleminho" :

- Quem inicia o processo de um recomeço ?
Sim, quem, se o regime resiste bloqueado ?

Mani Pulite disse...

VASSOURA,CACETE E VÁRIOS PARA A PRISA COMO EXEMPLO DISSUASOR DE MAIS MALFEITORIAS.

floribundus disse...

'cura-se a ferida,
mas fica a cicatriz'
Seneca; De Ira

Anónimo disse...

O problema é que o recomeço iniciava no rato, e quando um qualquer Sócrates voltasse aos debates quinzenais na AR, os comentadeiros dar-lhe-iam novamente grandes e públicas declarações de vitória, qualquer que fosse o grau de ordinarice e truques do discurso. Este Sócrates não é outro. É o que sempre cá esteve. E o pouco que mudou foi para pior, ou esqueceram-se todos do atentado contra o estado de direito como se ele não existisse para além da legalidade das escutas?

joshua disse...

Viva o Rei! Façam uma plástica ao Regime e será sempre o mesmo Regime.

Mudem-no e será outro. Um Recomeço.

Moonwalker disse...

Seneca , cheio de razão.

Só não vislumbro é quem estará por debaixo do pó depois da bem precisa vassoura a dar , que possa por esta «merda» no sitio...

Desculpem - me o impropério...

Anónimo disse...

Lendo os comentários acima ficamos num triste "como não se vê quem possa dar a volta ao estado a que chegámos, é melhor continuarmos assim".
Não se esqueçam de votar neles.
E de pagar a conta.

Anónimo disse...

Admiro muito o vpv mas não concordo com a sua afirmação de que os portugueses não votariam naqueles dois, acho que vão continuar a votar ou num ou noutro.
Até os grandes espíritos, às vezes, fazem análises erradas o que, neste caso, muito me admira.

Anónimo disse...

O senhor Valente é levado da breca. Quando há elogios dão-se à direita. Não admira, até porque foi a direita que lhe ofereceu um dia um lugarzito de deputado. Quando quer espalhar mistificação, mistura tudo e diz "os nossos partidos".

Red Eagle disse...

É um recomeço que precisamos, mas a tropa fandanga é sempre a mesma. Não vejo ninguém a ser responsabilizado...

Saudações Chaladas