12.4.10

A MARTELADA RESOLUTA


O martelo resoluto da improvável justiça portuguesa vai, finalmente, cair em cima das "escutas" a Sócrates. O que não puder ir à martelada, vai com x-acto ou de outra maneira qualquer. Quanto aos papéis, queimam-se ou assim. Isto abriu o telejornal da zelosa RTP que não faz mais do que justificar os milhões nela investidos e que, segundo o insuspeito Expresso, davam para umas três pontes Vasco da Gama. Isto deve fazer suspirar de alívio a dita RTP, Marinho Pinto, a Rosa Mota, a dupla Delgado&Resendes, o Lello, o ex-macaco Adriano, o Marques Lopes, o elefante que toca o sino no jardim zoológico, o Rodrigues dos Açores, a energia eólica e o Eduardo Pitta que os resume a todos com o seu sempre sagaz "é oficial". Porque certamente ninguém ignorará que os dvd's alvo da martelada, mais tarde ou mais cedo, aparecerão "martelados" na feira de Carcavelos ou da Ladra, lugares tão apropriados como simbólicos para semelhante tralha. Fica a suspeita que, se fosse comigo, seria sempre mais preocupante do que qualquer divulgação pública fosse do que fosse.

10 comentários:

António P. Castro disse...

Acabo de saber, através do Telejornal da RTP, que vão ser finalmente destruídas, conforme vontade dos srs. Pinto Monteiro e Noronha do Nascimento, as conversas telefónicas entre os falsos eng. e dr. nas quais os investigadores viram um atentado ao estado de direito.
A notícia suscita-me duas reflexões, entre outras possíveis:
1. Afinal, "o crime compensa";
2. O estado de acagaçamento dos nossos media ante o poder é total.
O socretinismo pode, portanto, continuar a destruição do país.

Garganta Funda... disse...

São «destruídas» mesmo a tempo.

A Assembleia da República, onde reside alegadamente a soberania do povo, nada pode fazer e os seus representantes ficarão privados de ouvir tão inocentes e pueris conversas de Sua Excelência com os seus cortesãos.

O jornal Público Online está a divulgar um interessente vídeo com a intervenção duma indomável deputada estadual (Cindinha Campos Straus) da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro.

A páginas tantas, ela diz uma verdade insofismável: «a corrupção está no nosso DNA».

E todos nós sabemos que uma grande parte do DNA brasileiro tem origem neste «jardim» à beira-mar plantado.

(Esse vídeo deveria ser passado obrigatoriamente em todos os blogues portugueses, pois o seu teor, com as devidas adaptações, é muito assertivo quanto ao nosso poder executivo, legislativo e «judiciário».
Parafreseando o Chico Buarque da Hollanda: «Ainda esta terra vai tornar-se um imenso Corruptil...»)

Anónimo disse...

Em teoria, qualquer PM disposto a liderar uma rede mafiosa, terrorista ou de escutas telefónicas o poderá fazer mantendo conversas telefónicas em conferência com os seus discípulos.

Fado Alexandrino disse...

Sem ter a absoluta certeza gostaria de fazer uma adenda ao post.
O elefante do Zoo foi proibido de tocar a sineta porque não era politicamente correcto, era uma violência sobre o animal.
Vendo-a como ma contaram.

Anónimo disse...

Em resumo :

- A democracia é "modelável" até ao mais sórdido dos regimes, mantendo todavia a "qualidade" do menos mau de todos. Óra pois não !

Karocha disse...

E segundo a teoria vigente, Nixon nunca tinha resignado.

VF disse...

"Fica a suspeita". Nem mais. Não fosse esta gente toda a atirar para o estúpido e para a indigência ética, perceberiam o essencial: que assim não resolvem nada e não dignificam coisa nenhuma (muito menos a Justiça, essa coisa cegueta que inventa que um PM não pode ser "apanhado" se o chefe dos ceguinhos não for avisado primeiro - mesmo contra as evidências e os acasos reveladores). Fica tudo pior - mas enfim, não estamos perante gente que se preocupe verdadeiramente, sequer a médio-prazo, com as palermices que apregoam, muito menos com a sua real extensão. Uma coisa é recusarem ceder ao barulho da comunicação social e ao oportunismo político para manter uma regra (o que acharia muito bem, não fosse a regra estranha), outra coisa é fazerem de conta que o barulho não existe. Enfim. Fica sobretudo a ideia de que, se as escutas afinal não contêm nada de esquisito, perderam uma boa oportunidade para as publicar e dizer: "Veêm como tudo isto era uma tempestade num copo de água?"

Anónimo disse...

Eh pa...Quando e que se destroi o assunto do BIBI e soltam o home? E do Godinho? A sempre uma vitima nestas merdas.

Anónimo disse...

O BIBI está solta há anos porque se ultrapassaram todos os prazos máximos da prisão preventiva. A Justiça não é capaz de julgar a tempo 5 ou 6 pessoas acusadas de abuso sexual de menores. só para o julgamento precisou de de mais de cinco anos e ainda nem sequer acabou.
Já agora, por que é que não combatem o Sócrates politicamente? Por que é que insistem em fazer, através dos mecanismos ínvios da justiça, o julgamento do homem no pelourinho das conveniências de uma direita incapaz de gerar alternativas políticas que convençam o povo e não o fazem no campo de batalha político?
Que respondam as luminárias deste blogue.

burns disse...

calma amigo
um criminoso tem de ir a julgamento,não pode tentar fugir belos becos da justiça criada para proteger poderosos.
o combate politico é outra coisa, não tente por a merda toda no mesmo saco porque senão ele rebenta