17.4.10

AS PRESSAS DO DR. TAVARES

O dr. Miguel Sousa Tavares, no Expresso, sem link, sustenta que o Papa está preso por um fio e que ainda vai ter de renunciar (parece que dr. Tavares apreciaria o exercício). Qual misto de Lombroso com prof. Karamba, o dr. Tavares, aliás, conseguiu logo detectar, nos olhos do novo Papa, vai para cinco anos, uma fatalidade. Não me passaria pela cabeça pedir ao dr. Tavares que renunciasse à sua impressionante cadeira de grande "escritor" português contemporâneo conforme o Metro e as praias o atestam copiosamente. Felizmente o dr. Tavares reconhece que a Igreja repousa sobre dois mil anos de sabedoria e de resistência. E que, mesmo apesar disso (ou por causa disso), está, melhor do que ninguém ou alguma seita corporativa ou sexista "correcta", habilitada a viver em minoria como o então cardeal Ratzinger advertiu nos anos setenta do século passsado. Por isso, dr. Tavares, tenha calma que no dia em que a "igreja tal como a conhecemos" acabasse, era o homem, tal como o conhecemos, quem tinha acabado.

17 comentários:

Nuno Castelo-Branco disse...

Seria excelente se MST parasse um pouco e pensasse acerca de quantas mãos terá apertado ao longo dos últimos trinta anos.
Tomara qualquer uma delas pertencer a alguém que tenha escrito textos como este Papa já escreveu. Realmente, ser-se de longe, uma das maiores cabeças do Ocidente e simultaneamente, ser-se Cardeal e Papa, é um insulto para esta gente do Nada absoluto. Que se dediquem a safaris, vernissages e pouco mais. Que coisa...

M. Abrantes disse...

Ratzinger deveria, muito terrenamente, responder às interrogações públicas sobre a sua própria pessoa, em vez de apenas se mostrar ofendido com elas. Se sentir-se ofendido é, em termos pessoais, uma reacção compreensível, já em termos públicos corre o risco de parecer uma esquiva, o que deixa o Papa numa posição de fraqueza (sustentar-se apenas no apoio dos católicos fervorosos, não é boa política).

radical livre disse...

baba-se quando fala de pedofilia dos padres católicos.
devia organizar um congresso dos pedófilos familiares (> 50% dos casos).
qualquer um de nós não escapa à condição humana

Fado Alexandrino disse...

Há duas coisas que nunca acabarão.

Uma é a crença do Homem num Ser Divino, outra é um Divinal como Mozart deixar de ser escutado.

Dentro de dez mil anos estes valores continuarão e ninguém se vai lembrar de MST ou de mim ( no meu caso bastarão dez ou vinte anos).

Mani Pulite disse...

CADA DIA QUE PASSA COM BENTO XVI NO VATICANO PÕE A MAÇONARIA E SEUS COMPAGNONS DE ROUTE CADA VEZ MAIS NERVOSOS.

Anónimo disse...

Estes comentadores pensam que o Papa e a Igreja são o Menezes, Coelho, Socrates e PS e PSD.

O verdadeiro filho da puta pode ser identificado pela sua excepcional resistência ao ridículo assassino.

Anónimo disse...

Não se meta com o Dr. Miguel Sousa Tavares!

Anónimo disse...

A este propósito vale a pena ler no «Portugal Contemporâneo» o escrito de hoje de Pedro Arroja.

Anónimo disse...

Este suposto 'escritor' S. Tavares saiu cá uma encomenda que faz favor! De vez em quando escreve com cada disparate que só visto, contado nem se acreditaria. Isto que ele escreveu no Expresso e que transcreve, é o maior disparate a que uma pessoa medianamente inteligente (como ele parece ser) alguma vez lhe poderia passar pela cabeça, quanto mais pôr em letra de forma. É demais! Mesmo contando com os disparates (escritos e orais) que lhe podem ser assacados e que não são tão poucos assim, apesar de tudo dele esperar-se-ia outra coerência. Mas depois do respectivo escrito está tudo dito.
Maria

Anónimaporsegurançaqueeleebruto disse...

Será que esse senhor não conseguiu entender a soberba síntese que a sua própria mãe fez, conciliando o melhor do Cristianismo com o melhor do paganismo grego? Deve tê-la lido.Talvez ultrapasse, contudo, o seu raciocínio tendencialmente linear
Triste pátria que aceita "intelectuais" deste calibre.

Mani Pulite disse...

O INGINHEIRO QUE TEM TANTA COISA PARA EXPLICAR NÃO EXPLICA NADA.SÓ POR ESCRITO.PARA NÃO FALARMOS NO P.E NO F...

Garganta Funda... disse...

O proeminente Dr.MST, tal como o artista Herman José, há muito que está na fase irreversível da decadência.

Está velho, casmurro, reaccionário e ressabiado.

Luís Simões disse...

Não acho porque razão havia o José Bento de abdicar. Foi o único papa que condenou o problema. O amadíssimo João Paulo II sempre fez de conta de que isso não era um problema ( mesmo com os escândalos no EUA) e continuou tranquilamente no lugar

Alex disse...

Quer o dr. Tavares seja leitura de praia ou não, o que é certo é que tem tido muito sucesso; tem posto o “povinho” a ler. Já li muitos dos seus livros, portanto, pertenço ao tal povinho. Se tivesse direcionado os seus escritos para o mundo intelectual português...ficaria muito limitado. Pelos vistos é um meio muito restrito. Agora dar o palpite que o Papa ainda terá que renunciar é não saber bem o que está a dizer ...

Nuno Castelo-Branco disse...

Logo após a eleição de Ratzinger, MST disse ou escreveu (lembro-me lá...?) que seria bom que o novo Papa morresse depressa e outras coisas do estilo. Para quem está sempre a arrotar postas de pescada "humanistas" e depois parte para a África para matar elefantes, estamos então falados.

velyn disse...

O filho da poetisa indigna-se, santarrão esquerdalho que é, com o Papa. O mesmo filho duma poetisa achava-se desonrado, feito vestal gauche, por ter Santana como primeiro-ministro. O mesmissimo filho duma poetisa acha-se bem servido com Sócrates. Porquê perder tempo com gente desta?

Anónimo disse...

Sousa Tavares: escritor de terceira; jornalista de segunda; arrogante de primeira. Tem, todavia, uma característica a não desprezar - a bravura: tem mesmo excesso de bravura (é o seu problema); é tanta que chega a saír-lhe por vários orifícios (esta bravura "acontece" com conhecimentos importantes, posições de privilégio em jornais e televisão, influências herdadas). Quando a sua bravura mais se manifesta é quando mata uma perdiz indefesa com chumbo grosso - à homem, à Hemingway (ST também viaja muito...). Tudo isto "se sabe" porque ele quer; porque permite que se saiba; porque assim achou que melhor pintava a sua imagem. Guarde alguma coisa para si Dr. Tavares.
Ass.: Besta Imunda