21.4.10

SAMPAIO E A "QUALIDADE"


Um tipo acorda, normalmente mal disposto, liga o rádio e sai-lhe o dr. Sampaio em defesa da "qualidade" da democracia contra os "interesses corporativos". É coisa para dar cabo do dia até a um surdo. O único ex-presidente que não sofre de incontinência verbal é Ramalho Eanes. Os outros dois socialistas - que "apanharam" isto em velocidade de cruzeiro - julgam-se génios nacionais postos nos cornos da lua e, volta não volta, aí os temos com as suas vacuidades pseudo-subtis como se os dez anos que cada um presidiu a isto não tivessem chegado. Infelizmente o que os trinta e seis anos de regime produziram em matéria de elites são lugares-comuns ambulantes como estes. Uma vaga corda internacional que lhes deram permite que se exibam recorrentemente como os oráculos da Amadora para a política nacional. Ora se não há "qualidade" nesta porcaria - e se, pelo contrário há mais porcaria do que qualidade seja do que for - também a gente como Sampaio tal se deve. Bem como a prosperidade dos "interesses corporativos" que tem várias encarnações tais como o "filhismo", o "primismo" ou o "aparelhismo", tudo fruta podre do mesmo cesto. Por isso, dr. Sampaio, vá maçar outros que por aqui estamos relativamente cheios do vazio complacente que V. Exa. tão eloquentemente encarna.

13 comentários:

Anónimo disse...

Se calhar o Dr.Sampaio, uma espécie de não-Dr.House da política nacional, que não resolve nada, estaria a referir-se à democracia na forma de aborto que nos deixou a partir do grande manobra africana à volta do pressãozinha grave ao Marcelo da TVI, protagonizada à sombra do enviado especial do seu partido, o profeta Sócrates.

Anónimo disse...

Nem mais! E ainda foi complacente nas palavras. Essa incrível criatura merecia mais alguns bons "piropos", daqueles 'à antiga portuguesa'.
Maria

De nihilo nihil disse...

Felizmente ainda há, com elevada qualidade, quem denuncie a mediocridade desses indivíduos. Superior!

Karocha disse...

JG.

Rádio Paris-Lisboa, excelente!
Às sextas tem um excelente programa, aonde vão autores de blogs ;-)

Anónimo disse...

O drama de termos nulidades como sampaio - em quantidades avassaladoras - é que eles não se limitam a serem nulos e imbecis: nesse nobre processo de "existência", vão destruíndo a honra, minando valores e destruíndo o País. Como eu gostava de acreditar no Castigo Divino...
Ass.: Besta Imunda

Fado Alexandrino disse...

Um post de alta qualidade.
Mas estou como o Jesualdo (é o treinador do FCP para quem não saiba), a equipa está a jogar mal, mas olha para o banco de suplentes e o que é que vê?
Nada.

Maria Tuga disse...

Eu gosto é destes que cantam de galo.... Até acederam a certas funções por serem filhos de.... e colocaram os filhos em... por terem exercido certas funções.
A corrupção começa assim....e os resultados estão à vista.

Anónimo disse...

Este aborto que nos coube ,como presidente, por estupidez deste povo que nem dá conta das nulidades que elege,já tem os dois rebentos muito bem colocados. A madame, a grande maria rita, tambem já deve ter uma boa reforma.que grande familia.Francisco

Anónimo disse...

Eu já tinha avisado a proósito do beiçolento guterres que este cenoura anda a tentar ressuscitar... Com o xexé de oitenta e tal e o actual dito cujo é um quarteto fantástico.

PC

francisco disse...

o polvinho deu um ar da sua graça?

Anónimo disse...

Estes doutos políticos que nos calharam em sorte, não contentes com a borrada que fizeram em vinte anos de mandato, ainda hoje pensam que são os salvadores da pátria, mandando bitaites a pretexto de serem ouvidos pelos indígenas .
Ramalho Eanes, esse Homem que também esteve na presidência, dá-lhes um exemplo de dignidade e seriedade como nunca algum deu e,
a sua aparente obscuridade, só lhe fica bem.
Os outros, como pertencem ao rebanho, pôem-se em bicos de pés pensando que o povo já se esqueceu dos seus tiques de doutrinadores de massas, muito embora se diga que temos a memória curta, algum dia terão a resposta que merecem.
S. G.

Anónimo disse...

É este o Sampaio "que há mais vida para além do défice"? Brilhante! Que dirá destes oráculos (o poeta Alegre já repetiu isto) Angela Merkel quando tiver que abrir os cordões à bolsa para salvar o país destes imbecis e de outros desgraçados sem culpa?

Anónimo disse...

Lembro que o J.Sampaio é filho de Arnaldo Sampaio, Médico, Director Geral de Saúde no tempo de Marcelo Caetano, e de uma Senhora judia, da família Bensaúde, Sefardita de Marrocos. O J.S. renegou, publicamente, a sua origem semítica. Para mim, quem renega os antepassados, não tem passado, nem futuro. É um excelente exemplo daquela geração que quando "ia dentro", para Caxias, nas carrinhas azuis da polícia, por manifs. universitárias, tinha um pai que telefonava ao Ministro do Interior e ouvia as palavras salvíficas: «esteja descansado que seu filho irá jantar a casa».
A vontade não me falta, mas não escrevo os palavrões que me vêem à memória.