16.4.10

«MANSO É A SUA TIA, PÁ»

Vi agora, na SICN, o ar de puro ódio do 1º ministro virado para Louçã. Louçã é irritante mas não é 1º ministro do país. É o que dá não possuir um módico de densidade democrática. E ter um pé na chinela em vez dos dois no Estado.

25 comentários:

Manuel Brás disse...

Sobre essa tirada filosófica...

Um diálogo deprimente
em vocábulos e posturas
deixando miseravelmente
essas redondas quadraturas.

À parte tanta mansidão
na fala parlamentar,
brotando a imensidão
deste país a entontar!

Anónimo disse...

Falta tudo a este PM: bons ministros, sinceridade, honestidade e sobretudo má educação. Ficava bem colocado num andaime das obras que idealizou a lançar piropos às miúdas da Rua mas nunca como 1º Ministro.

Anónimo disse...

corrijo "má" em em vez de "boa"

Anónimo disse...

Com umas chinelas e meia curta, uma saia e um casaco de malha por cima da t-shirt estampada com o Roberto Leal, ninguém estranhava a intervenção de hoje.

Karocha disse...

O PM é um malcriado.

Fado Alexandrino disse...

Nos tempos em que no Parlamento se sentavam homens, o Louça arriscava-se a levar uma bengalada nos cornos.

Karocha disse...

Explique Fado.
O PM não foi malcriado?

Anónimo disse...

Uma vez mais, Sócrates subiu na minha consideração!!!

António

Eduardo F. disse...

«Nos tempos em que no Parlamento se sentavam homens, o Louça arriscava-se a levar uma bengalada nos cornos.»

E um Primeiro-Ministro que respondesse da forma como o actual respondeu, arriscava-se a quê?

radical livre disse...

«ordinário, marche!»

siga o enterro

Fado Alexandrino disse...

Karocha disse...

Não sei.
Só sei que se o fulano me chamasse "manso" arreava-lhe um murro nas trombas.
O PM insultou-o primeiro?

Anónimo disse...

Por favor... De tantos assuntos importantes para o País, que foram debatidos na AR, vossas excelências estão incomodadas por aquele momento lamentavél, protagonizado por dois ignorantes, que deveriam (tanto um como o outro) ter a noção na casa onde se encontram e o respeito que lhe devem?
E os prémios dados aos gestores públicos? Não vos preocupa?
E a dívida pública? Admite-se endividar-se gerações que ainda não começaram a trabalhar e algumas ainda não nasceram? Que futuro promissor iremos dar, todos nós cidadãos, a estas futuras gerações que já se encontram completamente individadas?
Isto não é mais preocupante?
Tenham juizo...não desçam ao mesmo nível desses ignorantes.

Daniela Major disse...

Choca-me que estas cenas aconteçam no Parlamento. Como pode o povinho respeitar a AR se nem o Governo, que presta contas, o faz?

M. Abrantes disse...

Eles chamam a estas tretas o combate político. De debate nem o cheiro.

Mani Pulite disse...

TEM UM PÉ NA CHINELA , OS DOIS NA SARJETA , A BOCA NA PEIXEIRADA E AS MÃOS NO FUNDO DA BOLSA.

Anónimo disse...

Tempos deprimentes e vergonhosos que apenas provam que é sempre possível descer ainda mais um degrau na ignomínia: pr e pm,
anverso e verso da mesma moeda, um na ar e o outro em Praga ilustram-nos bem, cada um a seu modo.

goncalo disse...

Para já, o PM não respondeu o que quer que seja. Sussurrou para o lado e... bem! Ninguém ouviu, não foi público.

Se tivesse sido, arriscava-se a uma estrondosa salva de palmas, uma grande ovação e uma medalha!

GM

Mestre d'obras disse...

Anónimo das 10:22PM:

"lançar piropos às miúdas da Rua"

Às miúdas? Ele? Como assim?

Anónimo disse...

Mas haverá Homem que não deseje dar um bom "empurrão" no seráfico Louçã?
Ah! Trata-se do bota abaixo do Sócrates com a máxima "os inimigos dos meu inimigos meus amigos são". Não a aconselho a ninguém, por razões de decência e de sobrevivência (conhecem a do escorpião?).
João Mendes

De nihilo nihil disse...

Pior que a falta de educação é a falta de tudo que é correcto.

S.C. disse...

E que lhe faça muito bom proveito, Sr. António! Depois não se queixe da vidinha que tem. Merece-a!

Nuno Castelo-Branco disse...

Saudades dos tempos que foram até à Belle Époque, quando o nível geral era outro.

JM disse...

Isto é tão Chic(ana) - essa palavra tão utilizada pelos nossos deputados!
Cumpre defender a honra da tia (ainda que mansa) do Dr. Louçã. Para o Dr. Engenheiro não se ficar a rir.

Anónimo disse...

O Louçã é uma criaturinha absolutamente detestável, mas incomoda-me muito menos que o insuportável e mal-cheiroso dito cujo...

PC

Anónimo disse...

Não me queixo da vida que levo, caro S.C.. É bem boa, graças a Sócrates. Sim, é verdade!

António