30.4.10

HONORIS POIA

O lesma Guterres vai receber um doutoramento honoris causa na "universidade" da Beira Interior que deve ter sido coisa inventada por ele e pelo inexistente Gago.* Assiste esse emérito ex-aluno universitário que dá pelo nome de José Sócrates. Tais coisas, honoris causa, até a ratos podem ser atribuídos porque não alteram o curso da natureza. Porém, os que lho vão dar, farão a menor ideia do que representou, para o país que o pariu, o exercício da criatura enquanto chefe de governo, descontando o brilhantismo de mona que nem a ele, por cá, de alguma coisa serviu?

*segundo comentário, data de 1979, prévia, portanto, ao Gago e ao homenageado. Imagino que seja uma "grande" universidade da mesma maneira que tudo é grande em Portugal.

19 comentários:

Anónimo disse...

o não sei onde é a cidade da Covilhã para onde ele e o amigO Sócrates levaram a faculdade medicina....

Anónimo disse...

O molusco-guterres-honoris-nausea devia era ser chamado de urgência ao Vaticano e prostrado - por dois "bouncers" suíssos com alabarda - aos pés de Sua Santidade, que lhe passaria estas falas: "Só fizeste merda, António. Estive a consultar os arquivos e vais ser excomungado. Por ali, o Canto dos Anjos; para ti a garganta do Inferno".

Ass.: por Benedicto XVI PontMax,
Besta Imunda

Anónimo disse...

Hoje mesmo o nosso querido líder conseguiu, numa só palavra, mostrar o que é, o que não é, o que queria ser e o que faz de conta que é. Foi quando numa das suas tiradas parolo-teatrais meteu a martelo o "gleimur", primo da "Eipel" do Steve Jobs e do "Rei Guebi" do desporto.

Anónimo disse...

Conheço algumas pessoas mestradas e doutoradas que com a maior facilidade e à vontade arrotam barbaridades factuais de fazer corar uma actiz porno. E o pior é que se eu cair no erro de argumentar, elas não só negam como ainda explicam.

Anónimo disse...

Respeitinho, Dr. João Gonçalves. Respeitinho.

(Note que Guterres ainda vai ser o candidato do PS a PR).

Anónimo disse...

O anónimo da 5:26 pm é que sabe... Este beiçolento incapaz anda a tentar ressuscitar. Nada de khe dar trela. Ele já não existe.

PC

Anónimo disse...

Entre os numerosos anónimos que aqui vêm perorar, este do "Respeitinho, Dr. João Gonçalves" que por vezes se manifesta mas sempre vigia, é dos tipos mais patuscos. Cada maneira de escrever tem para mim uma voz associada. A dele é igual a uma que tive de imaginar quando li no Eça a descrição de um guarda municipal que dizia para os lados, recomendava: "Cavalheirismo!...Ordem!..." após mais um sarrabulho no hipódromo. Pode ser um funcionariozeco, pode ser o Mister Hyde, assim como pode ser o próprio Guterres!

seu,

Besta Imunda

Karocha disse...

LoooLLLLL

Já não aparecia há muito tempo!

Anónimo disse...

O mais interessante nestes tipos do respeitinho é que parece haver um efectivo por blog. Parece que estão metódicamente colocados por algum supervisor.

Karocha disse...

Muitas vezes o que parece é!
Anónimo das 6:21PM

Carlos Duarte disse...

Caro João Gonçalves,

A Universidade da Beira Interior data de 1979, após "elevação" do respectivo Politécnico (que data de 1973) a Universidade.

Pode não concordar com o "honoris causa" a Guterres (nem sei para que o homem, que é doutorado pelo IST, o quer...), mas é excusado atacar uma Universidade que, apesar de tudo, não é propriamente a "Independente".

Anónimo disse...

Apoiado Carlos Duarte!!!

Anónimo disse...

1º Quem não sabe onde fica a Covilhã é ignorante. E malandro porque nem ao google vai procurar. E tem orgulho em afirmar a sua ignorância e malandrice;
2º Concordo, sublinho e reitero as seguintes palavras: «Pode não concordar com o "honoris causa" a Guterres (nem sei para que o homem, que é doutorado pelo IST, o quer...), mas é excusado atacar uma Universidade que, apesar de tudo, não é propriamente a "Independente".»
3º Admira-me que haja tanta pessoa a falar de boca cheia do que conhece e do que conhece. «E o pior é que se eu cair no erro de argumentar, elas não só negam como ainda explicam.»
4ºPara vós Portugal por certo quedava-se por Lisboa e Porto - quiçá Coimbra. Daí, talvez, tanta crítica a uma Universidade do Interior. Uma Universidade que tem um dos melhores cursos de medicina do país. Uma universidade que tem aparecidos nos media pelas suas inovações, investigações, e acções em prol da sociedade covilhanense, da comunidade da Cova da Beira (se calhar este nome faz agitar o tico e o teco de alguns que se quiestionam agora se a Covilhã fica na Cova da Beira), da sociedade portuguesa e com acções com alguns impacto internacional.
Bem-hajam

M. Abrantes disse...

:))

hajapachorra disse...

mas é excusado atacar uma Universidade que, apesar de tudo, não é propriamente a "Independente

Excusado?! Isso é português técnico da UBI? Ubi?

Que Portugal tem universidades a mais é uma evidência, como tem a mais funcionários, deputados, ministros, directores e ceo's, jornais desportivos, casas de alterne e casas, câncios, jornalistas e sociólogos, assistentes sociais e linguistas, romenos e cachopos com ferragens nas beiças, egas e dâmasos inúteis, actores e actrizes atrozes, invertidos, velhas gaiteiras e jovens desgaitados, professores e professores doutores, romancistas e, vénia, homens de cultura, soares e poetas alegres, ateus que nem Bertrand Russel conseguem ler e mongos de avental e conta numa ofechore. O endividamento é o menos.

Mani Pulite disse...

O PRÓXIMO DOUTOR AD NAUSEUM CAUSA DA UNIVERSIDADE DA BEIRA DAS BERÇAS SERÁ QUEM?SÓCRATES OU ALMEIDA SANTOS?

Anónimo disse...

"mas é excusado"

Este tambem merece um doutoramento!

rmvsantos disse...

Diógenes "Guterros" é tido como um dos primeiros homens (seguido por Sócrates com a sua célebre frase "Não sou nem ateniense nem grego, mas sim um cidadão do mundo.") a afirmar, "Sou uma criatura do mundo (cosmos), e não de um estado ou uma cidade (polis) particular", manifestando assim um cosmopolitismo relativamente raro no seu tempo, e hoje ainda.

Muitas anedotas sobre Diógenes "Guterros" referem-se ao seu comportamento semelhante ao de um cão, e seu elogio as virtudes dos cachorros. Não é sabido se Diógenes "Guterros" se considerava insultado pelo epiteto "canino de Lacão" e fez dele uma virtude, ou se ele assumiu sozinho a temática do cão para si em si.
Os termos modernos cínico e cinismo derivam da palavra grega kynikos, a forma adjetiva de kynon, que significa cachorro.[3]

Diógenes "Guterros" acreditava que os humanos viviam artificialmente e de maneira hipócrita e poderiam fazer bem em estudar o cão. Afinal o cão é capaz de realizar as suas funções corporais naturais em público sem constrangimento, um cachorro comerá qualquer coisa, e não fará estardalhaço sobre em que lugar dormir. Os cachorros vivem o presente sem ansiedade, e não possuem as pretensões da filosofia abstracta. Somando-se ainda a estas virtudes, cachorros aprendem instintivamente quem é amigo e quem é inimigo. Diferente dos humanos que enganam e são enganados uns pelos outros, cães reagem com honestidade frente à verdade.

A

Rui

moreira disse...

Este post é um bom exemplo de que coimbra nunca servirá para uma putativa capital regional.
deus nos livre.