11.4.10

FIBRA

As horas e horas que, muito justamente, foram dedicadas na televisão a Passos Coelho não substituem, num minuto sequer, os cinquenta de Manuela Ferreira Leite, na tvi24 com Manuel Luís Goucha. Que fibra.

6 comentários:

Luísa disse...

Absolutamente de acordo, João!

Anónimo disse...

Concordo plenamente consigo.
Vi e ouvi excertos do congresso.
Vi e ouvi na totalidade, a conversa entre, a Dra. Manuela e Goucha.
Congresso:dar tempo ao tempo...Respirar...Deixar que os cenários mudem, que as pessoas se
"arrumem" e depois...se verá...
A Dra. Manuela mostrou a MULHER inteira, íntegra,humilde e a MULHER que a conversa me revelou:MULHER de afectos.
Neste momento encontrar nos sonhos a tranquilidade que, alimenta a alma,pois por vezes, é preciso sair de cena, para que a essência revitalize "o seu lugar".
Caro Amigo,estou a comentar um post seu,pela primeira vez, embora visite o seu blog diaria/. Aproveito para o cumprimentar.
Até amanhã! Até sempre!
Júlia Príncipe

desiludiu, na

joshua disse...

Os tempos são os da "fibra óptica" e outros SoundBytes como sucedâneos de alma, valores e carácter. Siga pra circo!

Anónimo disse...

Link directo ao vídeo

http://www.tvi.iol.pt/mediacenter.html?mul_id=13244640

Anónimo disse...

Vi, através da ligação que deixou, a entrevista da Drª Ferreira Leite. Não a tinha visto ainda porque não tenho a TVI24. Não gosto nada do Goucha (tem a mania de fazer de palhaço parvo sem graça nenhuma mais parecendo um psicopata do que um apresentador e isto em todos os programas que faz, mas enfim desta vez quis fazer de intelectual e lá implorou a incumbência ao director(?) de programas que lhe foi concedida, sabe-se lá com que reservas...), mas aqui, vá lá, nas perguntas esteve sofrível embora falasse demais e interrompesse a Drª desnecessàriamente, como aliás é seu timbre em todos os programas que faz. As respostas é que foram argutas e inteligentes. Não tendo grande simpatia pela Drª - talvez pela agressividade e antipatia que aparenta mas que de facto é enganadora como demonstrou plenamente na entrevista - mas respeitando-a (muito) como PSD que é desde sempre - tal como eu que sendo simpatizante do PSD respeito todos os membros do partido, mesmo não apreciando o carácter de um ou doutro - devo dizer que gostei imenso de todas as suas respostas. Todas. Grande Senhora e Grande portuguesa. Os meus parabéns a ela pela categoria do ser humano que demonstrou ser e a si por ter deixado a ligação ao vídeo.
Maria

Clara Sá Carneiro disse...

Desta vez concordo plenamente consigo.