2.1.11

A VINTE DIAS


Não sendo um cavaquista da 25ª hora - daqueles picoitos meretrizes de Elêusis a que alude Ezra Pound e que pululam por aí travestidos de académicos, disto ou daquilo e que são muito respeitáveis porque asseguram a famosa paz das famílias -, estou à vontade para comentar, quando e se me apetecer, as prestações do PR e recandidato a Belém nas próximas três semanas. E de comentar o que as meretrizes de sentido oposto às primeiras (sempre "candidatas" a qualquer coisinha como o Pitta, versejador invertebrado que já tinha idade para não fazer figuras de Marques Lopes ou de "corporativo"). Já se percebeu que Cavaco optou pelo minimalismo. Está rodeado de Constituição - e de bonzos que temem as rupturas - por todo o lado. Correrá contudo o país convencido que "acredita" e que é preciso que o país "acredite". Em quê? Na competitividade das empresas falidas? Num sistema produtivo destruído? Num mundo de trabalho deprimido? Numa banca dependente e rapace? Numa juventude doutoradamente desempregada? Falo disto, assim, brutalmente, porque Cavaco é sucessor dele próprio em Belém e é o único que é verdadeiramente candidato a um cargo que, apesar de todas as limitações, não merecia a idiotia catatónica dos restantes pretendentes que tiveram a infelicidade de obter as legais sete mil e quinhentas assinaturas. Mas o referido minimalismo não lhe servirá de muito. Julgo (ainda julgo) que Cavaco, ao fim destas décadas de dedicação à causa pública, não pretende ficar associado ao descalabro socialista e à inoperância parlamentar. Deverá falar as vezes que forem necessárias e, com a legitimidade eleitoral renovada, jamais deve hesitar em denunciar ao país um e a outra. O minimalismo escolhido numa campanha que acompanho à distância vai custar-lhe uma forte abstenção a 23 de Janeiro. Porque ninguém é mobilizável por lugares-comuns e trivialidades depois da humilhação geral que entrou ontem em vigor. Aliás, é só disso que se vai tratar nos próximos 20 dias - de evitar que a abstenção dos que empobreceram por decreto vença nos boletins de voto. Por aqui, farei o que puder sem lambe-botismos imbecis para que não pendo. Mas com a feliz recomendação do Doutor Salazar na ideia: decididos até onde ir, não devemos ir mais além.

24 comentários:

Anónimo disse...

"Hipnotizado" pela expressão «meretrizes de Elêusis» fui ver :

- «E a Doutrina da vida Universal, que se encerra no simbólico grão de trigo de Elêusis, que deve morrer e ser sepultado nas entranhas da terra, para que possa renascer como planta, à luz do dia, depois de abrir caminho através da escuridão em que germina. É a mesma doutrina pela qual o candidato, tendo passado por uma espécie de morte simbólica no quarto de Reflexões, renasce para uma nova vida como Maçon e progride por meio do esforço pessoal, dirigido pelas aspirações verticais que são simbolizadas pelo prumo». (Wikipedia)

Ciente.

Garganta Funda... disse...

Apelo a todos os cidadãos responsáveis deste país e que ainda têm miolos na cabeça para se absterem nestas eleições e com isto contribuirem para o enterro deste regime falido, pôdre e corrupto.

Não é com votos, tipo Miss Universo, como hoje disse - e muito bem! - o candidato «tiririca» da Madeira, José Manuel Coelho, que vamos conseguir alguma coisa, nesta actual quadro de destruição e saques nacionais.

A Abstenção é a arma da força da inteligência, contra a bovinização e a «juliapinheirização» do País.

Tenhamos fé! A sorte é dos audazes.

Não é daqueles que vão mansamente para o matadouro (urnas...).

Anónimo disse...

Eu prefiro o voto nulo.Aproveite para deixar uma mensagem, escreva um texto de protesto no boletim.
Ninguém pode votar por nós, nem podem pôr uma cruzinha no nosso boletim.

lucklucky

Anónimo disse...

CARo GF,

O 'tiririca' da Madeira não é nenhum Tirica. Apesar do folclore - inevitável para alguém, que esteja fora do círculo dos partidos, poder aparecer - existe muita consistência na mensagem e no apontar dos erros e vergonhas do(s) actual(ais) regime(s).

Tente ouvir o Sr. Coelho para lá das brincadeiras.

Bom ano de 2011.
NIN

Isabel disse...

Não morrendo de amores pelo Professor Cavaco (nunca falhei uma leitura de"O Independente"), considero a abstenção um risco. Uma segunda volta, estando nós no país de todos os absurdos, poderia ainda ressuscitar a crença na tristemente célebre "maioria de esquerda". Conheço gente inteligente que ainda acredita que os "bons valores" são propriedade moral da esquerda. Conheço gente moderadamente inteligente que considera Alegre simpático. Conheço a triste esquerda que temos e que, mesmo perante um país espoliado e quase inteiramente destituído de dignidade, ainda diz que "quem se avizinha será pior" e se resigna a Sócrates.Temo ainda
algum golpe baixo da propaganda vigente. Concluindo,desejaria que uma derrota muito expressiva de Alegre fosse o princípio do fim desta gente horrenda que nos governa. Não tanto por mim, que já me habituei a viver numa espécie de exílio interno, mas pelas novas gerações. Cavaco poderá parecer o vazio, mas Alegre seria, sem dúvida, o abismo.

Anónimo disse...

Nem em poetas, nem em covardes situacionistas.

Voto em branco,naturalmente.

Farto de ser enganado disse...

A mim não me enganam mais. Desta vez o meu voto vai direitinho para este candidato:

http://forum.chupa-mos.com/showthread.php?391151-Deputado-Maluco-da-Madeira-candidata-se-a-Pr.-Republica.-Precisa-de-assinaturas!

Anónimo disse...

É caso para dizer, cuidado que vem aí um papão... Filhos de meretrizes.-..

Anónimo disse...

Anda a ficar muito popular por ai......

http://corporacoes.blogspot.com/2011/01/os-grandes-espiritos-uma-especie-de.html

Anónimo disse...

et tu , brute ?

R2D2

Anónimo disse...

Não, não vou abster-me. Não, não vou votar em branco.

Vou votar "nulo". Pela primeira vez na vida vou dar-me ao trabalho de ir a um sítio para riscar (riscar mesmo) um papel e já sei que o papel vai ser considerado uma nulidade...

PC

já me tentaram foder no meu trabalho por isso não digo o nome disse...

que o pita quer mama já nós sabemos,agora um fdp que passa os dias a insultar o pr com calunias que não prova,é criminoso
infelizmente para essa escumalha,já todos estamos habituados às suas tacticas de se servirem de figuras menores como rangeis ,pitas,lellos silvas pereiras,silveiras,etc,sempre à espreita de mais um tachinho público
se essa pita sabe do que fala,leve o homem a tribunal,e já agora leve o amigo socrates e o poeta alegre por,pelo menos,falsificação de documentos(nunca desmentido pelos próprios)
venha o dia 23 rapidamente para fazer o funeral a estas pitas e outras putas

Anónimo disse...

O mito de Eleusis "simboliza o lançar sementes à terra e o brotar de novas colheitas".
Assim sendo, Cavaco é sem dúvida "a patroa" das meretrizes, instaladas no mando do bordel.
Cavaco governou para o abate da produção, a favor da finança, da especulação, e da usura.
Cavaco, é o obreiro desta nação improdutiva, arruinada e dependente de mais empréstimos, incapaz de sair do circulo vicioso, e pronta para se prostituir a quem mais lhe oferecer.
Agora insiste, que temos que respeitar os credores seus amigos, a usura.
Nós, os cadáveres, estamos preparados para o banquete.

Anónimo disse...

Cavaco quer ser presidente do LAMAÇAL, vá lá saber-se porquê.

observador disse...

"Mas com a feliz recomendação do Doutor Salazar na ideia: decididos até onde ir, não devemos ir mais além."

Da INfeliz citação, concluo que não devia sair muito da casinha de S. Banto, porque não queria ir mais além.

Pior, obrigava-nos a ficar em casa, e quem queria ir mais além, ou era metido na prisão, ou fugia para o estrangeiro.

Enfim, isto já está muito mau, dispensando-se, por isso, citações pequeninas de AOS ...

Núncio disse...

Sim, Cavaco, esse diabo, que deixou Portugal irreconhecível, ao fim de dez anos.
Santos e anjos são os que se lhe seguiram, que nem continuaram a boa obra nem corrigiram os erros...
Portugal, esse nobre país que vive a ajustar contas com o passado, perdendo a oportunidade de fazer o presente!

Anónimo disse...

De nada vale matar galinhas pretas com um único e bem dirigido golpe no pescoço, de faca afiada, lá pela meia noite de lua cheia no cruzamento antigo onde estão algumas "alminhas" a lembrar aqueles que morreram.

Mas não vejo outra solução!!!

É que se o ritual da galinha preta não funcionar, nada removerá esta gente do poder.

Após as eleições Sócrates enterra a ínfima brecha de vontade de Cavaco em por o menino a andar, com algo simples e esperado: muda cinco ministros e o PR fica umas noites sem dormir e depois lá se aconchega no regaço da Maria e põe o sono em dia.

Resta uma única solução, mas na qual não acredito poder vir a ser praticada: o povo!! Sim, esse povo com permanente tensão alta e coragem baixa, doente de saudade e coragem arrumada em caixotes no sótão de memórias enroladas em pergaminhos não merecidos mas que existem porque ao longo da história deste país aqui e ali foram surgindo homens únicos que não deixaram semente.

E de que falo(escrevo) eu?? Da rua meus caros, da rua, de carros calcinados, montras partidas, fazê-los sentir o calor das labaredas atravessar as vidraças de São Bento, de Belém...

Mas não creio que isso pode acontecer, especialmente porque quem tem o poder da mobilização, como os sindicatos do PC, têm primado por uma cobardia histórica disfarçada de urbanidade democrática.

Enfim, estamos fodidos!!

Rita

rmvsantos disse...

Confesso. Não resisto em votar no Coelho.

Para além de ser mais divertido,..., é bem mais original (e menos cinzento, embora a cinza seja a cor oficial do coelho)

Um bom ano de 2011

A

Rui

Anónimo disse...

O voto em branco, o voto nulo ou a abstenção, apesar de compreensíveis, são um pouco lavar as mãos como Pilatos. Depois diz-se Ah eu até nem fui votar.... Ah eu até votei em branco. Isto é ser irresponsável e é perigoso....Tive uma vivência de 4 meses nos anos 80 em paises comunistas e fiquei vacinada...

Anónimo disse...

Então vamos esquecer o desvio (roubo é para os pobres) que ele fez ,mais os seus amigos no BPN/SLN?
Para mim a figura do senhor ficará para sempre manchada por se ter sybmetido à tentação do dinheiro.
O candidato Coelho é capaz de ser uma hipótese.

Anónimo disse...

Voto nulo porque do que se trata é de nulidades. Cavaco não é portador de nenhuma inovação política, é neutral num país que precisa de abanar os alicerces. E é passivo quando remete tudo ou quase tudo para a Assembleia da República ou para o poder executivo, sempre de acordo com a canga que a Constituição lhe põe ao pescoço. Um Presidente assim é fraco e não serve Portugal. Aliás, em cinco anos não evitou nenhum dos males que agora nos afligem. Nem um para amostra. Não podia ? Então porque é que se candidata nos mesmos moldes de impotência constitucional ? Nulo, voto nulo.

Nuno Castelo-Branco disse...

O "salvador da pátria" acabou por engolir em seco o chorrilho de "atrevimentos" a respeito da gestão actual do BPN: "Bem..., sabe... deturpou o que eu disse... porque... pois... enfim, aaaaaaaaah... bem..."

O costume.

Anónimo disse...

Façam como eu, a partir de agora passo a votar nas p...as, já que os filhos não sabem governar!!!

Anónimo disse...

QUID JURIS ??? Após o desaire eleitoral com Jorge Sampaio (1996), Cavaco Silva logo se preparou para um novo ataque em 2006 , e assim recebeu um ilicito (?) beneficio monetário do seu também financiador de campanhas o então banqueiro Oliveira e Costa (BPN) !... Modus faciendi : 1º Em 2001 , aquisição à entidade X (grupo BPN) por Cavaco Silva e sua filha , de 255.018 acções da Sociedade Lusa de Negócios (SLN) , a1 euro por acção (1 euro ! porquê 1 euro ? )
NOTAS
a) A SLN era uma sociedade anónima detentora do capital do BPN i.e. “dona” do BPN , donde Cavaco Silva
também era um “dono” indirecto do BPN e com acesso
a informação previlegiada do BPN .
b) A SLN não estava cotada na bolsa.
c) A SLN estava tecnicamente falida
d) Sabemos que Cavaco Silva não compra “gato por lebre” . Só pode ter feito a operação com plenas garantias do seu amigo Oliveira e Costa .
e) 255.018 euros que entraram nos cofres do BPN
(conta entidade X) .
f) Os ganhos obtidos com a venda de acções estavam isentos de IRS , se estas acções fossem possuidas por
mais de 1 ano .
Assim , logo em 2003 ,decorrido mais de 1 ano ,
2º Por ordem de Oliveira e Costa , a SLN ,VALOR –
co-accionista de Cavaco Silva na SLN , compra a Cavaco Silva e sua filha , aquelas 255.018 acções a 1,40 euros por acção (1,40 euros ! porquê ? )+40% !!!
3º O pagamento a Cavaco Silva e filha foi feito
através do BPN .
4º Cavaco Silva e sua filha , tiveram um especulativo e usurário ganho monetário de 102.007,20 euros !
5º Aos ganhos (mais valias) obtidos por Cavaco Silva e sua filha , corresponderam PREJUIZOS(menos valias)
para o grupo BPN e que por consequência os contribuintes portugueses terão hoje que suportar ...
QUID JURIS in the U.S.A. ???
QUID JURIS in the U.K. ???
QUID JURIS in PORTUGAL ???
Como economista ,financeiro e tecnico do Banco de Portugal , qual era a cumplicidade e o conhecimento de Cavaco Silva sobre as ilicitudes penais e outras praticadas pelos agentes do grupo BPN ?
NOTA
a)Ao tempo Cavaco Silva não tinha qualquer obrigação declarativa para com oTribunal Constitucional como também não tinha para com a Administração Fiscal , em relação aquelas mais valias , pelo que
são desonestas as referencias que para sua defesa ,
faz a estas duas entidades .
b) Este descritivo pode eventualmente ser corrigido
com uma analise dos fluxos contabilisticos e financeiros e a final encontrar-se uma realidade muito mais dolorosa : existir uma simulação ...