1.1.11

PAÍS TRAVIATA



Talvez seja preferível acompanhar a Traviata da Ópera de Lyon, numa récita de 2009, no canal Mezzo, do que ouvir o PR e a sua "mensagem de ano novo". Não é por nada, mas não me apetece começar isto a "bater no ceguinho". É que as palavras estão gastas como num verso conhecido.

11 comentários:

Anónimo disse...

Ahh como o subscrevo Dr Gonçalves, como o subscrevo !

Anónimo disse...

A malta até adere a estas tecnologias pelo lado do anonimato, de se poderem dizer umas coisas onde a igualdade impera. Esta coisa do "Dr Gonçalves" é mt terceiro mundista...do tipo quem tem colarinho branco é dr.
Mas adiante...
Então o sr dr,eheh, que apoia incondicionalmente o cavaco, já não o pode ouvir?

Anónimo disse...

Devia ser a Primeira Dama a fazer a comunicação de Ano Novo...

Anónimo disse...

Eu estou é preocupado que este janeiro já me vou comer quase 10 por cento do ordenado...e não há jurista do MFinanças que me valha...

Anónimo disse...

Pela parte que me toca foi mesmo preferível atendendo às referências que já vi sobre o teor da comunicação!

Anónimo disse...

Ó das nove e 46, qual é o dói-dói de tratar o autor do blog por «dr» ?

Gallião Pequeno disse...

«Baixaram o vencimento, aumentaram os impostos, bens e serviços mais caros num pacote que vai da energia aos transportes, eliminação de deduções, filhos a estudar e desempregados, familiares doentes e dependentes, e mulher sem receber desde há meses». Esta é a sina de milhares de pessoas para o ano que entrou.
Parece que o que vale a este país são os subsídios às empresas com elevados lucros, alvo de deduções pela inovação, emprego precário, novas tecnologias desactualizadas, novas fontes de energia horrorosamente dispendiosas, fuga a impostos, publicidade gratuita, "end so on"...

Estamos lixados, ou melhor permitindo-me esta liberdade, estamos fodidos.

Parece que há, agora, muitos reclamando pelo desaparecimento da miragem idílica de há poucos meses. Concluíram que afinal o "tacho" não chegou. Pois é, não dá para todos!

Dentro das referidas limitações, um bom ano para todos.

Núncio disse...

A covardia talvez seja o pior dos defeitos do português, esse povo acolhedor e tradicional.
Isto de não reconhecer que se cometeu um erro em Setembro de 2009 e querer que seja o PR a fazer o que o povo não quis ou não soube é de uma falta de coragem intolerável!

Anónimo disse...

Para o anónimo subserviente das 12.19, pareces mesmo a besta imunda...

Red Eagle disse...

Já há muito tempo que o PR não diz nada de jeito...
A senilidade dele até o faz esquecer que parte da culpa também é dele, pois ele também já lá esteve e não foi nada pacífica aquela segunda maioria dele...

Saudações Chaladas

Núncio disse...

Red Eagle, os governos de CS já foram julgados eleitoralmente e democracia...