2.7.10

PRAZER EM CONHECÊ-LO



Armando Vara é alguém habituado a sair. Não propriamente porque queira mas em função das circunstâncias ocorrentes. Saiu do governo de Guterres. Saiu da administração do BCP. Aparentemente, afinal, o que Vara tem é um problema com as entradas. O que é que especialmente o recomendou para o governo de Portugal? O que é que lhe inspirou uma improvável fundação para a "prevenção e segurança"? O que é que o habilitou à administração de dois dos principais bancos nacionais? Em suma, por que é que, ao contrário de milhares de Varas como ele, tivemos de conhecer este?

11 comentários:

Zé Rui disse...

Simplesmente pq chegámos a um estado de impunidade, descaramento e falta de vergonha como não há memória.....

Olhando para os Varas deste país, expliquem lá melhor o que é isso do mérito???

Isto só à bomba....ou talvez nem assim.....

Zé Rui disse...

E o que me diz, da atitude parasitária de alguns dos nossos pseudo empresários que sempre viveram à conta de negocios com o Estado ou com a conivência deste e que agora que cheira a fim de ciclo, viram grandes defensores do mercado?? Não foi o Presidente do BES Investimento o primeiro a gritar pelo exercicio da Golden Share em caso de OPA da Telefónica?

A vergonha desta malta é similar à do Vara, Rui Pedro Soares e outros que por ai andam...............

Mani Pulite disse...

A VARA PARECE QUE CONSEGUIU PESCAR MAIS 262000 RÓBALOS.RÓBALO A RÓBALO ENCHE A VARA O PAPO.O XEFE CADA VEZ ESTÁ MAIS ENCANTADO COM OS GOLDEN BOYS.

Jacinto disse...

Este "regime", para se lhe chamar alguma coisa, é o "habitat" natural de toda esta canalha - varas,zézitos,rodrigues das ilhas,lacaios, assis, etc.etc.

Anónimo disse...

Em 26/06, perguntava VPV: "para que serve o Sócrates?"
Alguém respondeu: "O Capital Bancário precisa de governos corruptos e laxistas para poder explorar o país, sem lei, nem roque. Com a bênção do Mário Soares, do Pinto Balsemão, e respectivas sociedades secretas."
Só assim se explica que gente tão reles possa chegar a lugares tão elevados no governo e na finança do país.

Sócrates e Armando Vara são uma entidade unica.
Um no Governo, outro na Banca.
Um com conhecimento oficial, outro informal.
Um na Venezuela a vender Magalhães, outro no parque de estacionamento, a receber sacos de super mercado, pela janela do carro.
Sócrates e Vara, são como Cavaco e Dias Loureiro, Dr. Jekill e Mr. Hide.
O que um faz, o outro "desconhece".

Por isso, as escutas Sócrates-Vara foram negadas à Justiça, pelo Pinto Monteiro, e negadas ao parlamento, pelo Mota Amaral.

antónio chulado disse...

Não se deve esquecer de que o 'supra' Vara foi 'levado', para o bcp, ao colo do, também 'supra', Santos Ferreira.

Gostava que esses 'cromos' administrassem empresas em dificuldades, e não empresas em que um pouco mais do que um analfabeto pode gerir.

antónio chulado

Manuel Brás disse...

E, assim, eles vão cantando e rindo...

Estes números admiráveis,
de tão doutos comportamentos,
são, sem dúvida, memoráveis
dos actuais deslumbramentos.

Vivemos num país destroçado
por podridões e definhamentos,
qualquer um fica despedaçado
com todos estes deslumbramentos.

De nihilo nihil disse...

O problema é que quando saem voltam a entrar "noutra".

Anónimo disse...

Freitas do Amaral concorda com Cavaco Silva: "a situação é insustentável".
E, portanto, apoia Cavaco Silva, o principal responsável pelo arrastar da "situação insustentável"!
Que raio de argumento é este?

Anónimo disse...

De entre os milhares de varas, este é particularmente bom. Daí o termos conhecido. Pinto de Sousa é da mesma laia, da mesma escola, com o mesmo espírito de aldrabão arrivista. O seu encontro, algures no tempo e no espaço, numa coisa chamada PS era inevitável. Também poderia ter sido numa coisa chamada PSD. Um mistério e um nó metafísico que ninguém consegue desatar.
Estes cavalheiros olham em volta à cata de vítima, como os vigaristas na estação de Santa Apolónia. Há muitos anos repararam num partido. Guterres - esse paspalho perigoso - fez-se ou deixou-se cercar destes tipos. Arrogantes, ambiciosos e estúpidos como são os guterres deste mundo, ao conhecerem vara e sousa, de nada desconfiaram cegos pelo poder momentâneo. Em certa medida rapazes destes "fazem falta" nos partidos, para a prática de trabalhinhos sujos como angariar dinheiro para campanhas e resolver problemas aos chefes. E depois ficam e passam a chefes. E são eles os fiéis depositários dos destinos de uma Nação, de um País, de um Povo. Aí está.

Ass.: Besta Imunda

mag disse...

Mas que maldade associar um dos melhores temas dos Stones a essa criatura abjecta :)