23.7.10

O PORTAL

Chamei aqui, com um exemplo (Medeiros Ferreira detectou mais porque estava lá), a atenção para a incompetência dos actuais veladores do templo informativo da "situação". Logo eles, sempre tão atentos à menor manifestação online que disturbe a propaganda oficial e oficiosa! Todavia, isso não os impede de serem meros funcionários políticos encartados constituindo tal, aliás, uma qualidade que os recomenda para o exercício patrulheiro informático. Tentem, pois, não ser tão óbvios.

6 comentários:

José Domingos disse...

Os comissários politicos, são por inerência do cargo, funcionários públicos. A coincidência, é serem do partido. São assim, os moços de recados.

Karocha disse...

A banca portuguesa passou o teste de stress JG.

João Gonçalves disse...

E, Karocha, o que é que isso me interessa? Tomara eu dar conta do meu.

Karocha disse...

Pois JG. mas o seu, tal como o meu e, o País está neste stress!

floribundus disse...

Eco em à reculons menciona um folheto que nunca consegui encontrar. em 64 aC Quintus Tulius Cicero escreveu para seu irmão Marcus conselhos para vencer eleições com demagogia em ambiente solene, brilhante, faustuoso, vazio de ideias (manuel de campagne électorale, Arléa, Paris 1996).

a leitura continua ...
a luta idem

rmvsantos disse...

Sócrates e os seus gnomos tornam-se a cada diz que passa casos claros de "Psicologia Clínica", imaginando-o(s) a serem observados por exemplo por um povo sueco ou finlandês.

Nestas pequenas gaffes em que se perdem, qual copia grosseira de idêntica peripécia passada há 5 anos no Largo do Caldas com a foto de Freitas de Amaral, percebe-se cada vez mais que TUDO CORRE AO CONTRÁRIO DO DESIDERATO.

Kmers vermelhos em versão portuguesa.

A

Rui