5.5.10

SOARES, O CHEFE E O ISTO


O dr. Mário Soares, com os vastos anos de palco que possui, acabou, diante de Mário Crespo na SICN, de ignorar olimpicamente o ex-miúdo que pregava pregos numa tábua. Sempre preocupado com a "grande política", Soares limitou-se a referir que as presidenciais são só para o ano e agora o que importa é ter dinheiro para pagar as contas. Pena que tivesse começado a conversa a elogiar dois seres da pequena política e da mesma nomenclatura. Um, o chefe dela - alegadamente o recordista mundial em vitimização e privilegiado alvo da maledicência universal -, o outro, isto. O isto, se tivesse um módico de vergonha e de respeito por si mesmo, já nem sequer era deputado. Mas, enfim, era de Soares que falava e, parafraseando um ser humano precioso que não vem aqui ao caso, Soares, malgré lui, já pertenceu àquele reduzido número de homens que contaram, de facto, alguma coisa. O chefe e o isto contam nada.

9 comentários:

Manuel Brás disse...

O "isto" rima com...

Num movimento inspirado
da mais natural tenuidade
lá vai um ser exasperado
com o peso da fatuidade.

Com os bolsos bem pesados
de gravadores furtados
ficam gestos desusados
por motivos entortados.

Anónimo disse...

Já não encontro vocábulos para (des)classificar o 'chefe'.

Quanto ao 'isto' ... labrego é apelido demais pomposo para honrar tal asquerosa criatura.

antónio chulado

Anónimo disse...

Só um tipo safado e labrego como o chefe consegue fazer-se cercar d'isto, que já tinhamos visto actuar na AR. E como até Soares teve de confirmar - ao jornalista crespo - o nível já desceu muito baixo, entre os ministeriáveis da europa em geral (e de Portugal em particular mas foi incapaz de o referir frontalmente, sempre protector do partido...). Acerca d'isto, foi também incapaz de proferir algo de verdadeiro e coerente. Culpou os jornalistas mal-educados e os políticos quezilentos! Vê-se que a actuação em "total liberdade de consciência" que agora, velho, diz ter é uma solene pêta. Como outras solenes mentiras que proferiu no passado. Mas esse já lá vai...

Ass.: Besta Imunda

Mani Pulite disse...

QUEM PAGA AGORA AS CONTAS DA FUN-GÁGÁ?

Nuno Calisto disse...

Como o censurado Rui Mateus revelou, Mário Soares mostrou o caminho, Sócrates, fez-se a ele...

JMV disse...

Mário Soares terá todos os "defeitos" que acaso se lhe queira imputar. Logo que reconhecidos esses "defeitos", vejam-se então de seguida, à contra luz, as inigualáveis qualidades que demonstrou e usou na sua vida pública.

E comparem-se estas - ou não, por caridade - com as do nanico e pretendente a algo manuel.

Karocha disse...

O pai da Pátria JG'!!!
O amigo do Hugo Chavez???

www.angeloochoa.net disse...

Comentado a: 06-05-2010 08:42
por:Angelo Ochoa
de:Setúbal
Dizia Victor de Aguiar e Silva que «sapatos apertados incitam novas danças…»
O exercício de fuga ao lápis censório obrigava disciplina. Veja-se alguma poesia do neo-realismo.Nunca defendi censura, mas aceito que com o sagrado não há brinquedo.Há que sopesar palavras.Hoje a censura é mais subtil – adormecermo-nos com palavrinhas doces como as suas JPP ou as do «escritor» locutor Rodrigues Santos. Camuflagem em água doce de rosas e em mamares doces, camuflagem do status real do covil português.

in
http://sic.sapo.pt/programasInformacao/scripts/videoplayer.aspx?ch=pontocontraponto&videoId=%7B22D584EB-8F32-4390-A8DD-331E27AE1FBA%7D

rmvsantos disse...

Viva João,..., do nosso tempo.

Aqui vai um tema dedicado ao nosso grande tribuno Ricardo Rodrigues.


Madalena Iglésias : Ele e Ela

Sei quem ele é
ele é bom rapaz
um pouco tímido até
vivia no sonho de encontrar o amor
pois seu coração pedia mais,
mais calor

Ela apareceu
e a beleza dela
desde logo o prendeu
gostam um do outro e agora ele diz
que alcançou na vida o maior bem,
é feliz.

Só pensa nela
a toda a hora
jonha com ela
p'la noite fora
chora por ela
se ela não vem

Só fala nela
cada momento
vive com ela
no pensamento
ele sem ela
não é ninguém

Sei quem ele é
ele é bom rapaz
um pouco tímido até
vivia no sonho de encontrar o amor
pois seu coração pedia mais,
mais calor

Ela apareceu
e a beleza dela
desde logo o prendeu
gostam um do outro
e agora ele diz
que alcançou na vida o maior bem,
é feliz.

Só pensa nela
a toda a hora
sonha com ela
p'la noite fora
chora por ela
se ela não vem

Só fala nela
cada momento
vive com ela
no pensamento
ele sem ela não é ninguém
ele sem ela não é ninguém
ele sem ela não é ninguém

Nota:



Os acordes das estrofes são:

fá - rém - lá# - dó

fá - rém - lá# - dó

sol# - fám - dó# - ré#

soll# - dó



Os acordes do refrão são:

fá - lá# - fá - dó

fá - lá# - fá - dó

lá# - dó - fá

lá# - dó - fá