12.5.10

SANTA IGNORÂNCIA


Ao almoço, no rodapé da televisão, leio que "Bento XVI foi recebido pelo primeiro-ministro". Santa ignorância. Sócrates deslocou-se, com dois ajudantes, à Nunciatura (a embaixada do Vaticano) onde o Papa o recebeu. Nas imagens, percebia-se que não deram as fichas todas ao pobre do homem já então completamente deslumbrado pelo maravilhoso "crescimento" do PIB. Via-se depois Sócrates a indicar a Bento XVI onde é que devia sentar-se. A falta de chá em pequenino mantém as pessoas pequeninas.

30 comentários:

Anónimo disse...

O labrego regime do labrego sócrates produz labregos jornalistas que consideram labregamente que o que fazem e pensam que sabem é jornalismo.

Ass.: Besta Imunda

Alves Pimenta disse...

Que vergonha, termos esse burgesso como primeiro-ministro!
E que dizer do "jornalismo" televisivo que vamos tendo?

Nuno Castelo-Branco disse...

Deixa lá... a Mme. Cavaco Silva estava ontem de branco, para receber o Papa. Com dúzias e dúzias de assessores que consomem mais de 17 milhões de Euros por ano e o "protocolo" não sabe avisar que apenas soberanas católicas* se apresentam de branco diante do Papa? Bando de... enfim, patetas!

*Espanha, Bélgica, Luxemburgo, Liechstenstein e Mónaco (por enquanto ou para já).

José Pedro disse...

Eu tive o azar de ter o som ligado e ouvi o sr INgenheiro a tratar o Papa por "Sua Eminência" uma meia dúzia de vezes!! e também dizer que esteve na "coroação" mas que agora "já não se chama assim", no "início do mandato de Sua Eminência"!!!
E ainda tivemos que aturar a estupidez da sra Fátima Prós e Contras a dizer que "aquele tratamento pretenderia dar um cariz mais religioso" ao encontro!
Estavam com a Sra dois Clérigos que observaram o óbvio, que aquele tratamento apenas poderia resultar de um "lapso"(foram simpáticos) e tiveram que aguentar com a estupidez da Sra!

Anónimo disse...

Na pequena cabeça da dona maria c. ela julga-se especial. E o marido deixa-a orientar as coisas lá por Belém como quem dirige uma cozinha-de-fazer-bolos-para-fora. Já o disse: a cavaca é inapresentável e o o Prof. devia encerrar a sua senhora em casa ou no pátio-dos-bichos, devidamente amordaçada, quando tem de se deslocar e receber oficialmente.

Ass.: Besta Imunda

Anónimo disse...

Caro José Pedro,

Essa da "sua eminência", que já notei ontem arrepiado, é uma das maiores babujadelas que um governante já proferiu - mesmo para o próprio engenheiro-mitómano. Quanto à sopeiril fátima, é a nossa érretêpêzinha que nos custa mais de 2000 milhões cada 7 anos - como as pragas bíblicas.

Ass.: Besta Imunda

Anónimo disse...

É nestas circunstâncias, como em muitas outras, que a veradeira natureza das pessoas acaba por vir à superfície. Que tristeza!

Anónimo disse...

Está cada vez pior. Noutra notícia é relatado que um avião se despistou antes de aterrar!

Merkwürdigliebe disse...

"Chegam a Lisboa com umas truces vestidas e pouco mais."

Karocha disse...

Nuno quem gosta de bandeiras de croché, está tudo dito.
Quanto a sua eminência eu chamo, mas ao "Homem mais bonito da AV.de Roma"
Quanto ao chá JG. eu tenho outra frase "O que o berço dá a tumba o tira".

Jacinto disse...

Com um Dâmaso Salcede alcandorado a "primeiro ministro" o que é que se esperava?...

Alves Pimenta disse...

Três vezes três negado Pedro a Jesus Cristo.
Três vezes três se me arrepelaram os cabelos ao ouvir o licenciado-por-fax-a-um-domingo chamar, por três vezes três, "sua eminência" ao sucessor do referido Pedro.
Pessoalmente, envergonha-me ter como primeiro-ministro do meu país um ignorante que se presume um sábio.
Chiça, que já basta!

Anónimo disse...

Mais um contributo demonstrativo
da ignorância dos chamados jorna-listas da RTP: "queda de um avião
ao aterrar na cidade libanesa de
Tripoli". E Beirute fica onde? Talvez na Líbia !!!

Nuno Castelo-Branco disse...

Bem, por acaso também existe uma Trípoli no Líbano.
http://www.google.com/search?client=safari&rls=en&q=tripoli,+lebanon&ie=UTF-8&oe=UTF-8

Mas não é o caso em questão.

Alex disse...

Que baixeza, que comentários tão inadmissivelmente impróprios para com a nossa Primeira Dama, uma senhora que merece o nosso respeito por aquilo que ela representa.
O tratamento “Sua Eminência” foi uma gafe a todo o tamanho! Valha-nos Deus! O senhor talvez estivesse nervoso, quem sabe!

Karocha disse...

Alex

Representa o quê?
Ouviu o que a Sra. Disse na viagem ao Oeste?
Para mim a única Primeira Dama digna desse nome, chama-se Manuela Ramalho Eanes.

Anónimo disse...

Pode dar-se a possibilidade rebuscada de o engenheiro-mitómano ter tratado o Papa por "sua eminência" por gozo e sarcasmo deliberados (na mente de um paranóico, a nefanda hipótese desenhou-se, tal era o calibre da cavalidade); mas depois concluí rapidamente que sócrates é apenas pobre.

Ass.: Besta Imunda

Alex disse...

Karocha,
Não, não ouvi.
A senhora é casada com o senhor Presidente da República portuguesa. E isso diz tudo.
Até talvez não tivesse concordado com ela, não sei. Mas isso não me dá o direito de usar termos menos respeitosos, na blogosfera, ou em qualquer outro lugar público, que a ofenda de uma maneira tão.. tão baixa... tão labrega, tão reles.
Discordar é uma coisa, discordar ofensivamente é outra. Liberdade não é isso. Este tipo de comentários não dignifica ninguém.

Anónimo disse...

Caro Alex,
um dos labregos sou eu. Acho que jamais deveria ter sido estabelecida oficiosamente esta coisa da "primeira dama". No nosso País isso não existe. Posso não ser muito afável mas considero que a Sra. em questão prestava um incalculável serviço à Nação se não aparecesse, ou fazendo-o, se abstivesse de falar. Concedo (perdão pelo atrevimento) que ela não é o pior que já passou em Belém: pensar no contrapeso de Sampaio, por exemplo, ainda me faz pesadelos. Devo referir também que, para quem pretende ver Cavaco na Presidência mais cinco anos, é vital que a dona Maria feche a boca. Não duvido que deve ser uma avó dedicada mas isso é largamente insuficiente.

seu,

Besta Imunda

Anónimo disse...

A ciência explica fenómenos destes. Aconselho a leitura do post
http://www.boingboing.net/2010/05/12/confident-dumb-peopl.html
sobre o Dunning-Kruger Effect.
Acontece que estes fenómenos servem outros fenómenos não tão evidentes e/ou públicos mas igualmente perigosos.

MRM

Alex disse...

Primeira ou Segunda dama, isso não interessa para o caso.
Podemos até nem concordar com ela. Temos essa liberdade, felizmente! Mas o respeitinho é muito bonito.

Alexandra

Anónimo disse...

Peço desculpa a quem não está d'acordo, mas concordo em absoluto com o que dizem de Maria Manuela Cavaco Silva (a propósito, deixaram de a chamar assim - este é o seu verdadeiro nome - certamente por ordens superiores, porque ela não pode ser mais do que a Maria de Jesus Soares cujo segundo nome próprio ela deve odiar (mas ao qual não se pode subtrair) já que deixou de ser assim chamada há três décadas... por seu expresso desejo com toda a certeza. Ora se ela é "só" Maria, a "outra" que lhe sucedeu não podia ser mais do que ela (vá lá, a anterior às três últimas lá permaneceu com todo seu nome próprio Maria Manuela Eanes ou Manuela Eanes e assim foi sempre apelidade e não Maria Eanes, talvez porque se opusesse ou simplesmente porque Maria Eanes soasse mal.
Estou d'acordo com o que dizem de Maria Manuela C. Silva: não se porta como uma Senhora superiormente educada (que, segundo o seu currículo, parece ser) sobretudo tratando-se da mulher do Presidente da República. Anda ao lado dele e até uns passos à frente, quando deveria obrigatòriamente estar sempre um passo atrás, especialmente em actos oficiais. Fala demais e inoportunamente e sem elegância com todos os convidados oficiais indistintamente, sejam eles reis, raínhas, presidentes, etc.; tem com estas familiaridades exageradas que não se coadunam de modo algum com o seu estatuto de mulher do presidente da República; foi demasiado "íntima" com a pessoa do Papa - coisa inadmissível sobretudo na mulher do Presidente que, formada como é, deveria saber no mínimo as regras da etiqueta mesmo que não as do protocolo (que por esta altura já deveria ter decorado) - mais a mais tratando-se do mais alto representante da Igreja Católica e simultâneamente Chefe de Estado - nas expressões e gestos para com Bento XVI e sobretudo a falta de decência pelo facto de vestir-se de branco quando perante o Papa toda a gente sabe que é o negro que é obrigatório quando se trata de actos oficiais! Já o mesmo desaforo, em gestos e palavras, acontecera com Sofia de Espanha e Isabel d'Inglaterra, só para citar dois casos por demais flagrantes, porque houve muitos mais. Falta de chá até dizer chega numa senhora naquela posição "institucional". Mas não há ninguém na Presidência da República com conhecimentos suficientes destas normas que lhe ensine as regras da etiqueta e do protocolo?
E vá lá que agora já se veste dum modo mìnimamente razoável - alguém com mais gosto e principalmente com mais savoir faire deve estar a supervisionar o guarda-roupa da senhora desde há uns tempos. Até há pouco eram simplesmente deprimentes os vestidos, casacos, etc., com que se apresentava em público e em actos oficiais como mulher do Presidente! Mau gosto, péssima imagem, mal penteada, vestidos e casacos horríveis... e, pior do que tudo, sempre gorda demais, cujas ancas (em parte devido à roupa pèssimamente confeccionada) pareciam ter pelo menos 3 metros de largura!
Enfim, esta senhora necessita urgentemente de ter umas tantas aulas de etiqueta, protocolo e de bem vestir e o mais depressa possível. Para ver se não nos envergonha cá e lá fora, como soe dizer-se, a "primeira dama" de Portugal... Ah, outra coisa, que se penteie sempre que apareça em público. Sempre apareceu despenteada e isto passa-se desde que apareceu pela primeira vez como mulher do primeiro ministro. Bem, diga-se em abono da verdade que está ligeiramente melhor desde há uns tempos a esta parte... Mas por amor de Deus tire aquele farripo da testa que lhe dá um ar ainda mais despenteado e sobretudo ultra piroso.
Maria

Marota disse...

Ganda Maria, adorei o seu comentário. Não conheço bem esta Senhora, mas acredito perfeitamente que esta "Ganda Dama" encaixa bem no Portugal de hoje. Aquela foto da Senhora a fazer vénia ao pápá de vestido branco, meia preta, sapato aberto e depois toda torta de pernoca aberta... uma coisa que aprendi logo de pequenina, foi que as perninhas de uma menina nunca ficam bem afastadas ;o) - Será que a esta Senhora ainda não lhe disseram isto?

Só para esclarecer, não conheço bem esta Sra. porque não vivo em Portugal, sou emigrante - tenho que me por a pau, já ando a trocar os "bês" com os "vês" e vice-versa.

Alex disse...

Mas que criatura tão observadora, esta Comentadora Maria! Ou não fosse ela mulher!
O preto e branco da Primeira Dama não é ou foi um erro maior que aquele que a mulher de Walesa cometeu (segundo uma amiga minha, que fazia parte da “entourage”, me contou) que se vestiu de roxo quando visitou o Papa na altura em que o seu marido era presidente da Polónia.

Em termos de visual e seguimento de protocolos nunca mais houve quem se comparasse a Jacqueline Kennedy.

Karocha disse...

Alex

Gosta da Bouvier?

Anónimo disse...

Muito obrigada Marota pelo seu elogio que considero desmerecido, mas que sabe sempre bem.
Maria

Alex disse...

Karocha,
Nunca o li.

Marota disse...

Eu sem ter lido algo de Bouvier sempre gostei desta personagem. As unicas coisas que li de Bouvier foram entrevistas à cerca desta personagem na revista Hola aquando se tournou rival de Callas ;)

Karocha disse...

Alex

Nunca leu?!
Olhe que o Onassis leu.

João Gonçalves disse...

Minhas senhoras... acho que já chega. Isto não é a Caras.