14.5.10

O ROSTO DA "ESPECULAÇÃO"


A "especulação" - de quem? vinda de onde? - serviu para a Europa do Tratado de Lisboa, na qual se inclui este prostíbulo chamado Portugal, produzir maquilhagem de diversa extracção para encobrir provisoriamente o seu rotundo fracasso. Repare-se que governos de "cores" distintas reduziram (simbolicamente, como essa subtileza ambulante chamada Sócrates enunciou para sugerir que era Passos, o ingénuo, quem exigia a "medida") salários dos governantes para inglês, espanhol ou italiano ver. A Europa do Tratado de Lisboa é uma falácia política que pode arrastar, na sua inconsequência e no limite, o euro. Por terem percebido isso, recorreram ao make up até porque à senhora Merkel (e, porventura, a Sarkozy) é-lhe indiferente o regresso ao marco ou que o FMI aterre em Lisboa. A Inglaterra, aliás, a dos dois novos penteadinhos, quer ver o euro bem longe da ilha. Tudo junto, a "especulação" corresponde a um engendramento interno, político, da Europa do Tratado para que as secções locais dos dois maiores partidos europeus - como bem os apelidou Adelino Maltez -, cá representados pelas duas menores criaturas supra mencionadas, se agitem ao telemóvel, fora de qualquer contacto realista com o mundo. No fundo, é uma reacção de servos. Falar em "ataques especulativos" é, pois, gozar com o pagode. Se há alguém que anda a "especular" com o país, é a desgraça que lidera a dita seita. Ele é a especulação em pessoa.

12 comentários:

Mani Pulite disse...

PORTUGAL ESTÁ NAS MÃOS DE DOIS PALHAÇOS MENTIROSOS.O RICO DA CASTILHO QUE DÁ E O POBRE DE MASSAMÁ QUE LEVA , AGRADECE E PEDE DESCULPA.FEIOS,PORCOS E MAUS...

floribundus disse...

o regabofe socialista continua
a limpar as carteiras aos contribuintes

zé povinho transformado em zé sapatilhas

estamos no começo da desgraça

Anónimo disse...

João, concordo plenamente com a sua perspectiva. Mas, no caso português, não podemos deixar de fora, pelo papel fucral que tem tido, o seu amigo Cavaco.

Anónimo disse...

Especulação é o Estado meter dinheiro em empresas pré-falidas, investimentos públicos e projectos sem interesse. Esta especulação é a pior possível: é feita não com o dinheiro deles mas com o nosso.

www.angeloochoa.net disse...

Copi e past de email, também a João Gonçalves enviado, desta manhã, há coisa de uma meia horinha, que servirá de comment, se, como habitualmente, agraciado de seu soberano imprimatur...

in
http://angeloochoa.spaces.live.com/

:)

Nota:
Se esses senhores que nos desgovernam tivessem seus dinheirinhos auferidos do suor do povo declarados preto no branco publicamente -- na net for exemple -- não seria a bagunça que zé povo há séculos aguenta porque bom demais -- nós não temos o que merecemos temos o que «eles« (diabos) querem (os da pança) porque nós merecemos mas mesmo bem melhor mil vezes do que isto. Agora é santo padre papa a abençoar e diacho mafarrico mentiroso ab initio a pilhar-nos bárbaro e sem vergonha. Pobres somos mas ricos de coração e a prova é que aguentamos isto com que nos querem anestesiar «esses» tais senhores do poder os donos da bola, mas não donos da nossa liberdade sagrada de dizer NÂO! e Basta! (14 Maio 2010)
MOVIMENTOS
IN
http://www.youtube.com/user/25xiinatal
<:
in
http://www.youtube.com/watch?v=zCyWy43oz98

MOV02859-Se amor pra conquistar-te - Duras pedras demoradas.MPG(17.9MB)

Maria Tuga disse...

Vivemos no mundo da mentira...
Temos um PM que mente e temos em Bruxelas parasitas a viverem à custa de orçamentos aldrabados por interesses pouco claros. O Tratado de Lisboa já morreu...resta ver a morte lenta desta gente sem escrúpulos. Quanto ao nosso PM quem comeu a carne que roa os ossos. Cadeia com ele ainda era pouco...

rmvsantos disse...

A ABELHA SOUSA


Lá num país cheio de cor
Nasceu um dia uma abelha
Bem conhecida p'la amizade
Pela alegria e p'la bondade

Todos lhe chamam a pequena Abelha Sousa
Fresca, bela, doce Abelha Sousa
Sousa voa sem parar
No seu mundo sem maldade
Não há tristeza para a nossa Abelha Sousa
Tão feliz e doce, Abelha Sousa
Sousa, quero-te fora daqui
Sousa (Sousa), Sousa (Sousa), Sousa vai-te daqui

Numa manhã ao passear
Vi uma abelha numa flor
E ao sentir que me olhou
Com os seus olhitos de cor

E esta abelha era o nosso amigo Sousa
Fresca, bela, doce Abelha Sousa
Sousa voa sem parar
No seu mundo sem maldade
Não há tristeza para a nossa Abelha Sousa
Tão feliz e doce, Abelha Sousa
Sousa, quero-te fora daqui
Sousa (Sousa), Sousa (Sousa), Sousa vai-te daqui
Sousa, eu quero-te fora aqui
Sousa (Sousa), Sousa (Sousa), Sousa vai-te daqui

Anónimo disse...

À medida que o tempo for passando, as especulações de Manuela Ferreira Leite vão tornar-se cada vez mais populares, como esta: Sócrates não é o salvador da pátria, é o coveiro da pátria. No fim a especulação não passará de uma banal realidade.

www.angeloochoa.net disse...

Se esses senhores que nos desgovernam tivessem seus dinheirinhos auferidos do suor do povo declarados preto no branco publicamente -- na net, for exemple -- não seria a bagunça que zé povo há séculos aguenta porque bom demais -- nós não temos o que merecemos, temos o que «eles« (de almas vendidas ao diabo) querem (os da pança bastante). Porque nós merecemos mesmo bem melhor (mil vezes melhor) do que «isto». Agora é Santo Padre, o Papa a abençoar-nos, e eles (do diabo mafarrico, mentiroso ab initio, pertença) a pilharem-nos barbaramente, e sem vergonha. Pobres somos nós, mas ricos do coração, e a prova é que aguentamos «isto» com que nos anestesiam «esses» tais senhores do «poder», «os donos da bola», mas não donos da nossa sagrada liberdade, sagrada, de dizer NÂO! E Basta!
(14 do Maio do ano da graça 2010)

Francisco disse...

"Especulação" é uma palavra que tem costas suficientemente largas para cobrir muitas coisas. E quando os políticos querem esconder as suas burricadas económico-financeiras recorrem a ela. A verdade é que quem possui os maiores créditos em euros ou dólares são os países emergentes (China, Índia, etc.) e esses, sim, é que se quiserem podem especular a seu belo-prazer. Porque não lhes pedem contas?

Anónimo disse...

Se Portugal fosse um fundo de investimento, estaria na falência e Sócrates preso como Madoff.
E note-se que Madoff investiu dinheiro de quem lá o pôs de livre vontade.
Por exemplo especuladores sociais como são os nosso partidos socialistas da extrema esquerda à extrema direita criaram esse monumento à especulação que é o Ministério da Educação. Todos biliões vão para lá. Quais os resultados?

O país há 10 anos cresce a 1%* por isso ou a Educação Publica não muda grande coisa e não é tão importante ao contr-
ário do que se diz para se lá deitarem biliões ou esta Educação Publica não presta e também não se deve deitar biliões.


*O crescimento real é negativo uma vez que a dívida e as ajudas da União douram os números.

lucklucky

Merkwürdigliebe disse...

Como refere o comentador acima, a especulação tem as costas muito largas. Por exemplo, a frau Merkel especula que os Gregos, Espanhóis, Irlandeses e Portugueses pagarão as suas dívidas ao estrangeiro, e se não pagarem ela também terá os seus "pounds of flesh", mas ao mesmo tempo, a maior economia exportadora do mundo, a sua, especula correctamente e aproveita um Euro em forte queda para aumentar ainda mais as suas exportações. Enquanto que o grande especulador premier sua eminência, especula que aumentar os impostos no momento presente em vez de cortar na despesa pública, lhe renderá mais votos no futuro do que se especulasse noutro sentido. Ou a Dona Adelaide, mãe deste, do Salão do Reino, especula que um apartamento de luxo no centro de Lisboa pago a metade do preço e através de uma conta offshore, valorizará ainda mais no futuro, numa altura em que o seu admirável filho já estiver de malas aviadas para um qualquer cargo em Bruxelas. E assim sucessivamente.