2.5.10

AQUILO E O CAOS



O mui digno 1º ministro grego explicou delicadamente ao povo que é aquilo ou o caos. Engano dele. Vai ser aquilo e o caos. Aos mortais nada é dado de graça.

7 comentários:

Fado Alexandrino disse...

Absolutamente perfeito, e pior ainda, verdadeiro.

Karocha disse...

Assino por baixo JG. e Fado.
2mil milhões de euros?!!!

Anónimo disse...

O povo grego também tem de perceber que não só foram roubados mas que também beneficiaram de vários anos de estatísticas aldrabadas e muita mentira - por cá, a malta dizia como que esmagada: "até já a Grécia nos ultrapassou"...onde já vai toda essa merda esvaziada da comentarice altamente informada! A comentarice está ao nível das agências de rating.

Ass.: Besta Imunda

Merkwürdigliebe disse...

A reedição estará cá em breve, o premier Sol, enunciando ao povinho: "Aprés Moi, le déluge."
Brevemente, numa televisão perto de si.

radical livre disse...

voltam à 'Teogonia' e aos 'trabalhos e os dias' de Hesíodo.

tudo começou com o Caos
e assim vai continuar.

ressuscitem o oráculo de Delfos
e os mistérios de Elêusis

Anónimo disse...

Suponho que seja o povo grego a pagar as favas e não os polvos gregos que vivem à custa do Estado.

frliluftogvind disse...

Caro João,

A este respeito - os dois primeiros parágrafos que falam do número das piscinas em Atenas é precioso - esta notícia do N.Y. Times:

http://www.nytimes.com/2010/05/02/world/europe/02evasion.html?scp=1&sq=greece%20porsche&st=cse

Um abraço,

V.R.