26.2.10

UM "FRAQUINHO"

O Delgado, na SICN, confessa - como se alguém ainda tivesse dúvidas - que tem um "fraquinho" pelo 1º ministro. E até o "pressionou" (ao dito 1º ministro) para ele tomar uma "medida". Que ele, obedientemente delgado, tomou. Pobre ténia celiniana que nem sentido do ridículo tem.

13 comentários:

Anónimo disse...

Estes 2 marretas s+o cretinos precisam de uma espera num beco para um bom enxerto de porrada. São ainda piores que os boys do peiésse.

Um deles "confessou" que fez uma pressão sobre o "dito cujo", o outro insiste em chamar "engenheiro" ao dito cujo...

O Balsemão não pode correr com estes 2 palhaços?

PC

Anónimo disse...

O par já tinha dado espectáculos de circo, mas o de hoje encheu as medidas. É uma peça para arquivo, em que se ficou a saber que o que interessa não são os telefonemas, mas o que deles resulta. Que pena não terem recordado aquele telefonema do ministro de Santana Lopes. Eles conseguem debater assuntos da maior gravidade sem abordar um único facto, a começar pelos de hoje. E são jonalistas encartados! Enfim, um programa que pela passividade mórbida da apresentação se transformou em lixo.

Carlos Azevedo disse...

Nunca teve.

Levy disse...

Esse Delgado, uma vez num programa da SIC mulher, foi entrevistado por uma jovem. Fez a figura mais ridícula que até hoje vi alguém fazer na televisão. Tive vergonha de ver, e mudei de canal.
Luís Delgado foi um dos que mais defendeu Maria de Lurdes Rodrigues, convencido que estava ali uma senhora Thatcher. Saiu-nos uma Rosa Luxemburgo de 5ª categoria. Com Sócrates é igual: apoia-o desde o 1º dia, contra toda a lógica e contra todas as evidências de que é um incompetente encartado.

radical livre disse...

detesto vermes.esta ténia não é bicha solitária.
estes seres rastejantes enojam-me.

Anónimo disse...

Divergências de opinião e de atitudes dá direito agora a porrada? Ainda por cima às escondidas?!
Francamente! Voltamos aos tempos medievais! Tenham santa paciência, senhores supostamente civilizados!

Nuno Oliveira disse...

Mais que o ridículo a que se submetem é a tentativa de minimizar factos de máxima importância numa tentativa de branqueamento do episódio.

O Mário tem a distinta lata de dizer que não faz mal pressionar. O pressionado é que não se deve deixar pressionar. Da próxima vez que alguém levar um tiro será culpado de não se ter desviado da bala...

Esta mentalidade portuguesinha de que não faz mal roubar desde que não se seja apanhado é a razão principal pela qual o país nunca irá a lado nenhum. É triste. Muito triste...

LUIS BARATA disse...

Também assisti aos comentários da dupla Delgado-Resendes e devo dizer que ontem se ultrapassaram a si mesmos- pelo ridículo, pelo auto-elogio etc

Anónimo disse...

Cambada de imbecis! Estará tudo louco ou são tachos a falar mais alto?
Isto é uma coisa nunca vista desde o 25 de Abril...e tudo se branqueia alegremente.

Bic Laranja disse...

Também vi essa parte... A 'opinião pública' é uma parada de atrasados mentais. Nem vale a pena dizer 'o rei vai nu' que isso lhes dica além do entendimento.
Cumpts.

Alves Pimenta disse...

Uma completa besta, esse intestino delgado.
Ao pé dele, até o intestino grosso, vulgo bettencourt, faz figura de inteligente, imagine-se!

Toninho disse...

Boa noite, novamente.

Desgraçados pais que com tanto labor e sacríficio colocam no mundo um "rebento" com nome de intestino.

Mas preza pelo nome de baptismo, louve-se pelo menos isso.

Cumprimentos.

Anónimo disse...

O Sr. Luís Delgado não é aquele empresário, famoso pelo seu liberalismo, que fundou um meio de comunicação social na internet, onde empregou tutti quanti por somas pornográficas, vendendo-o rapidamente ao grupo Mello por soma também pornográfica? E que foi pelo grupo Mello obrigado a encontrar comprador pelo mesmo preço, depois de descoberta a marosca de ter sido detectado um esquema fraudulento que gerava page views falsos à fartazana, colocando o dito cujo no topo dos mais vistos no sistema solar e, quiçá, na Via Láctea? E que encontrou na PT esse salvador comprador que tudo paga aos "amigos"?

E ainda se admiram do porquê?

JCL