22.2.10

BREVE MORAL DE UMA ENTREVISTA

Não invocar o nome de Sócrates em vão.

13 comentários:

Eduardo F. disse...

É breve a moral: é tão breve que é inexistente.

Anónimo disse...

Tive o mesmo pensamento.

Para além de que se quero arranjar emprego o melhor é mesmo ir comprar um capacete amarelo.

Merkwürdigliebe disse...

Felizmente que já estreou nos EUA a 3ª temporada do "Damages". Sempre é preferível ver a imoralidade ficcionada e bem escrita, do que a bem real e mal escrita pelos boys, transmitida em directo para a televisão.

Garganta Funda... disse...

O MST parecia um estagiário.

Tão truculento com os não-fumadores e o gajo ali às voltinhas, com mesuras e salamaleques...

Oh! MST, este país não é para velhos!

Karocha disse...

Não vi.
Fui comer uns deliciosos rojões numa tasca aonde vai a pj. e a aventalada.
Carne deliciosa e um bagaço caseiro do melhor!

radical livre disse...

tios, primos, amigos, conhecidos
todos invocam o pm em vão .. de escada

Anónimo disse...

Coitado do Zé de Vale de Maçada: a s/imaginação é tão parca que repete,repete,repete...mente,mente,mente...NÃO TEM EMENDA.Afinal limitou-se a defender os boys q ele próprio incita à prática dos expedientes sobejamente conhecidos.O sôcátas é um "CAPO" viciado em esquemas(desde rapazola-drogado da Covilhã)e é um mentiroso COMPULSIVO.O seu carácter é um LIXO;porquê termos de gramar isto mais tempo?A AR que acabe lá de aprovar o Orçamento+PEC/2010 e toca a dar cabo deste 1ºMin.MISERÁVEL e MENTECAPTO. Istoa é um NOJO para PORTUGAL.
Midarte

Anónimo disse...

Mas....apesar de invocarem o seu nome me vão.....teve o cuidado de dizer que são seus amigos.
Amigos destes não se abandonam sob risco de invocarem o nome mas não no vão....na escada mesmo.

Miguel Neto disse...

OK! Façamos de conta que acreditamos na "istória" do uso abusivo do nome de S. Exa.

Isso de se usar abusivamente o nome algém e sem seu conhecimento, em negócios de milhões e com dinheiro alheio, parece "esquema" para dar pena de cadeia. Isso para o comum dos mortais. Por muito "amigo" ou familiar que se seja da "vítima".

Neste caso (a ser verdade ... e acredita quem quer) e para além disso, no mínimo houve prejuízo para a imagem pessoal e política do primeiro-ministro e para a imagem (porque ele é chefe de um governo) do País. Assim, quando é S.Exa. está a considerar levá-los a responder em tribunal por esse crime? Por menos que isso S.Exa já tem levado muita gente a tribunal. E neste caso? Não? Porquê?

E, por falar na imagem do País que fica afectada (por contágio) neste assunto, não poderia um conjunto de cidadãos levar os “boys” a tribunal, pelos danos causados ao País e às "Instituições da República" pelo uso abusivo do nome do primeiro-ministro? E o Ministério Público? Aqui também não há indícios de coisa alguma? Então e se amanhã aparecerem pelo mundo fora uns tipos a evocar o nome de S.Exa. em “negócios” mais ou menos legais? ... Nada?

Jacinto disse...

Tourada á portuguesa ,a anos-luz da corrida integral.
O animal ,embolado(ou com os pitons cortados,à escolha)e o "maleta", sem estoque,auto- limitado à bandarilha...
O eterno reino do faz-de-conta...

M. Abrantes disse...

Sousa Tavares e Sócrates juntos? Nem de castigo.

J.P. de Feijão disse...

Nem num vão de escada.

Severo disse...

Por tudo aquilo que disse, afinal Sócrates ainda se sente mais "encornado" que o outro.
Agora os portugueses vivem num país de gente "encornada".
Pois ,somos sempre os últimos a
saber !!!!!
Cps
S. Guimarães