26.11.10

UM "MOMENTO" MEU AMOR

Daqui a umas horas há um "momento governo de salvação nacional-patriótico" no parlamento com a votação final do OE. Os a favor e os complacentes encarregam-se da coisa. Alguns lavrarão breve acta de nojo, sentido ou fingido, porque a miséria instintual e moral em vigor os impeça de sair tranquilamente. O trágico-cómico da cena é que de pouco lhes servirá o glorioso "momento". Acabaremos todos fatalmente a rastejar com a diferença que eles serão os primeiros.

4 comentários:

floribundus disse...

'não adianta chorar sobre o leite derramado'
já 'fuderam' as sucessivas gerações deste século.
sem mudanças estruturais à vista
preparem-se para a miséria

joshua disse...

Que rastejarão já está no ar pela voz do Financial Times Deustschland.

rmvsantos disse...

Corre que vai ser proposto uma actualização de datas históricas.

Assim, o dia "1 de Dezembro", dia da "Restauração da Independência", vai ser a partir do próximo dia 1-12-2010, "O DIA DA DEPENDÊNCIA - DIA DO FMI".

Porpor não custa.

A

Rui

Anónimo disse...

Os deputados portugueses são, de facto grupelhos de carneiros e ovelhas, rebanhos nojentos... Todos "cumpriram" a "disciplina", esquecendo-se dos interesses de quem os elegeu. Todos. Os 4 da Madeira cumpriram a "disciplina" do Alberto João (que, de resto, penso ser o único político português desde o 25 do 4)...

Com descerebrados destes, estamos à espera de quê para ir daqui para fora? A má moeda expulsa a boa moeda, como dizia... já não me lembro.

PC