23.11.10

A LACÃO O QUE É DE LACÃO?

Está-se mesmo a ver que o PSD vai já a correr dar a "lacãoniana" garantia, não está? Mesmo assim, o PSD deixou passar a despesa prevista no OE com as parcerias público-privadas cuja extinção pura e simples, e bem, o CDS sugeriu. Isto é a parte má da coisa. A boa, é a senhora Merkel ter feito constar que existe um risco excepcionalmente sério de mais países precisarem de ajuda. Com coisinhas insignificantes como as ditas parcerias e outras parvoíces aparentemente "consensuais", está-se mesmo a ver que a senhora Merkel não estava a pensar na Eslovénia ou na Eslováquia. «Os dinheiros públicos têm de ser utilizados com rigor e eficiência. Há que prestar uma atenção acrescida à relação custo-benefício dos serviços e investimentos públicos», disse ontem o PR. Mais uma vez não foi ouvido. Mas a senhora Merkel está à escuta.

8 comentários:

Mani Pulite disse...

QUANDO É QUE ESTE GAJO É ENCERRADO NO CANIL?

ruy disse...

Afinal, em que ficamos'

O Parlamento rejeitou esta terça-feira uma proposta do CDS para suspender as grandes obras públicas em 2011, com os votos contra do PS, Bloco de Esquerda e PCP e a abstenção do PSD, na votação na especialidade do Orçamento do Estado.

"Face à situação das finanças públicas e ao atual contexto de financiamento da economia portuguesa, fica o Governo obrigado a suspender, durante o ano de 2011, a construção do TGV Lisboa-Poceirão, da terceira travessia do Tejo e do novo aeroporto de Lisboa", lia-se na proposta, com um único ponto.

A proposta teve apenas os votos favoráveis do CDS, contando com a abstenção do PSD e o voto contra das restantes bancadas.

O diploma consistia numa aditamento à proposta do OE relativa à cessação da autonomia financeira. (SIC Online)

burns disse...

será que a familia do lacão não tem vergonha de ter aquele verme a fazer de moço de recados
aquela cara nojenta é responsável pelo menos por 2% do juro da divida
este governozeco já não cabe no aterro da lipor

Anónimo disse...

PSD e Cavaco cúmplices do PS.
O Senhor Cavaco desta vez não mandou a Ferreira Leite nem o Pacheco Pereira mandar recados.
Quando chega uma bifurcação, o PSD e Cavaco ficam do lado do PS e do Estado social-corporativo.
Vão ter o que merecem.

lucklucky

floribundus disse...

quem como eu se habituou a viver fora do rectângulo ou a olhar para fora dele dificilmente suporta viver aqui com todo este lixo humano.
incompetência, nepotismo, miséria, e outras desgraças não auguram nada de bom para o futuro próximo dos que trabalham.
a greve de amanhã custa o dobro do prejuízo da cml do costa para este ano

Cosmo disse...

Poderia ser mais lacónico...

Garganta Funda... disse...

Mais uma intervenção paralamentar « à la cão»...

O que é preciso é «acalmar os mercados», dizem eles!

Anónimo disse...

Mas será possível que ainda haja gente que não acredite que este sítio só entra nos eixos sob uma mão de ferro ou, em alternativa, sob mando e controlo estrangeiro?
Há quanto tempo tal não é uma evidência?
Que praga terá sido lançada sobre um país com uma História tão rica que se transformou em tão grande anedota?