2.6.10

O NADA


Para além de mau versejador, Alegre é um mau político e, enquanto "homem de cultura", não passa de um cruzamento epistemológico da D. Edite Estrela com um cavaleiro tauromáquico. Falou em "co-responsáveis" o que, no português em que ele debita as suas irrelevâncias lírico-politiqueiras, quer dizer que existem pelo menos dois. Um deles é, afinal, seu apoiante desde domingo passado e, de acordo com o afamado caçador, «José Sócrates agiu com ética e convicção» (cá está o rumor das saias de Elvira a funcionar). É a este balão vazio que alguns altivos parvalhões, ditos de "direita", andam a dar gás com a sua proverbial pusilanimidade e oportunismo políticos. Este "direitismo" enquanto doença infantil do "socratismo" é, apesar dele, pior que a nulidade política representada por Alegre. Ao menos deste, fora a parte em que aceitou ser tratado por "dr." durante uma entrevista inteira sem corrigir a jornalista, já se sabe com o que se conta. Com nada.

12 comentários:

floribundus disse...

a melancolia é a 'dor de existir'.
a estes marmanjos perturba-lhes as funções básicas diárias.
como terapia mandava-os para onde calculam

Anónimo disse...

Acho que este não foi tão longe na falsificação do diploma como o dito cujo... Não o tem, "prontos"! Mas gosta de ser chamado "dôtô", o que se há-de fazer?

PC

carol disse...

Admito que não se goste deste candidato, naturalmente! Mas só duas coisas: não é, nem pouco mais ou menos, mau "versejador" como é afirmado; e por outro lado, preferem o (provável) candidato Cavaco Silva, é?.....

Mani Pulite disse...

CAROL,CAROL,DEVIA PREFERIR UM BOM CAVACO AO CANICHE DO SÓCRATES.

Sim Nico disse...

Saramago, Maria Barroso, o treinador da bola cujo nome não recordo, são doutores honoris causa. Não terá havido por aí nenhuma universidade manhosa a dar igual título ao poeta caçador?

Parker disse...

Só má língua e dor de cotovelo! Fica-lhe mal, João Gonçalves. Você está mal consigo e, sobretudo, com o mundo.
Mau poeta! Soubesse você escrever como Alegre. Prefere Cavaco? A asneira é livre. Junte-se ao Pacheco e continue a dar corpo às suas frustrações! Olhe que FREUD explica isso tudo...

Manuel Brás disse...

Contar com...

Com a devida assinatura
carregada de leviandade
fica exposta a estatura
da nossa conaturalidade.

As palavras trovadas
em sons descompassados
são sempre enturvadas
por cantos repassados.

Da guitarra dedilhada,
com cordas envelhecidas,
sai a canção farfalhada
de toadas distorcidas.

www.angeloochoa.net disse...

Resumo de Ideário Alegre:
Esquerda alimenta
Direita fomenta fome
Esquerda é recta
Direita é torta
Esquerda Direita
Esquerda Direita
Up 2 pra frente marche
Marcher
Marchar
DESTROÇAR!
(Vestígios de militares doutrinarias a enfadar-nos até oosso…)
SINISTRA ESQUERDA QUANTO BASTE
O QUE É NACIONAL È BOM?
Não Não
O QUE É ESQUERDINO É QUE É BOM!!!

Anónimo disse...

Vi, durante uns minutos, já aquele espectáculo soporífero devia ter começado há muito, e ele repetiu por diversas vezes o termo "esquerda" (e também "esquerdas"), como se nessas palavras residisse o poder de uma varinha de condão.

Esses minutos chegaram e, mais, sobraram.

Anónimo disse...

Edite é uma sopeira a soldo do estado súcia. Alegre um ignorante e um incompetente. E também um desavergonhado. E também um intriguista. E também um fantasista mais perigoso do que os ininputáveis que enchem os manicómios. Toda a sua reputação se baseia em mitos. Tal como outros beneméritos anti-fascistas, tem beneficiado da passagem do tempo, do esquecimento, da morte natural de testemunhas oculares e de gente que o poderia avaliar com mais esclarecimento. Tem agora mais capacidade para enganar.

Ass.: Besta Imunda

João Gonçalves disse...

Infelizmente, "parker", não lhe posso respodner porque não respondo a gente sem cara e sem nome. A cobardolas valentões, em suma.

burns disse...

pode acrescentar ao perfil do bardo o preguiçoso porque eu com mais de trinta anos, sempre vi o homem armado em histórico no parlamento e nunca vi dele um trabalho,uma proposta de lei ou o que quer que fosse ao longo destas décadas todas a mamar por conta do erário público