24.6.10

O MIÚDO QUER ANDAR ÀS CAVALITAS


Manuel Alegre - que aparece todos os dias sem que haja alguém que lhe explique que não é suportável aguentar-se tamanha basófia irrelevante até Janeiro - parece um miúdo a tentar chamar a atenção ao mais velho (que não lhe liga nenhuma) para ver se o mais velho o leva às cavalitas. É melhor entreter-se sozinho, embalado pela doce voz de Maria de Belém, entre tiros a pássaros e caçadas menores.

5 comentários:

floribundus disse...

quando era jovem dizia-se
'fato roto, vida alegre'

deu o 'tiro de partida' e vai por aí fora a fazer de 'lebre'

Daniel disse...

Manuel Alegre é um "esquerdista dogmático", acredita no Mito da Esquerda, como o descreveu Raymond Aron: nela estão as virtudes, a verdade, e o caminho para a felicidade terrena. Além do mais, Alegre parece-me profundamente narcisista, "embalado" pela bajulação do BE gosta de aparecer nos media a debitar banalidades teóricas e argumentos pueris. Temos de o aturar até Janeiro.

Garganta Funda... disse...

Aliás o «velho» já tem os ombros ocupados com o instituicional rabo do Admirável Líder...

Na verdade o bardo Alegre vai penar um bocado para desfazer essa «cooperação estratégica».

Anónimo disse...

O poeta pateta nem sequer se apercebe que anda a copiar a táctica do Mário Soares, nas últimas presidenciais, e os brilhantes resultados que isso deu ao Bochechas.

Anónimo disse...

Alegre e os seus súcubos - os mandatários!... - dão e darão, até às eleições, muitas conferências e chamarão muitas vezes as TV's, que acorrerão diligentes e sabujas. Está montada a patética mas cigana máquina - PARTIDÁRIA - de promoção do candidato, disfarçada de "cidadania". Só o termo "cidadania", e a maneira torpe de o utilizarem, me faz bolsar.
E depois diz coisas terríveis: "cavaco está nervoso e crispado". A falta de convicção ao proferir estas inanidads é visível.
Que esquerda parvinha. E haverá quem vote...

Ass.: Besta Imunda