1.6.10

ADIEU, SÓCRATES


Alegre vai andar uns meses a falar sozinho ou, na melhor das hipóteses, para aqueles jantares de "apoiantes" onde sempre se distingue, com o fervor típico de uma sopa de ervilhas, a chorona Roseta. Se Cavaco se decidir recandidatar, só o fará no último minuto do último dia em que o pode fazer. Até aí, como não se cansa de repetir e a realidade não o desmente, é Presidente da República. Ou seja, lá por Sócrates e Assis, com caras de agentes da Servilusa, terem vindo mostrar o seu "entusiasmo" pelo bardo - com Sócrates logo delicadamente a avisar que a candidatura era com Alegre -, o antigo coveiro do jornal O Século vai chegar estafado ao final do ano com praticamente toda esta gente farta dele porventura ainda mais cedo. Mário Soares, que provou do cálice há cinco anos, e sabe o que vale politicamente o seu velho secretário de Estado, escreveu hoje que «no actual contexto político-partidário, (...) Sócrates cometeu um erro grave, que porventura mesmo lhe poderá ser fatal e ao PS.» Seis meses, em política, é uma eternidade e, assim como assim, Soares já a tem garantida ao contrário destes "tardios" e "infelizes" personagens. Adieu, Sócrates.

11 comentários:

João Crato disse...

Que diabo! E se o interesse do Sócrates for esse mesmo? Depois, não creio, que a vitória do Cavaco esteja assegurada. Olhe que não! Por outro lado, se o Cavaco ganhar, serão favas contadas para o PSD e o seu líder que umas vezes é Liberal e outras já é socialista da economia-social? Ora, não me parece que o futuro próximo esteja escrito nas estrelas, mas, alguns, davam bons astrologos, lá isso davam...

Alves Pimenta disse...

Comentador João Crato:
Fiquei elucidado sobre o que acontecerá se o Prof. Cavaco Silva ganhar, coisa que, em sua opinião, "não está assegurada".
Já agora, diga-me, por favor, o que acontecerá se vencer o "poeta" Alegre. É que fiquei cheio de curiosidade.

Mani Pulite disse...

SOARES SABE QUE EM SETEMBRO ALEGRE ESTARÁ COMPLETAMENTE QUEIMADO E COMEÇOU A PREPARAR E SABOREAR ESSE MOMENTO.SOARES TAMBÉM SABE MUITO BEM, PORQUE JÁ O FEZ, QUE QUEM APOIA PODE DESAPOIAR.ALEGRE CAIU NA RATOEIRA , ESTÁ BEM FECHADO DENTRO DELA E CALADO COMO UM RATO.

Anónimo disse...

Caro homem, patético senhor, que este o encontre bem de saúde, assim como aos seus mais queridos e que tudo o resto se foda.
Fala o patético, sem o desmentido do senhor que em si ambos pateiam: Alegre isto, Alegre aquilo, porque assim, também assado... enfim, vómitos tímidos de um esguio espírito, não por destreza mas por clara falta de alimento.
Que deve o país a Cavaco que, na altura e europeia ocasião não fosse possível executar por uma mediana inteligência, como, por exemplo, receber milhões e mandar fazer centenas de quilómetros de auto-estrada?? Mas que tonto é o caro senhor, patética criatura!! Arre!! Alegre, o Manuel, porra, pelo menos pensa o país para lá da gramagem mínima, da fina película de alcatrão com que Cavaco cobriu o país, escondendo a sua má escola, má cultura(política cultural) e onde coloriu uns pedaços em forma de bom menino perante Bruxelas...
Olha, sabe que mais, fodam-se todos que, o mais certo, é o país merecer mesmo levar pelo cu acima com mais uns anos de cavaqueada maltrapilhice.
Como diria um visionário que eu cá sei, "da puta que vos há-de parir não serei eu filho!".

Rui Bento da Fonseca

Garganta Funda... disse...

O geronte e «padrinho» deste regime pôdre e sucialista sabe muito bem que a vingança serve-se fria.
O Sócrates pode já encomendar a cicuta....

Anónimo disse...

O azar da coisa é que venha o Diabo e escolha. O Alegre não é figura que se recomende (está a apoiar esta "ética" socialista), enquanto Cavaco, "como sou uma pessoa de bom senso aqui só falo de cavalos", me deixa, cada vez mais desiludido. Apesar de tudo, talvez seja o mal menor, embora gastador como todos os republicanos (a monarquia espanhola tem 8.9 milhões de euros anuais, enquanto a Presidência da República desbarata 20.7 milhões). Enfim, trata-se de escolher entre duas desgraças...

Anónimo disse...

Neste momento não sei bem do que alegre estará mais aliviado: se de não ter sido PR em vez de cavaco, nesta próspera e fácil ocasião; ou se de ter mais ou menos a certeza de não vir a ser eleito PR, nesta próspera e fácil ocasião. Poderão - os da esquerda - sempre pensar que se o rapaz-das-marteladas fosse PR neste momento pouco adiantava ou estragava, uma vez que o cargo não é executivo, que ele não sabe nada de economia e finanças e teria o perfil certo para a inércia esperada e desejada pelo governo. Qual será então a vantagem de o ter como PR? Dar mais veia poética aos vetos? Ser cúmplice em toda a espécie de projectos visando mais clientes e cargos políticos? Que ele anime a rapaziada com odes e belas frases? Que contamine o país com optimismo baboso? Que fale do 25 de Abril? de Rosa do Luxemburgo? de Ben-Bellah? Para dissolver uma assembleia de direita, e só se for de direita?
Que sabe fazer alegre além de escrovinhar ocasionalmente, intrigar em gabinetes, pontificar em "academias-afins", levantar-se e sentar-se, dizer "presente", "apoiado" e "peço a palavra" ou "tem a palavra" ? Nada.

Ass.: Besta Imunda

carol disse...

Tirando o "palavreado", MUITO BEM, Rui Bento da Fonseca!!! Não sei o que vêem em Cavaco, pobre clone de si próprio... e quando foi PM, valha-me deus! Se não fossem os milhões que vieram da Europa que teria ele feito?

Eduardo F. disse...

Apetece-me citar uma tirada de mau gosto:

«Adio, Adieu, Auf Wiedersehen, Goodbye!!!»

Anónimo disse...

A Não perder Sócrates, PT, Ongoing, Brasil em www.vespeiro.com

Fado Alexandrino disse...

Não quero saber da política para nada.
A única coisa que lhe quero dizer é que este texto é absolutamente brilhante.
Num momento de grande tristeza nacional e desânimo ri-me e ri-me a valer.
Grande caneta ou grande teclado tanto faz.