29.1.08

O PS E O EUCALIPTO


Manuel Alegre promete que "não se cala nem se conforma". Se porventura Alegre conseguisse arrebanhar dois ou três deputados que "não se calassem nem se conformassem" - duvido que haja quem duvide no pasto "socrático" -, a maioria parlamentar passaria a estar nas mãos destes temerários. Tinha graça. Sobretudo porque só na cabeça loira de Clara Ferreira Alves é que Mário Soares permanece um indomável contestatário.

2 comentários:

Joshua disse...

Indómito, Soares? Perfeitamente absorvido na lógica de Estado socratina. Alegre, para sempre pregará no Deserto.

Para Soares, Sócrates é e será, e por muito tempo, o Senhor de Portugal. Ele não se deixa intimidar por protestantes insultuosos porque ele mesmo intimida na sua ubiquidade Inauguradora de Tudo, Correctora de Quanta Histórica Errância Há e fautora de toda a Glória Anti-Deficitária.

2008 será um tapete vermelho para natural reeleição daquilo incontestável e infalível.

É a el-reização sebastianina de José Sócrates.

Nuno Castelo-Branco disse...

Até o venerando ter os amigos criteriosamente arrumadinhos lá para a zona da Lapa. Então, lá virão as Irmãzinhas Escravas dos Suplícios de S. Bento e CMVM propôr a inevitável dissolução. Por Bem, como dizem as pêgas do Paço de Sintra. Por Bem!?