17.1.08

O MOVIMENTO


O que estava a fazer mais falta ao PSD, neste momento, era um "movimento" de "mulheres sociais-democratas". Pois o dr. Menezes teve a brilhante ideia de o criar, não se imagina bem para quê. Agremiações folclóricas dentro dos partidos - as juventudes, os trabalhadores, as mulheres, os gays, os hetero, os funcionários públicos, etc., etc. - são redundâncias, por um lado, e escolas de malandragem, por outro. Não contribuem em nada para promover os partidos e só servem para os caciques habituais se promoverem, servindo-se delas. Coitado do dr. Menezes.

6 comentários:

AM disse...

isso e o regresso do "ministério do turismo"

Anónimo disse...

Confrangedor. Apreciei mais o “Último Baile dos Bombeiros.”.

Troca Letras disse...

Eu gosto do Menezes, mas desta vez ele por favor
Para que fazer grupos, já chega a JSD para dar trabalho, quando fala em voz própria contra o que os dirigentes dizem

António Miguel Miranda disse...

Divulgação

Um Blog ,dois livros!

www.camaradachoco.blogspot.com

“Camarada Choco”

e

“Camarada Choco 2”
António Miguel Brochado de Miranda
Papiro Editora

Papelaria “Bulhosa” Oeiras Parque, Papelarias “Bulhosa”, FNAC ou www.livrosnet.com

Tema: Haverá uma fronteira entre os Aparafusados e os Desaparafusados?"

Filmes de Apresentação no “Youtube” em “Camarada Choco”

António de Almeida disse...

-O dr. Menezes está cada vez melhor. É cada uma pior que a outra.

Luís Serpa disse...

"Coitado" não me parece muito apropriado, como qualificativo para o Doutor Luis Meneses. Nem sequer dfo PSD que o elegeu.