31.5.06

O FUTURO

Não vi na RTP a reportagem sobre a violência nas escolas. Contaram-me. Há pais piores que os filhos e vice-versa. Anda por aí muito menino na escola errada. Dizem-me que são "o futuro". Que tal incluir este "futuro" nos "roteiros presidenciais"?

6 comentários:

Anónimo disse...

... é uma "brilhante" ideia, pois estes "meninos" como "futuro" é um pouco "aterrador"

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Qual nada vamos para onde merecemos estar ao lado da guiné bissau...

António Viriato disse...

Também não vi, mas contaram-me. Nada que não soubéssemos já : não há retórica, por mais habilidosa que se revele, capaz de disfarçar o colossal fracasso do nosso actual Sistema de Ensino, sobretudo, nos seus graus Primário e Secundário, aqueles onde se ganham ou se perdem os futuros cidadãos de qualquer País. Deixámos corromper um dos pilares do edifício democrático. Criámos um sistema monstruoso : caro, desconjuntado, ineficiente, que desaproveita e condena milhares e milhares de jovens a uma irrelevância profissional futura. Quem responderá por mais este rotundo fracasso da Democracia ?

Anónimo disse...

O sr Viriato deveria fazer essa pergunta aos sucessivos ministros da educação que fizeram reformas sem pés na cabeça desde 0 25 de Abril..que tal perguntar-lhes porque querem eles alunos mentecaptos...é que com ignorantes governa-se mais facilmente, eles distraem-se com os reality, com o futebol, com as novelas...é só principio quanto mais burrinhos melhor!