8.5.06

O ÚLTIMO


O Jorge Ferreira lembra que, nesta data, em 1782, morria Sebastião José de Carvalho e Mello. Convém tê-lo sempre presente. Foi o último a pôr isto na ordem.

5 comentários:

luikki disse...

com as mãos sujas de sangue......

Anónimo disse...

em boa verdade o diz, caro João!

Anónimo disse...

Então, vão ver a “excelente” peça “1755 O Grande Terramoto” em exibiçãp no Teatro da Trindade

Anónimo disse...

À época vc pertenceria, certamente, aos Távoras....e só D. Maria, a Pia,o redimiria...

Anónimo disse...

E o Sidónio? E o Salazar?E o Prof. Cavaco?