11.5.06

O QUE É A FILOSOFIA


Tive o cuidado de assistir à entrevista de Manuel Maria Carrilho a Judite de Sousa. O exercício correspondeu ao desenvolvimento de uma célebre frase de François Mitterrand proferida nas exéquias de Pierre Bérégovoy quando, referindo-se à "campanha" movida contra o seu ex-primeiro-ministro, mencionou, a propósito dos jornalistas, "os que puderam lançar a honra de um homem aos cães". Carrilho foi mais incisivo e terá mesmo falado em "matilha". A nuance - fortíssima - é que Carrilho não é Mitterrand. Não está à altura. Insisto. Carrilho tem um problema qualquer do foro psicológico que o impede de reconhecer por que perdeu. Curiosamente tudo o que disse a Judite de Sousa reavivou os principais motivos. Para me esquecer "deste" Carrilho, vou já reler o seu pequeno e instrutivo "o que é a filosofia". Coisa que o seu autor, mais ajuizadamente, também devia fazer.

5 comentários:

Anónimo disse...

MMC e autor deste post, parecem, ambos, estar cegos.
"Aquilo" que pertence ao domínio da psicologia/psiquiatria, não pode ser deslocado para o campo da filosofia como, erroneamente, se quer fazer supor...

desculpeqqc disse...

Não há santos nesta novela e de certeza que não os há nos órgãos de comunicação social, mas desde de pequeno que não gosto de filosofia e ainda não tinha nascido e já não gostava do Carrilho.

Detesto o seu maneirismo ressabiado, a sua atitude egocêntrica e o seu incontido impulso de se constituir vítima, de um mundo imaginário, onde é rei e senhor.

Para completar o quadro, só mesmo uma esposa, que é mais uma governanta pseudo-intelectual que outra coisa qualquer.

Depois deste livro, qualquer outra obra de ficção é bem-vinda.

Anónimo disse...

E onde está o livro que o dr.Santana Lopes anunciou, o qual iria explicar a campanha que os media contra ele fizeram? E fizeram-na, de facto. Os média, as agências,os opinion-makers, os poderes em geral desde o PR que o nomeou primeiro-ministro para lhe acabar com as veleidades e vacinar a opinião pública contra o santanismo e contra uma eventual candidatura de Santana a Belém que, a verificar-se, teria dificultado a vida a Cavaco Silva. Pelo menos cortava-lhe a vitória à primeira volta. Aposto!

http://sub--real.blogspot.com/ disse...

um ego monumental, uma mulher mentecapta, para quem só contam as "pessoas bonitas"... enfim, o nosso carrilho a armar-se em bernard henry levi, que é um pouco mais recomendável

Anónimo disse...

carrilho perdeu pk estamos em portugal. ou estamos em portugal pk o carrilho perdeu?