24.5.08

GASOLINA PARA A FOGUEIRA

A GALP, onde o Estado possui uma formosa "golden share", não parece ter vergonha na cara. Haja alguém que tenha.

10 comentários:

Anónimo disse...

Mas o governo parece estar encantado com a mina e, muito seraficamente, vem-nos dizer que não pode baixar os impostos: o imposto sobre os combustíveis e o IVA sobre este, isto é, um imposto sobre o outro. E quanto mais alto é o preço de venda, maior é o imposto, que já vai nos dois terços do que pagamos. Quando o governo diz que não baixa esconde o facto de continuar a subir, já que cobra em percentagem, juntando-se à especulação que, segundo fontes entendidas, está na base desta espiral. As subidas por arrasto, por outro lado, aumentarão a cobrança do IVA. E, dada a inflexibilidade de quem nos governa, nem a famosa viagem das cigarradas, paga por todos nós, parece ter feito alguma coisa por este pobre país.

Anónimo disse...

Pior do que o "constante" aumento dos combustíveis, é a 'grande' falta de respeito que as televisões têm para com os contribuintes.

É pouco vulgar, felizmente, os noticiários não "abrirem" com informações sobre o futebol, o europeu, a selecção, o Ronaldo a coçar os ... queixos, o Scolari a debitar baboseiras, o Ruas a "elevar" a cidade a centro do universo, etc.

Deixem os combustíveis a "crescer" em paz (!) e vamos falar do que interessa : FUTEBOL ... FUTEBOL, SEMPRE !

"ISTO" É UM PAÍS DO CARAÇAS !!!

CÁ FICO disse...

Eu vou aderir ao boicote de 1 - 2 -3 de Junho à Repsol, BP e GALP

Anónimo disse...

nenhum dirigente tem vergonha na cara e algumas também não têm no traseiro.
pedro da Silveira contava um episódio açoreano ocorrido à saída da missa. um paroquiano aflito saíu mais cedo e foi "aliviar" de costas para o caminho. quando passou o resto do pessoal alguém exclamou "não tem vergonha na cara". o aflito replicou "tenho sim, por isso estou de costas"
aqui estão todos de frente

Anónimo disse...

Penso que tudo isto está a ir longe demais. A situação está ficando intolerável. E estou a referir-me a tudo. Tudo.
O que está a acontecer não se pode enquadrar como crime contra a Pátria? Quando tudo está a ser destruído...

Nuno Castelo-Branco disse...

Vão abastecer-se nas pequenas empresas e no Intermarché, onde a gasolina é mais "barata"...

Anónimo disse...

Caso se confirmem as afirmações dos responsáveis da OPEP que nada justifica este aumento de prços dos combustíveis que resultam da mera especulação das empresas, então não se percebe porque razão o governo não
intervém.

Anónimo disse...

como podem estes senhores baixar os
combustíveis, se eles não abrem mão
de ter charudos ordenados, trocar de carro todos os anos, mas não é qualquer viatura...ter uns bons 15 dias na Austrália ou no Canadá, um
Monte alentejano, um apartamento em Espanha outro no algarve etc.etc. Não estou a ver estes gestores prescindirem destas opulências. É a ganância no seu estado mais puro...

jcarvalho disse...

eu vou aderir á greve dos combustiveis

Anónimo disse...

O povo tem de se convencer, de uma vez por todas, que ninguém o defende desinteressadamente. E se ninguém o defende desinteressadamente é ele próprio que tem de se defender, mas sem "pisar o risco".
Isso impõe um boicote absoluto aos combustíveis da Galp, da BP e da Repsol. E com isso fará nexer o socialismo de merda.