17.2.11

«O DISCURSO DO REI»


«(...) "Para mim, não há dificuldades, só desafios". O discurso condiz com a personagem. Desempenho competente. Tanta energia e talento emocionam. Mas, o pessoal que está desempregado, os empresários que se vêem "à rasca" (horrível expressão tão na moda) para pagar aos colaboradores, os recém licenciados sem perspectivas desafiadoras, os reformados que vivem com dificuldades e os trabalhadores precários sem estabilidade à vista, o que dizem ao treinador/bancário?

- Mourinho, querido, e se fosses para o caraças com a conversinha da treta?»


11 comentários:

MINA disse...

O discurso de Mourinho, que começou por ser irritante, está a tornar-se insuportável. Tal como o Figo (peseteiro) e os seus milhões no BPP, e também o Simãozinho Sabrosa, e outros, e o puto Cristiano Ronaldo, a sua vocação oscila entre o futebol, a banca, e algures.

Mas se os outros são mais suportáveis, o Mourinho está a converter-se numa caricatura. Mais uns tempos, e será uma carta fora do baralho. Mesmo assim, uma carta que vale milhões.

floribundus disse...

o rectângulo nunca mais sairá da sarjeta
basta sair à rua para ver que não se está num local civililizado, cada vez mais miserável

Anónimo disse...

O caraças já está cheio. Devem manda-lo para outro lado...

Anónimo disse...

Ai tão arreliados e ofendidos ficam os pobrezinhos com o treinador/bancário que, para aliviar tamanha indignação, vão logo votar no "engenheiro"/governante ...

www.angeloochoa.net disse...

João Gonçalves:
Talvez me engane, mas, porque conheço Mourinho, e cheiro o bicho que o move, não auguro para ele, quanto não auguro para mim, um qualquer colapso socrático.
Vindas donde vêm estas atoardas aqui patentes só podem significar dor de cotovelo.
Ochôa

Bastonário da Ordem dos Otários disse...

Num país de otários quem tem um olho é Rei!

Anónimo disse...

Jogo de palavras vazio.

Um desafio pressupõe dificuldades...

Karocha disse...

Publicitáriamente falando, o anúncio é um susto, mal feito, mal iluminado, enfim...

Anónimo disse...

"Mas, o pessoal que está desempregado, os empresários que se vêem "à rasca" (horrível expressão tão na moda) para pagar aos colaboradores, os recém licenciados sem perspectivas desafiadoras, os reformados que vivem com dificuldades e os trabalhadores precários sem estabilidade à vista, o que dizem ao treinador/bancário?"

A maioria tem o que merece. Quiseram ser comprados pelo socialismo. Agora são vendidos.

lucklucky

Anónimo disse...

Proponho que todos os bancos (à excepção da CGD como é óbvio) sejam proibidos de fazer campanhas publicitárias até Portugal, num grande esforço patriótico, e o seu glorioso premier e a sua entourage conseguirem por artes mágicas fazer baixar os juros das obrigações da dívida pública portuguesa nos mercados internacionais, e assim, salvar Portugal. A bem da Nação.
Quanto a Mourinho, apenas se limita a ler a folha que os profissionais redigiram e lhe puseram à frente, não é nem mais nem menos que os Gatos Fedorentos. Só leva mais dinheiro.
Merkwürdigliebe

(.) disse...

Está certo o comentário, só que Mourinho tem EXACTAMENTE O MESMO DISCURSO DE CAVACO, o Positivo. Um di8a hei-de morrer cheio de mim mesmo...