9.2.11

DISTÂNCIAS

A mais aclamada pitonisa do momento em matéria de diagnósticos, António Barreto, disse numa entrevista a Constança Cunha e Sá que prefere um regime parlamentar. E desvalorizou a eleição presidencial do mês passado (mesmo assim ainda há para aí uns totós que sonham vê-lo candidato a um cargo que ele declaradamente menospreza). Que longe está este Barreto do Barreto do Manifesto Reformador de 1979 quando defendeu, ao lado de Medeiros Ferreira, a liderança institucional do PR. E que, afinal, tão distante está do actual Chefe de Estado que o nomeou para presidir à "comissão do 10 de Junho". Trinta e tal anos sempre neste "estar e não estar" também cansa.

10 comentários:

Anónimo disse...

Para quando é que estão marcadas as novas eleições presidenciais, já que as de 23 de Janeiro foram chapeladas com os Cu's do Pereira?

Anónimo disse...

Mas a entrevista foi arrasadora para o Governo e sobretudo para o PS.

Cáustico disse...

É socialista de merda e sociólogo. Para mim chega.

www.angeloochoa.net disse...

o sr antónio barreto que conheço de ginjeira da coimbra pacóvia do citac a que também pertenci emigrado fugido a tropa que incens ex-combatentes e a quem posto sem moderação em jacarandá nota de meus posts vidio yotube user 25xiinatal é mais um produto espúrio da doutorice inconsequente e herdadeira do pior clima salazarento das lutas académicas em boa ou má hora promovido a verdeta talk show pela miseranda mediocridade reinante. Pois que esperar -- perguntem a um qualquer desses sinistros esquerdas ou pseudo que só usa a sinistra mão pra roubar ideias e... doutroa veja-se epígrefe para a arte de furtaqr do Sena. Vão bugiar, malamdros que se açambaracram do português falar. Não fora a web e era eu mísero mudo. Cala-te boca -- que «eles» apertam mesmo.

Jacinto disse...

Esta estimável personagem continua a não perceber que , aqui, a fauna não é exactamente helvética...

joshua disse...

Continuo a gostar muito dele. Como a esmagadora maioria, não está para se chatear mais que um artigo de opinião de cada vez.

Anónimo disse...

Estou mesmo a ver que António Barreto deve ser o filho da "senhora do palacete" ...

carol disse...

Também gosto dele. Estudou e evoluiu. Tem umas opiniões serenas e acauteladas. se calhar gostam mais das opiniões do Professor Martelo, não?

m.a.g. disse...

São poucas as pessoas que me merecem admiração e consideração. O António Barreto é sem dúvida uma delas.

Anónimo disse...

É um homem muito inteligente. Isso dói a algumas pessoas pouco inteligentes.