21.3.07

O INIMIGO


O senhor engenheiro tem desde há alguns dias e agora com a certeza das palavras, um adversário declarado, bem mais imponente e decisivo do que toda a oposição junta. Belmiro de Azevedo "denunciou", antes de sair, quem é que o "tramou" na OPA. Mais. Até acrescentou que o pobre do ministro não contava. Belmiro pode até ter muitos defeitos mas é do melhor que a democracia pariu em matéria de criatividade económica e de criação de postos de trabalho. Não o queria ter como inimigo, porém Sócrates merece ter um inimigo como ele. Todavia, não tenho a certeza que esteja à altura do combate.

4 comentários:

Anónimo disse...

Só para dizer que, e apenas na qualidade de cliente insatisfeito da PT, lamento não poder experimentar novos patrões para aquele universo (mesmo que desmembrado).

bv disse...

Quem é que não está à altura do combate? Não se percebe no fim.

O primeiro ataque foi hoje.

Anónimo disse...

tenham calma que o Srº Paulo Azevedo, vai dar conta do recado...

Anónimo disse...

O GRANDE MERCEEIRO... criador de emprego ?!
E os marçanos desmpregados?
Eu preferia ser marçano que caixa do continente: visitava as clientes ( e nunca se sabe...), conversava nas calmas com a clientela, roubava o patrão, tinha cama, mesa e roupa lavada, e podia vir a ser sócio e genro do patrão