14.10.11

O NOME DAS COISAS E AS COISAS PELO NOME DELAS

«Passos promete apurar responsáveis por desvios orçamentais. Será uma verdadeira caça ministério a ministério, divisão a divisão, aos “agentes” que estiveram na origem dos “encargos insustentáveis”. É a promessa deixada esta manhã pelo primeiro-ministro Passos Coelho no Parlamento. “Não deixaremos de, parceria público-privada a parceria público-privada, contrato a contrato, saber quem, porquê e como estiveram na origem dos encargos insustentáveis”, afirmou Passos Coelho, referindo que não se estava a referir à “responsabilização político-partidária”.»

Público, 14.10.11

Adenda: E estes idiotas úteis, onde andam?

7 comentários:

Anónimo disse...

É sentimento geral e crescente que os 'prevaricadores' das PPP's e do déficit-abissal devem (deviam...) ser julgados em tribunal criminal. No caso de pinto-de-sousa já alguma gente o pedia; no caso recente de Jardim já muita gente começou por exigi-lo; a miséria que aí vem vai levar a algumas montras estilhaçadas e a algumas equimoses no focinho; e depois - com o apurar dos factos - ir-se-á tendo um quadro mais abrangente do esquema-calabrês do PS-socratino. Talvez se venha mesmo a pedir a cabeça (literalmente) da tralha política dos últimos 15 anos. Mas, tal como o caso Isaltino demonstrou até à náusea, nada lhes acontecerá.

Ass.: Besta Imunda

Alexandre Carvalho da Silveira disse...

E quem são? assim de repente lembro-me de tres: Prof José Reis da UC, Luis Nazaré, e Antonio Mendonça que antes de ser ministro das OP era presidente do ISEG. E o inefavel Boaventura SS, que gosta de opinar sobre tudo e um par de botas. Alem de mais umas dezenas que desapareceram da circulação. Deviam andar com a cara pintada de preto.

Anónimo disse...

É fácil. Tem "lá" como Secretário Estado quem as negociou do lado de lá. E se for à sede na Lapa de certeza se cruzará com os advogados que fizeram os contratos.

Mário Abrantes disse...

Não acredito. Passos ia acabar por concluir que o PSD é a mãe do Darth Vader.

AB disse...

As tretas deste depois das tretas do outro.

Penso que deviam acabar com o circo, sobretudo numa altura em que muita gente perdeu toda a vontade de rir!

A falta de rigor está-nos no sangue e este, como o outro, ainda por cima deixa sempre o nariz em casa.

Anónimo disse...

Foi a única frase de esperença que antevi no discurso do PM. Acho bem. Fundações, PPP, Universidades, Institutos, Hospitais. Espiolhem tudo, mas com consequências. Estou farta de pagar por decisões das quais não tive responsabilidade, nem fui ouvida. Se é por incompetência ou dolo, que assumam e paguem.

Ana

Cáustico disse...

Vejamos se Passos cumpre.