25.10.11

NEM DADO


Leio num rodapé televisivo que o sr. Blair vai aconselhar o Cazaquistão em matéria energética. O sr. Blair é uma personagem detestável que inspirou, nos idos de 90, a esquerda moderna pelo mundo fora. Era a "terceira via". Em Portugal, Guterres foi o epígono mais notável mas Sócrates e o seu "empreendedorismo" (ainda agora tão loquazmente explicado por essa mente brilhante chamada Paulo Campos) não lhe ficaram atrás. Encerrada a referida "via" com os custos que se conhecem, o sr. Blair decidiu tornar-se multimilionário à conta da sua própria caricatura. Como o mundo é cada vez mais menos exigente, há quem compre o sr. Blair e a sua falácia por alto preço. Por mim, nem dado.

10 comentários:

Anónimo disse...

Paulo Campos é um homem de grande amplitude teórica.

floribundus disse...

sempre pensei que foi um erro a queda da URSS.
a 'finança' europeia e dos eu e respectivos politicos criaram a actual catástrofe.
o toni dos bifes foi uma pesada herança desse período de transição.

feliz mente temos o passos
vamos longe

Anónimo disse...

Deus que nos dê um Blair, um Guterres, ou mesmo um Sócrates.

Nesta altura do campeonato qualquer trafulha é preferível a esta gente que não sabe o que é governar e trabalhar!

Estou-te a observar João Gonçalves! disse...

Prefere, de longe, os conselhos e ideias de Pedro Passos Coelho e de Miguel Relvas...já para não falar dos de Marco António Costa, não é verdade senhor assessor João Gonçalves?

PS- Apostei uma garrafa de Gin com um conhecido meu (e seu) em como este comentário vai ser censurado!

Anónimo disse...

Gostava de saber ao certo - em detalhe, para que se pudesse ver bem se terá havido alguma 'contrapartida marota' - porque é que a "Iberdrola" foi a correr buscar Pina Moura, o ex-comunista, o recente vira-casaca, o ex-ministro das finanças de Guterres, o beijador-da-mão-e-da-nádega de Stanley Ho, o macilento teórico, o incompetente rouco que fez parte do Bunker-Guterres e do seu holocausto orçamental - herança maior da 3ª Via à portuguesa. E ainda lá está, a receber...

Ass.: Besta Imunda

Anónimo disse...

...mas existem outras 'entidades', outras 'coisas', outros conjuntos de personagens cuja função - na nossa situação alarmante - pode (deveria) muito bem ser posta em questão, tal é a sua esterilidade e a encenação em que vive: o Conselho de Estado. O País-jornalístico (e não só) passou ontem, papalvamente, o final do dia à espera "da comunicação"; e do "resultado". Por fim, quando a coisa veio, teve o impacto de um figo mole contra um chão lamacento. Os conselheiros - 'agentes' por demais conhecidos - já haviam parlapatado as suas posições acerca da crise e de tudo o mais aos quatro ventos (benefícios das avenças televisivas); e conforme ontem alguém colocou "toda a gente já sabe o que cada um deles pensa e o que dirá". Acresce que alguns desses conselheiros são actores políticos recentemente envolvidos em polémicas e guerrilhas entre órgãos de soberania... Os outros (algumas múmias constantes da Galeria) são aquelas mentes lúcidas como Almeida Santos, Jorge Sampaio, Soares (quando devidamente alimentado), Meneses (de Gaia!!!), Alegre (a trombeta da madrugada)... Com gente desta é compreensível se se ouvir dizer "esse Órgão nem dado".

Ass.: Besta Imunda

sampy disse...

A história, aqui, não é Blair mas o Cazaquistão. Quem segue a Euronews não deixa de reparar nos frequentes anúncios de promoção deste país. A localização, o boom petrolífero, as reservas de urânio conferem-lhe um potencial tremendo. A acompanhar com muita atenção.

Fado Alexandrino disse...

O João Gonçalves deve ter-se rudi con gosto ao fazer com que o anonimo perde-se a garrafa de gin.
Espero que seja um Bombay Sapphire.

Anónimo disse...

Há mais casos destas "eminências" pardas in "high places"... Coelhone é o expoente máximo, mas há mais figurinhas, embora menos conhecidas. Especialistas disto e daquilo, do melhor. Só por terem sido "menistros", "sicretários" de estado ou "aceçores"...

PC

Anónimo disse...

BLAIR-ASNAR-BARROSO-BUSH.


Rothschild -tudo bons moços