22.3.11

O CHAPÉU DE TRÊS BICOS

Na tv estavam três comentadores. Dois deles são pessoas que muito estimo. A moderadora também. Antes de tirar o som, um dos que estimo estava a zurzir o PR. O outro fê-lo moderada e doutrinariamente, "inspirado" no "apelo angustiado" anti-catástrofe do seu velho amigo Mário Soares. E então tirei o som. Preferi o Manuel de Falla. A peça, toda, com Barenboim e Elisabete Matos.





3 comentários:

raisuna adimar disse...

entre cila e caribdis

escolhe-se marius


pois...silas deste mundo uni-vos

m disse...

Você desde que se fale menos bem do "seu" presidente, nunca concorda com ninguém, e esquece-se que um dos primeiros responsáveis pelo que estamos a viver é precisamente o "seu" presidente, pois quendo foi "seu" primeiro-ministro não teve coragem de efectuar as reformas necessárias que o país precisava. Sejamos honestos e verdadeiros com o passado, custe a quem custar.

Anónimo disse...

Já chega:
Nunca é o momento oportuno para derrubar este governo, porque colocou Portugal sempre com a corda na garganta. Falha metas que ele próprio estabelece; parece que mentiu nas contas que enviou a Bruxelas; temos mais desemprego, vamos entrar numa recessão económica, mais inflação, mais impostos, menor justiça social; menos investimeno público e privado, em menos de um ano apresentou um orçamento e 4 PEC´s um a rectificar os outros. Agora dêem-me uma boa razão para um simples cidadão como eu não achar bem a queda deste governo sem um mínimo de lamento.
Paulo Alves