30.3.11

OUTROS TEMPOS, OUTRA GENTE

Ao fim do dia, no Pavilhão Chinês, o José Medeiros Ferreira perguntava-me quais seriam os melhores cronistas de jornais que ambos conhecemos (e/ou lemos). Coincidimos em três nomes: Fernando Piteira Santos, Victor Cunha Rego e Vasco Pulido Valente. O Medeiros acrescentou Nuno Brederode dos Santos. Conversas entre o Medeiros e alguém que (cito-o da dedicatória nos estudos em sua homenagem) o "acompanha com a sua liberdade e a sua crítica neste (seu) "Longo Curso" de vida". Pode crer.

Adenda: O Medeiros participa numa "maratona" de comentadores da tvi24 escolhidos por Júlio Magalhães. Que os escolheu e que agora deixa a direcção de informação. No 1º painel está Santana Lopes que, se lhe pedissem para comentar o boletim meteorológico (e ele comentava), conseguiria lá meter uma bucha contra Cavaco. Alguém que o livre rapidamente desta doentia cretinice. Ou nos livre dele como comentador monomaníaco.

Adenda (do dia seguinte) : O "modelo" escolhido por Magalhães para se despedir não podia ter sido mais desastroso independentemente da qualidade de alguns participantes. Só a presença final (e fatal) desse sublime papagaio socrático que é Peres Metello era o bastante para estragar tudo. Imagino que nem o mais irrelevante a

13 comentários:

Anónimo disse...

Eu acrescentaria Alberto Gonçalves.

Mas isto já se sabe: em cada atoleimado como eu há um treinador de bancada.

João Gonçalves disse...

Mas esse praticamente "nasceu" agora. Como quase toda a gente. Cumprimentos.

Fado Alexandrino disse...

Que pepineira,
Vi dez minutos mudei para o Mezzo.

Santana é um cavalheiro! disse...

O Santana ainda não fez um centésimo do que o Cavaco lhe fez.

Ao menos, se registe a educação, a elegância do verbo e o fair-play do atraiçoado e ingénuo Santana.

floribundus disse...

Medeiros aprecia o cunhado.
sinceramento não aprecio por ser excessivamente sectàrio
sobretudo neste altura se acumula o lixo infecto desse lado do campo

Alves Pimenta disse...

A maratona foi um festival de patetice, com duas ou três excepções. Um vespeiro de comentadeiros da treta.
Deviam ser "dissolvidos" como o desgoverno do falso engenheiro, sendo que, para tanto, nem seria preciso reunir o Conselho de Estado: bastava uma boa dose de dundum.

Anónimo disse...

O Alberto Gonçalves não, mas o João Pereira Coutinho sim.

Cardume disse...

O Chico, O Manel, O Beto.

Negro disse...

Finalmente alguém predisposto a dizer "verdade" ao Sr. Lopes. Não são apenas as "farpas" anti-Cavaquistas, é o seu não entender de que foi mal nomeado, mal demitido e persiste em fazer um mau caminho político.

Cáustico disse...

Alguns dos presentes não teriam a minha nota positiva.
Mas o socialista de merda, Metelo, encheu-me: pela sua cretinice, pela sua bajulação, dou-lhe apenas 0.

Fado Alexandrino disse...

porque é o que as pessoas vêem já que não lêem jornais

Desculpe, totalmente em desacordo.
Não lêem porque não os podem comprar, basta ver a gulodice em todas as bancas com as pessoas paradas a ler os títulos.
Eu próprio, hoje apeteceu-me comprar "A Bola/SLB" para ler a crónica da Leonor e não o fiz.

Anónimo disse...

Concordo, gosto do Brederode, mas não ficava mal a Medeiros Ferreira dizer que são cunhados. Este país compreendia-se tão melhor com uns pozinhos de de genealogia.

Gallião Pequeno disse...

Uma pessoa sem qualquer dignidade e com a servidão de um animal doméstico só pode causar pena.