17.3.11

FARSANTES E ESQUIZOFRÉNICOS

Explicados às criancinhas e aos fanáticos cegos, surdos e mudos por Bagão Félix. «Se a situação é assim tão boa, está tão acima das expectativas com os tais 'superavits', então por que é que foi elaborado um PEC que também tem incidências em 2011 com um esforço adicional correspondente a 0,8 por cento do Produto Interno Bruto (PIB)?»

4 comentários:

GOD is writing in watermelons disse...

Num son farsantes
simplesmente massacraram a sua capacidade de auto-análise
THE MASSACRE OF THE INNER SENSE

é necessário para a progressão nos mecanismos partidários

Anónimo disse...

Isto é de ontem, do mesmo autor e com as mesmas carradas de razão.

http://ww1.rtp.pt/play/index.php?prog=2320#/?prog%253D2320%2526idpod%253D192089%2526fbtitle%253DRTP

Lamas disse...

Só se quiseram aprsentar em 2012 um superavit de 2%.
Se "eles" estão certos e este PEC é só por precaução, vamos ficar ricos num instante.
(Não me façam rir que tenho cieiro)

Cáustico disse...

Conhecem-se muitos casos de homens que não seguiram a vocação que lhes foi instilada na barriga da mãe.
Soube de um padre, não sei se bom ou mau padre, que tinha uma habilidade espantosa para a mecânica. Eram conhecidos os trabalhos de valor que tinha feito neste campo. E não deve ser o único neste país.
As mais das vezes, os desvios de vocações só apresentam inconvenientes para os próprios desviados. Não há terceiros a sofrer as consequências de tais desvios.
Mas, infelizmente, nem sempre assim acontece.
O canalha político, que conseguiu pôr as patas no poleiro da governação, é um exemplo de desvio de vocação que acarreta consequências desatrosas para os restantes cidadãos.
Tem de se reconhecer que o homem (o homem?)tem uma capacidade nata para a representação,o que lhe permite assumir todos os papeis.
Do drama à comédia não há quem o supere. Mas onde é mesmo bom é na farsa, como não podia deixar de ser, como farsante que é.