19.3.11

UM JANTAR COM PASSOS COELHO




Com manifesta simpatia, Passos Coelho convidou uma mão cheia de bloggers para jantar. Uns, da "casa", do PSD/JSD. Outros, antes pelo contrário (Ana Matos Pires ou Marta Rebelo). Alguns - Pedro Correia, Rodrigo Saraiva ou Fernando Moreira de Sá - "passos-coelhistas" convictos ou convictos "anti-pachecos" o que é praticamente o mesmo. Também estavam a Ana Margarida Craveiro e o Manuel Pinheiro, Paulo Guinote e um jovem "Aventar". E o meu amigo Luís Naves. Depois de descontada a inevitável langue de bois, interessou-me perguntar uma coisa a Passos e recordar-lhe outra. A primeira, se é certo que o PSD, em vez de "dar a mão" a mais PEC's unilateralizados por Sócrates, prefere estender a mão ao país recusando, de vez, a mistificação em curso em que alguns bonzos da direita alegremente participam. A segunda, foi alertá-lo para, em caso de eleições, estar preparado para o "número Eva Péron" que Sócrates irá perpetrar, descamisado e "defensor" daqueles cuja vida ele agravou enquanto "humilhados e ofendidos", contra a "ameaça liberal" e a "invasão estrangeira". Em cerca de três horas de conversa, Passos Coelho revelou-se alguém simplesmente tranquilo com a sua consciência e com aquilo que é decisivo fazer agora, sem tagarelices estéreis ou tergiversações e com um módico de realismo. É preciso começar a varrer Sócrates, esse perigoso erro ambulante colectivo, de uma vez para sempre das nossas vidas. E, depois do não de Passos, começar uma outra coisa qualquer.

7 comentários:

floribundus disse...

tem as vantagens de não ser aldrabão nem andar metido em neócios escuros e de ser honesto.
que se prepara para o cano de esgoto que lhe vão despejar em cima.

Fado Alexandrino disse...

alertá-lo para, em caso de eleições, estar preparado para o "número Eva Péron"

Não fui convidado com grande pena minha, ainda por cima moro a cem metros.

Pensem, repensem e tripensem nesta frase de João Gonçalves para não terem um grande amargo de boca.

Lura do Grilo disse...

Não se tem manifestado um líder firme e coerente.
Pode ser que ainda arrepie caminho.

jpt disse...

É preciso começar a varrer Sócrates, esse perigoso erro ambulante colectivo, de uma vez para sempre das nossas vidas. [sim, ele e os seus ..]}

António disse...

Andou a poupar na prenda das filhas e anda a gastar com os magalas.
Como não tem tomates não avança.

Rui Zeno disse...

Nesse jantar estavam também o exercito dos virtuosos dos Relvas, Marco Antónios e demais?

Ou será que está o virus esquerdista da esperança no amanhã radioso começa a contagiar algumas almas que considero, bastante, esclarecidas??

Anónimo disse...

O patego das 11:28PM trabalha para o SNASP.