21.3.11

O "NÚMERO"

Marcelo, ontem, explicou a coisa. Ninguém das "amizades" políticas europeias de Passos Coelho (e no poder nos respectivos países) andou histericamente a ligar-lhe para deixar passar o PEC socrático (como disse, o homem está sereno). Para além disso, a "componente FMI" já está presente, de há muito, entre nós. O que Sócrates vai fazer a semana inteira é um "número" inteiramente privado de autocomplacência. Que ninguém leve tal "número" a sério.

4 comentários:

Anónimo disse...

Entretanto na sala da comuna:
Socrates: Eu caio mas comigo cai o pais...
Sofocles: Oh pazinho, caido ja ele está!
Socrates: Eu saiu e entra logo o FMI.
Esquilo: OLha que o FMI ja ca esta!
Socrates: Piores do que eu outros virão...
Platão: Estamos cá para ver...
Aristoteles: Pior que tu não há.
Socrates:Se o governo cair é devido à irresponsabilidade da oposição.
Epicuro: Ja sabemos quem é o irresponsável.Quem não tem coração.
Socrates: Eu nao governo com o FMI.
Tales: Pois a redea é curta e a trafolhiçe é muita, muita, muita...
Plutarco,Parmenices, Heraclito,Empedocles e Anaxagoras (todos em coro) Vai, vai, vai , vai e nao voltes, tu e o socialismo de gaveta. ...eeeeeta.
Fim do 2º Acto. Intervalo.

Dias Santos disse...

Também apresentou uma "solução" para "isto" mesmo à Marcelo: "o PSD dexaria passar o péque" e o Desgoverno demitia-se em seguida".

Como se o péque fosse uma coisa boa que, se aprovado, ajudasse o País. E, por outro lado, como se o Grande Aldrabão não tivesse já ameaçado demitir-se (prometido demitir-se) se o péque não passasse. A solução win on win.

Anónimo disse...

Felizmente que há o Professor tudólogo! Sem ele andávamos, muito tontos, sem saber o que pensar...

PC

Cáustico disse...

Quando o canalha vier de novo com a choraminguice, com o alijar de responsabilidades para a oposição, principalmente para o PSD, o que o povo tem a fazer é dizer em uníssono, alto e em bom som: VAI Á MERDA.