15.3.11

NOTAS SOLTAS SOBRE A EMISSÃO ESPECIAL DO "PORTUGAL TEM TALENTO"




Cada vez que Sócrates fala no país quer dizer "eu".
Quando Sócrates usa o verbo "negociar" quer dizer "aquilo que eu quero".
"Cair em si", no calão socrático, quer dizer "fazer o que eu quero".
Sócrates vai fazer um auto-retrato, i.e., descrever uma crise política.
A especialidade de Sócrates - induzir o medo nas pessoas, atemorizá-las, "sem a minha extraordinária pessoa, f..... - se todos".
A alternativa, adivinhem, sou eu a mim próprio, diz Kim Il Sócrates.
A "defesa do meu país", no jargão socrático, significa a minha defesa.
"Eu tenho muitos anos de palco" e sofro de insónias, esclarece a fantástica pessoa.
"Não farei nada para provocar uma crise política" porque eu sou a personificação dela.
Sem a minha luminosa pessoa, o país fica "desprotegido".
"O quadro geral é muito difícil mas o quadro interno também é muito difícil", este graças, sobretudo, à minha refulgente pessoa. Também sou comissário europeu embora não se note.
Um líder para 1000 anos.O último líder que prometeu 1000 anos de poder acabou num bunker num estado lastimável. Tal como o país dele.

(notas no facebook ; o clip corresponde à reacção de Kadhafi, a partir do que resta da casa do mártir Mário Crespo, à performance do maior talentoso de Portugal)

Adenda: um leitor caridoso e sabedor, clarifica:

«Sobre a figura do "manipulador emocional" (Psiquiatria):

1. There is no use in trying to be honest with an emotional manipulator. You make a statement and it will be turned around.

2. An emotional manipulator is the picture of a willing helper.

3. Crazy making - saying one thing and later assuring you they did not say it.

4. Emotional manipulators fight dirty. They don’t deal with things directly. They will talk around behind your back and eventually put others in the position of telling you what they would not say themselves.
(Nota: Teixeira dos Santos foi hoje desmentido; não apresentou medidas definitivas, só linhas de acção a discutir; e não foi dito que o PR não foi isento no discurso; apenas que deve ser isento)

5. If you have a headache an emotional manipulator will have a brain tumor!

6. Emotional manipulators somehow have the ability to impact the emotional climate of those around them.
(Basta ouvir a comunicação do porta-voz de hoje à tarde)

7. Emotional manipulators have no sense of accountability. They take no responsibility for themselves or their behavior - it is always about what everyone else has "done to them". »

7 comentários:

Anónimo disse...

Sócrates em grande!
E aquele golo espectacular no último minuto quande dizia com cara de fera que não teria contemplações com os camionistas, a entrevistadora diz-lhe que estava naquele momento a ser informada que tinha havido acordo e acabara a greve.
Grande Sócrates e grandíssima Ana Lourenço.

Ana Cristina Leonardo disse...

Eu sempre disse que o tipo era maluco (daqueles com papel passado)mas ninguém me quis ouvir na altura

Anónimo disse...

Ainda houve quem se dispusesse a ver a "inter-vista" do ranhoso? Merecem o reino dos céus...

Por este post, bem feito e longo, o JG merece também o reino dos céus... O assunto do renhoso é uma coisa que já chateia, pá!... Se não for para o correr "very, very soon" e com ovos e tomates é melhor ignorá-lo.

PC

Anónimo disse...

Só posso desejar ardentemente que no PS queiram apresentar de novo como candidato a PM essa grande figura, secundada por grandes figuras como Silva Pereira, Santos Silva, Lacão, Capoulas Santos, Edite Estrela e assim.

Força, camaradas!

João Gante disse...

Os novos assessores de comunicação, antes ministro e secretário de estado das finanças (parece que já não precisamos dos cargos porque não temos as ditas finanças mas uns destroços), já vieram usar da guerra psicológica assumida ontem - mas utilizada desde a reeleição - para culpar a oposição pela machadada da Moody's. Esta gente devia ficar o resto da vida a pagar uma indemnização ao país dos seus ordenados.

JSP disse...

O Discurso do Filho da Puta - e não, o Alberto Pimenta não tem nada a ver com isto...

Cáustico disse...

Ao ver toda esta bestialidade governativa e toda a imbecilidade dos governantes, ocorre-me perguntar: mas o povo não consegue aperceber-se do que se está passando, perdeu a capacidade de discernir? Será que além do seu dinheiro também já lhe chuparam a massa encefálica? Se se caminhar para aí, ainda quero ver o resultado das próximas eleições.