2.3.11

JOSÉ ANTÓNIO PACHECO COSTA PEREIRA

Um novo "híbrido" na vida pública nacional - é disto mesmo que andávamos precisados, de "híbridos" e de carrinhos eléctricos - visto pelos "amigos de Peniche". Estamos sempre a aprender neste admirável mundo das "novas oportunidades". Estes "momentos avatar" do JPP (porque, noutras pessoas, são triviais) trazem-me à memória uma coisa que me disse, na tropa, o saudoso T-C Henrique Quintanova. Um famoso militar norte-americano, questionado sobre alguém próximo denotado como "fdp", respondeu que esse próximo até podia ser um "fdp" mas era o seu "fdp". Aprendia-se muito na tropa.

Adenda: Dito isto, também suponho que o governo pode cumprir a legislatura. Há para aí uns quantos posts atrás que o escrevi. Mas por causa das circunstâncias ocorrentes (um termo de Salazar) e não por nada de especial relacionado com a "situação" ou com a "oposição". Supor isso, porém, não é desejar isso.

Adenda (de dia 3): Dito ainda isto, é, de facto, pouco.

9 comentários:

Anónimo disse...

Pacheco Pereira tem razão.

Aqueles bebezões que tomaram conta do PSD foram muito mauzinhos com a Drª MFL e até mesmo com o JPP.

Já ninguém se lembra dos Marques Lopes, dos CAAs, dos Relvas, e principalmente do Sr. dos Passos que tudo fizeram para descredebilizar a liderança anterior do PSD e dar gás ao Socretino?

JPP sabe perfeitamente que o actual PSD nem capacidade tem para gerir a Junta de Freguesia de Massamá!

floribundus disse...

aos comunas envergonhados
o social-fascismo acompanha-os pela vida fora
sampaios, zitas,magalhães, sinistra ministra, alçadas ....

Anónimo disse...

Eu só quero o dito cujo no olho da rua, e com estrondo! Este bandalho tem que ser corrido. Pode ser o Passos, o Pacheco, a Manuela, o Rio, o Portas ou o Santana a substituirem-no. Por mim, até o Jerónimo fazia melhor trabalho... Ao menos é honesto, dentro daquele pensamento anquilosado!...

PC

Anónimo disse...

Acho que ele devia ter dito tais coisas na quadratura dos pândegos, abraçadinho ao admirável Costa, como nas eleições para Lisboa...

João Gante disse...

Também dou razão a Pacheco Pereira mas a notícia dos 12 mil milhões em cimento até 2015 faz-me ponderar seriamente. Neste governo há material para dar que fazer a muito psicólogo desempregado...

Anónimo disse...

Para enfrentar a situação calamitosa do país - fabricada com dedicação burlona por pinto-de-sousa nos últimos 5-6 anos - não há partido, coligação, associação, irmandade que possa dizer "que está preparado". É verdade que o PSD, desorganizado, famélico e recheado de amadores, se encontra também exposto a comentários e tem dado, nos últimos meses, alguns danosos e ridículos tiros-nos-pés. Santana e Pacheco - como é sabido -têm ambos muito de franco-atiradores; não sendo parvos são todavia susceptíveis de ceder ao orgulho, à preguiça e à inveja; principalmente porque têm meios e tempo disponível para isso. Nada de muito novo. Chocantes são (nunca tinha perdido muito tempo com eles) os comentários de muitos "leitores" da Câmara Corporativa, num apoio estúpido e rafeiral ao grande-líder: poderão ser todos autênticos?!?! Será que as equipes de capachos-informáticos do governo não estão a ir ridiculamente longe demais? fazem lembrar as divagações do Coronel Kadahfi.

Ass.: Besta Imunda

Anónimo disse...

Ao que parece, José Sócrates já está a ser a estrela internacional de créditos firmados que sempre sonhou, e já tem "nome": http://cachimbodemagritte.blogspot.com/2011/03/socrates-o-aldrabao-um-ponto-de-vista.html

O país que o sustentou merece-o de cima a baixo.

Miguel Dias disse...

Anónimo das 9:56 disse"Já ninguém se lembra dos Marques Lopes, dos CAAs, dos Relvas, e principalmente do Sr. dos Passos que tudo fizeram para descredebilizar a liderança anterior do PSD..."

Se relativamente a Passos Coelho ainda se aceita esta afirmação, pois o Marketing pessoal do referido implicava um confronto de estilo com Manuela Ferreira Leite, já relativamente às outras personalidades - Marques Lopes, CAA, Relvas - é totalmente FALSA a afirmação. Terá porventura o Sr. Anónimo algum ajuste de contas - pessoal ou profissional - a ter com as personalidades por si mencionadas ou é mero azedume.
E porque não mencionar a principal personalidade que atacou, abertamente ou à socapa, a Dra. Ferreira Leite: o Dr. Pedro Santana Lopes.

João Sousa disse...

Para estas planárias abrantinas, qualquer pessoa do PSD (no caso, Pacheco Pereira) que critique o partido é automaticamente digna de elogio por pensar pela própria cabeça. Qualquer pessoa do PS que critique o partido (como Carrilho ou Henrique Neto) é automaticamente um pulha, parasita e rancoroso.

Francamente, há muito que deixei de ler as atoardas desta gente (e do valupi, e etc). Agora, quando me deparo por acidente com um texto deles, coloco-o imediatamente no lugar devido - e puxo o autoclismo.