11.11.09

GANHAR E PERDER


Reparamos na fotografia e vemos um homem bonito, sorridente, aparentemente feliz. Não sei falar do suicídio. Nem acredito que a única questão filosófica seja o suicídio porque não acredito que "questão filosófica" seja uma questão filosófica. Acredito, porém, no desespero, na derrota e em Deus. No prato da balança, se o último não ganha, nós perdemos sempre.

17 comentários:

joão da câmara pereira disse...

é engraçado que na sua equação, se estivesse um Saco De Batatas(por exemplo) em terceiro lugar, se este não ganhasse nós também perderiamos sempre.

pessoalmente, deixei de acreditar em qualquer dos três. Mas compreendo que seja frequente uns levarem aos outros, infelizmente.

Merkwürdigliebe disse...

"You can shine your shoes and wear a suit
You can comb your hair and look quite cute
You can hide your face behind a smile
One thing you can't hide
Is when you're crippled inside

You can wear a mask and paint your face
You can call yourself the human race
You can wear a collar and a tie
One thing you can't hide
Is when you're crippled inside."

rouxinol de Bernardim disse...

Seria uma aceleração brusca e espontânea do motor? Será que carregou no pedal do acelerador quando pretendia carregar no travão?!

Cheira-me a companhia de seguros a querer fugir com o rabo à seringa!

Como é possível estar dentro do pensamento do atleta no momento?!
Pode ter sido uma precipitação, um acidente técnico, apenas...

Anónimo disse...

O primeiro comentário de um tal “pereira” é uma sandice própria de uma cabeça oca o que, aliás, não espanta atendendo ao retrato nojento que ostenta. Como é que o caro João aguenta esta gentalha?

joão da câmara pereira disse...

"Quando um Homem aponta a lua, o imbecil fica a olhar para o dedo."

Como é que o caro João aguenta esta praga, os 'sine nomine vulgaris'?

Karocha disse...

Pois! JG
Complicado.

Anónimo disse...

Oh, pereira não se irrite. Quer um nome? Pode ser “Bruno Vanderlei” para ficar ao nível do seu gosto? Quer o BI? A vacuidade do seu comentário está ao nível da nojenta imagem que exibe. Preocupe-se lá com o Tony Carreira, o último livro do José Rodrigues dos Santos, e o sucesso do Benfica, que são coisas adequadas à sua “profundidade” e raciocínio.

Ricardo disse...

Sim, sem qualquer dúvida. A nossa vitória depende da vitória Dele...

Abraço

Ricardo

Alves Pimenta disse...

Não se incomode, caro Anónimo. Trata-se apenas de mais um imbecil (ainda por cima, presumido: usa, com erros, um Latim cujo significado desconhece).

Anónimo disse...

Volte a Camus. Ele que esteve na sua vida com a presente e insistente contingência da sua morte.
Pare na “Morte Feliz”.

Cumprimentos

Vitor Candido José

joão da câmara pereira disse...

senhor Vandy,

vou tentar expor as minhas ideias em forma de comunicado, com pontos numerados e tudo. na melhor das hipóteses aqueles símbolos que designamos por números só lhe vão fazer aumentar ligeiramente a confusão com tanta coisa nova.

1 - se tivesse um bocadinho mais tempo para si até me preocupava em desmontar o seu comentário. sabe, são muitos dias a "virar este tipo de frangos" nas caixas de comentários. primeiro começa a desprezar-me o nome 'um tal de pereira', truque barato e insignificante, nem cuidando que se pode tratar de um nome falso. mais tarde utiliza o típico argumento do nervosismo/irritação. limitei-me a fazer uma citação que se aplica totalmente à sua opinião e nos mesmos moldes da que fez anteriormente, coisas simples e curtas. logo não faz muito sentido que esteja irritado, mas veja que o senhor optou por me soterrar de vitupérios e pouco ou nada disse sobre as minhas frases. o que é isto senão irritação?

2 - encontro Aí também outro fenómeno, o fenómeno "quero ser joão gonçalves", na linha do filme do sr. Jonze. ou seja, em Roma está a tentar ser mais romano que o residente. isto é, deixa-me cá tentar fazer comentários mais ácidos que o autor de um blogue suficientemente ácido. infelizmente, o autor do blogue não é triste ao ponto de começar a escrita pela pessoa em si apenas.

3 - Qualquer comentário sobre o vazio da minha cabeça só é válido quando dito em minha casa.

4 - Tenho pena que o moderador deste blogue, ao contrário da imagem do autor, tenha autorizado este tipo de 'chinfrim', em que de um lado está uma opinião pessoal(má ou péssima) e de outro está...humm...deixa cá ver...nada(mesmo que podendo estar mais alinhado com o sentido da sua opinião).

5 - espero que não seja católico porque nesse caso terei que lhe sugerir que releia aquela parte conhecida como '70x7'. mas isto, só depois de resolver o problema que também deve ter com os símbolos descritos acima, claro. a menos que faça parte do clube 70x7=0 que se irritou com uma simples opinião como tantas outras de um escritor famoso. nem chegando a defender o que confessam.

6 - Não evocar o nome do Benfica em vão.

7 - Em relação ao que disse(a primeira parte com uma pinga de humor tal como a minha photo, senhor Guarda), tenho pena que não perceba um bocadinho de lógica porque assim não lhe consigo explicar que o autor do post fez uma associação lógica entre três coisas, uma Boa e outras duas Más e como é óbvio, num conjunto de três coisas em que duas são Más e uma é Boa, se não ganha a que não é Má, coisa Boa não se pode esperar.

8 - Não levantar falsos testemunhos.

9 - Não irei voltar a esta caixa de comentários; ter que meter a roupa a arejar um dia inteiro é um castigo.

10 - tudo de bom,


obrigado,


jorge

Anónimo disse...

É um caso triste.
Por mim, até admito que Deus tenha ganho. Mas é triste.
Também são tristes os comentários disparatados que se escrevem.

Fado Alexandrino disse...

Como é que o caro João aguenta esta gentalha?


João Gonçalves fez muito bem em não cortar estes comentários.
Assim percebe-se muito melhor Portugal e porque é que estamos onde estamos.
Já agora juntou-se ai o Benfica a outras coisas.
Confesso, não gostei.

Anónimo disse...

Com que então a alimária dá pela graça de “Jorge”, não é João nem anónimo, é Jorge. Volte lá para o esgoto com o seu lastimável português das “novas oportunidades”. Volte para o pardieiro com o seu e “raciocínio” asinino dominado pela lógica das “coisas boas e más”. O seu pequeno mundo resume-se a raciocínios pueris. Vá lá entreter-se com o resto da corja das novelas, dos “futebóis” e das “novas oportunidades”que é gente do seu nível. Vá e atinja o seu máximo esplendor gritando pela agremiação que eleva ao nível do sagrado. É o zénite da sua vida rasteira. Vá e não volte, pois fede, e muito.

Karocha disse...

Estou de acordo consigo Fado.
É um tema que me incomoda,ainda na semana passada estive a conversar, com um amigo psicólogo sobre ele e tudo porque outro amigo jornalista estava a fazer uma pesquisa sobre o assunto e tendo em conta que na família do meu ex. foram 3 no espaço de um mês e a minha falecida sogra comprou um livro sobre o tema, quando soube que tinha um cancro terminal!
Para mim é um tema muito denso e complexo.

Anónimo disse...

Errata:" Volte para o pardieiro com o seu “raciocínio” asinino(...)"

Raquel disse...

Ehehehe...
Confesso que esta zanga entre "comadres" consegiu proporcionar-me momentos hilariantes...