26.10.10

A LUTA CONTINUA (act.)


O Chefe de Estado apresenta hoje ao fim do dia a sua recandidatura a Belém. É, naturalmente, o meu candidato. São vinte e cinco anos de lealdade política que nenhuma insatisfação de circunstância pode apagar. Depois da vitória de 2006, escrevi no Independente que «a sua eleição teve um significado pedagógico importante». Porquê? Porque representou a derrota de um insuportável paternalismo jacobino que ainda persiste na sociedade portuguesa e dos propósitos de infantilização da opinião pública com estafadas ameaças, insultos gratuitos (em poucas horas, alguns comentários néscios a este post, remetidos ao lixo de onde vieram, apenas o confirmaram) e propaganda falaciosa. A sobranceria de muita gente acerca de tudo e de todos, particularmente em matéria de subtileza "cultural", teve a resposta que merecia - desintoxicadora, verdadeira, séria. Voltará a ter. A luta continua.

16 comentários:

floribundus disse...

a 'subtileza intelectual' deste fascismo
encontra-se bem expressa na canção
'qual é a tua ó meu?'

recebe o meu voto na escola António Feijó
em São Domingos de Benfica
às 14 horas

Eduardo F. disse...

Sócrates para a rua!

Anónimo disse...

O jg desculpa lá pá, mas seria de estranhar se cavaco não fosse reconduzido: é que ele está a concorrer contra romeiros.
"quem és tu romeiro?"-" Ninguém"
É um imenso deserto de nomes, posições e ideias.

Anónimo disse...

Até que não é grande a mentira que estas linhas exportam para os menos atentos. Paternalismo jacobino?? Até pode ser, mas que todos nós, tirando algumas infelicidades, devemos mais a esse jacobinismo que a este atalho para uma perspectiva miúda de um "ser" político que retira do catolicismo as pedras com que enche os "cabocos" da sua atitude perante os outros.
O problema é que todo este olhar do autor do blogue tem como azimute aquilo que hoje é o PM para a sociedade portuguesa. E está errado!
Sócrates é um fazedor de deserdados a prazo, que, por causa desse medonho calendário, tem uma comandita de gentinha pequerrucha a pelear por mais um tempinho de chucharia. Com este resultado que está à vista.
Quanto ao resto, o tal de paternalismo jacibino... ora, deixe lá ver... é só fazer as contas! Mas tem de ser de cabeça, porque para estas exigências, não há calculadora portátil.
Porque não há maior disparate que pensar que aquilo que está a decorrer na AR, entre Catroga e Teixeira dos Santos-Lacão, é um pedaço dessa guerra entre os jacobinos e a pediatria apostólica.
Não é, o que ali se passa é uma guerra de generalidades que vão da clara falta de fé na farmacopeia moderna e um certo não-se-que-fazer-mas-pode-ser-que-corra-bem!

O resto, a eleição presidencial, ao que corre Alegre, o que espera Cavaco... pufff!!

São de medo os dias vindouros. Mas cuidado, porque um lusitano com medo encolhe-se, muitos lusitanos com medo... esbracejam!

Rita

Luis Moreira disse...

Sempre Galiza e Ricardo Carvalho Calero:http://estrolabio.blogspot.com/2010/10/sempre-galiza-por-pedro-godinho.html

Cavaco Silva ganha, sobra-lhe a ética que falta a quase todas.

Anónimo disse...

«(...)devemos mais a esse jacobinismo que a este atalho para uma perspectiva miúda de um "ser" político que retira do catolicismo as pedras com que enche os "cabocos" da sua atitude perante os outros (...)».

Desculpe Rita, mas pode traduzir a coisa ?

Aires Vilela disse...

É também o meu candidato.
Felizmente, tenho a tarefa facilitada: que eu saiba, não concorre mais ninguém.
E, como as coisas estão, tenho para mim que o próprio, ao concorrer, o faz por se sentir nesse dever para com o País.
Por mim, não o faria, tenham lá santa paciência. Era só o que faltava.

Anónimo disse...

muitos dizem que o OE e mau mas tem que passar. O Mario Soares diz mais "embora mau ou mesmo muito mau deve passar para continuarmos a obter emprestimos".

Afinam quem sao os burros no meio disto ? Eu? Os gajos do PSD? O PR ? O Portas? ou os gajos que nos fiam ? Tudo me parece anedotico...

Anónimo disse...

Não me surpreende que cavaco ganhe. Não considerando o candidato do PCP, que desempenharia o cargo com muito mais sabedoria e sensatez, os outros (nem todos juntos) não reúnem as mínimas condições.

www.angeloochoa.net disse...

J.G.:
Pese embora a muito serôdio esquerdismo (sinistro), Aníbal Cavaco Silva tem a rara humanidade de ser humano e compreender as humanas limitações nossas e dos nossos contemporâneos. Isso que só se bebe do vero e chão contacto com o humano real português, coisa que naturalmente lhe advirá do terreno Poço ou Fonte de Boliqueime. E querem melhor escola? Da minha avó, a quem, por lidar sempre, nunca ouvi uma só palavra, colhi eu idêntica lição vivida.
Abraço-o, desconhecido,
Ochoa

Garganta Funda... disse...

Segundo o FMI, citado pelo «El País», Portugal «foi só» o 3º país do Mundo (entre 180!!!) com menor crescimento acumulado nesta última década.

Atrás de Portugal, só a berlusconiana Itália e o martirizado Haiti!

Não restam dúvidas que Portugal, agora sim!, precisa dum Presidente que perceba de «economia e finanças» já que até agora não o teve....

Licurgo disse...

Cavaco ganha, é um dado assumido.
Espero que, após a reeleição, use o poder que a Constituição lhe dá para correr, finalmente, com a corja socretina daqui para fora!

Mani Pulite disse...

CAVACO FARÁ UMA CAMPANHA COM ELEVAÇÃO.ALEGRE JÁ ESTÁ A FAZER UMA CAMPANHA COM BAIXARIAS.

Anónimo disse...

A campanha de cavaco é a mais alegre.

Anónimo disse...

Os poderes do Presidente estão muito longe da suficiência para imprimir um cunho regenerador aos executivos. Cavaco Silva, na apresentação da sua candidatura, não foi portador de um novo projecto constitucional e sistémico e se calhar nem poderia sê-lo. É o próprio sistema que produz o que está e o que quer que seja que venha e que já estamos a ver vir. Sempre a mesma merda. Esta democracia é uma porcaria.

Anónimo disse...

Ora venham la mais 5 ....Uns recaditos e com vastos conhecimentos ca veremos o resultado da continuacao...