31.10.10

A CANDIDATA 13


Os brasileiros, em muitos casos uma degenerescência do pior que já cá havia, preparam-se para eleger a D. Dilma para suceder provisoriamente a Lula, um epígono exemplar das esquerdas mundiais depois do fracasso de Obama, fatalmente remetido à sua condição de presidente do Império guerreiro e falido. A D. Dilma é um produto da esperteza fria de Lula e do seu Ptismo populista e, grosso modo, corrupto, Politicamente é um zero, uma invenção destinada a falar pelo outro e a exibir o outro por interposta pessoa, uma coisa tipicamente latino-americana, um upgrade da endogamia monárquica. Quando acordei, a antena1 - tão regimental lá como cá - começava as notícias não apenas com a abertura das urnas no Brasil mas com a vitória anunciada da candidata 13. Sorte a deles, azar o deles. Aquilo só mesmo para sol, mar e alguma literatura ou música. O resto é lixo.

22 comentários:

Anónimo disse...

Chegam notícias que, com Lula, o Brasil encontrou o bom caminho, avançou, e destacou-se em relação aos que persistem no velho modelo e na velha aliança.
Porquê não votar na continuidade da política do Lula?

Porquê insistir no voto em Cavaco?
Se o Estado de Direito é condição "sine qua non" para o Portugal que desejamos; se o Presidente é suposto ser o principal garante do Estado de Direito; então somos forçados a concluir que Cavaco é a negação absoluta do que devia ser, a negação do Presidente que Portugal precisa.
Nunca o Estado de Direito caiu tanto, como nos anos dos seus mandatos!
E alegadamente, a bem da estabilidade!
Onde está a estabilidade?
Onde pára o Estado de Direito?

Anónimo disse...

Retrato objectivo de um povo/país que é um exemplo perfeito do ditado "QUEM SAI AOS SEUS NÃO DEGENERA"!

Anónimo disse...

Os Governos só são um desastre se fizerem alguma coisa. Se a Dilma for uma nulidade e nada fizer é o melhor que pode ter acontecido ao Brazil.

lucklucky

joshua disse...

Eu diria algo semelhante, mas com mais amor pelo povo brasileiro.

Anónimo disse...

E o choco da silva até no dia da votação não se coibiu de criticar Serra e elogiar a sua afilhada.

Se isto aqui é o terceiro-mundo, lá deve ser o quinto ou sexto...

Fado Alexandrino disse...

Os brasileiros, em muitos casos uma degenerescência do pior que já cá havia

Gosto muito de o ler, para evitar que nos deixe será melhor quando for à Costa de Caparica levar óculos escuros

Anónimo disse...

O problema é deles. E não será o nosso se se cumprirem os numeros establecidos de entradas, vistos e etc. A ideia de pais irmão devia acabar ás portas do serviço estrangeiros e fronteiras,pois cada brasielro para entrar como turista devia ter de fazer um deposito de Xmil euros,quantia igual ao bilhete de regresso.

AN disse...

Meu caro senhor.
Não faço a mínima ideia se irá publicar ou não o meu post.
Mas irá lê-lo pelo menos.
Tendo nascido no Brasil há 40 anos e a vier neste país de metidos a importantes, e esgoto da Europa há 24, gostaria de lhe endereçar umas palavras porque, quem não sente não é filho de boa gente.
Costumo vir ao seu blog por que acho que o seu comportamento rebelde e politicamente incorrecto até tem a sua graça neste país de carneiros.
Mas na verdade rotulo a si como de uma prepotência que cheira a repugnância. Com que autoridade reputa que o que há mais no Brasil é lixo? Talvez por ter sido colonizado por Portugal. Se conhecesse bem a génese e a história Brasileira perceberia alguns traços da personalidade das suas gentes, que são bastante distintos dos pensar e agir de muitos Portugueses. O humanismo e a simplicidade são alguns deles. Bem diferente deste país de doutores frustrados e com mania de importantes. Mas que no fundo não têm onde cair mortos. E a quem não resta alternativa senão passar a vida a mendigar migalhas na Europa para evitar a morte por indigência.
Embora não goste de Lula, e reconheça que há muitos motivos de anedota em tudo o que se passa no Brasil, tendo lá vivido até os 16 anos tenho autoridade para perceber as razões do seu sucesso entre a população mais humilde e carente. É que o povo não quer saber daqueles políticos oriundos do clube dos eleitos da sociedade, que não têm muito a oferecer além da sua arrogante intelectualidade. O Lula deu-lhes de comer e vestir. Coisas básicas que foram negadas durante muitos anos.
Realmente há cada coisa. E eu que passo a vida a acusar os Brasileiros de complexo de colonizado. E a defender e tentar justificar os lados positivos da colonização Portuguesa.

Anónimo disse...

Acontece é que pelo salario minimo, ou perto dele o portugues não quer trabalho. E os empregadores e patrões sem escrupulos,exploradores de infelizes, empregam mão de obra não legalizada explorando por vezes pessoas que só procuram uma vida melhor, pagando muito abaixo dos valores establecidos, fomentando assim os ilegais.

Anónimo disse...

Ao anónimo das 9:39
Veja lá se adoptam a sua sugestão do outro lado e devolvem à procedência os milhões de Portugueses e descendentes que lá vivem

Anónimo disse...

"O Lula deu-lhes de comer e vestir. Coisas básicas que foram negadas durante muitos anos."

Hahaha hilariante para Brasileiro você não parece conhecer o Brasil.
O Brasil só está bem agora porque uma lei combatida por Lula, pelo PT e por toda as esquerdas mais a direita do clientelismo, chamada Lei da Responsabilidade Fiscal "Neoliberal" fez com que os Políticos não possam roubar as poupanças e a criação de riqueza dos brasileiros com Inflação.

E o Brasil poderia estar muito melhor sem Lula e sem os tradicionais políticos.

Pois quem cria riqueza é o Brasileiro não é o sr.Lula, nem o sr.Serra, nem a sra. Dilma.

lucklucky

Anónimo disse...

Para o anonimo das 10.00, Lê lá outra vez, sem te precepitares: os que entram com passaporte de turista e sem bilhete de regresso.
Não falei nos legais emigrantes.

Anónimo disse...

Para o zuca das 9.57: A politica é sempre lixo em qualquer parte do mundo.Acho mesmo que apesar de ler portugues não sabe é interpretar o que lê.E nós tugas,só podemos apreciar o que chega até nos á luz das da nossa realidade.
Como dizia o Fernando Pessoa,o brasileiro é um portugues à solta...agora não te prendas a más interpretações.

ag disse...

portugal dos pequeninos. tristeza.

Anónimo disse...

A Embraer, as empresas de electrónica e de Defesa que lhe são subsidiárias, a indústria pesada, a construção naval, as transferências para o Brasil de tecnologia da Itália e do Japão e de outros países mais avançados: isto são as coisas que permitem e permitiram (entre outras) tornar o Brasil um país grande - mas não se devem ao sr. lula, pois são MUITO anteriores à sua chegada ao Planalto. E depois a dimensão (enorme) do país, as suas riquezas naturais. E O PETRÓLEO. Sem tudo isto o lulismo-quinquenalismo-venal estava a dar ao povo apenas latas de atum, importadas a baixos preços de Portugal.

Ass.: Besta Imunda

Anónimo disse...

Disse Eça:
" Os brasileiros sofrem dos mesmos males que os portugueses só que dilatados pelo calor"

Ass: Romão

Marcos Paulo Steklain disse...

Muito do lixo que o ilustre e provavelmente onisciente e sacrossanto - pois como tal deve considerar-se - redator deste enfadonho e inócuo blogue que para nada mais serve a não ser para destilar o veneno intoxicante de seu autor, devo dizer, perdoe-me o português patriota que ler esta mensagem, foi-nos legado justamente por Portugal, o mesmo Portugal que hoje rasteja aos pés do FMI como um mendigo esfomeado e esquálido, tendo de comer da bacia das almas , agora não sendo nada mais que uma espécie de protetorado da União Européia. Vícios estruturais da vida política nacional do Brasil têm, forçoso é dizê-lo, uma raiz legitimamente lusitana, pois embora vocês jamais o admitam, pois são orgulhosos demais para fazê-lo, um orgulho tolo, frise-se, tendo a cabeça cheia de vento como têm, foi realmente a colonização portuguesa a maior e mais cruel tragédia histórica que se abateu sobre o Brasil. Vocês exploraram-nos até o tutano dos ossos, rasparam até o fundo do cofre, deixando-nos na mais absoluta bancarrota e o mais trágico (ou seria cômico?) é que sequer souberam aproveitar-se adequadamente das riquezas que nos roubaram, dilapidaram-na, reduziram-na a pó, pois veja a situação que vocês enfrentam hoje, nem os agiotas do FMI querem contato consigo.
Perdoe-me por chocar sua sensibilidade patriótica a tão elevado grau, mas o fato nu e cru é que vocês nos criaram e fizeram de nós o que somos hoje e se o Brasil é um lixo como o senhor tão sabiamente afirma, é o resultado direto do emporcalhamento feito por Portugal. E se o Brasil é um lixo, posso dizer, como João da Ega: "Portugal é uma choldra".

Pós-escrito: Não sou nem nunca fui partidário do presidente Luiz Inácio e seus asseclas esquerdopatas, também fiquei profundamente consternado e decepcionado com a vitória da Guerrilheira Mor mas é como diz o ditado: "a cada um a sua cruz", nós temos Dilma Rousseff, vocês têm José Sócrates. Quem está pior na fita?

Anónimo disse...

Cá e lá, lá e cá ... todos iguais, todos farinha do mesmo saco (que de tão antiga já com bicho). Os compadrios cheiram sempre mal, independentemente da nacionalidade que tenham ... e no bater da onda quem se fode é a lula ... ou será o mexilhão que é menos esperto do que a lula?

Assino embaixo. O resto é lixo e lixo dos grandes porque quem diz amen à corrupção, à roubalheira, à esperteza saloia (ou brazuca) não presta para nada. Esta carneirada, tuga e brazuca, nem boa lã dá.

Colonos e colonizadores nunca fizeram grandes histórias ... apenas historietas ...

Passem bem.

Anónimo disse...

toda esta merda de comentarios mostram bem os grandes problemas destas gentes. Coisa de putos, coisas de benfica-sporting-porto...enfim ...a merda e igual a de sempre...cambada de douturecos e demais complexados com cerca de 20 milhoes de telefones celulares e com o record da maior sardinhada mundial...

Anónimo disse...

Caro Senhor, quem não sente não é filho de boa gente.
Não gosto da esquerda, não voto na esquerda. Mas meu país votou, e escolheu em liberdade a Srª Dilma, para o bem dos meus, de mim e do resto dos Brasileiros, sorte e que Deus a oriente.
Vivo aqui, por obrigação profissional, meu coração está lá! No entanto relembro que só somos a 10ª potência mundial, nossos níveis de crescimento económico e de aumento de renda são muito superiores ao da Europa. Nossa formação Universitária e produção cultural estão crescendo. E se o português tem o valor que tem é por nós.
Nossas forças armadas se estão equipando e a marinha nacional e cientistas brasileiros desenvolveram um reactor nuclear para nosso 1º submarino nuclear.
O lixo empresta dinheiro ao FMI e apresenta contas limpas!
No Brasil o Católicos praticam e enchem as igrejas, faça como eu e vá as missas em Portugal, dói o coração ver velhinhos sós e o resto do templo vazio.
Me perdoe, mas se pode ser mais educado.

Anónimo disse...

Xingu, Xavante, Tupi e outros. Além desta sossegada gente pré-existente, nada lá havia mais (além da Natureza poderosa e rica). Portugal não colonizou nada no Brasil porque nada lá existia como estrutura ou sociedade organizada a derrubar, dominar ou modificar. Portugal POVOOU com escravos africanos, brancos pobres e condenados, soldados analfabetos, bandeirantes e mercenários, gente fugida ou mandada para o degredo; e pouco explorou, pois não havia indústria extractiva ou qualquer outra - tendo retirado em ouro e pedras uma ninharia que nunca deu senão para pagar parte dos juros das nossas dívidas entre os séc XVII e princípios de XIX. Além de "nós" também lá andaram holandeses, franceses e outros (a lista seria interminável). Recentemente até o Japão se transformou em 'fonte de povoamento do Brasil'. Deixem-se pois de queixinhas e parem com as desculpas da "herança colonial"; até porque, como sempre, a desonestidade intelectual e os complexos levam os brasileiros a referir as coisas boas que têm como mérito próprio e as coisas más como culpa de Portugal e da colonização. Angola e Moçambique é que ainda estão nessa. O Brasil (e os brasileiros) já deviam ter superado isso. A corrupção e a baixaria que têm são vossas e só vossas - genuinamente. Quanto às nossas dívidas, não se ralem: estamos habituados há séculos a contraír o que não podemos pagar.

Ass.: Besta Imunda

Anónimo disse...

O Brasil foi uma mulher que teve relações com muitos homens. Portugal só perfilhou no registo...