9.2.09

"CHAPEAU", MÁRIO CRESPO

14 comentários:

Epaminondas disse...

Tem piada.Li o artigo e vinha com o intuito de lhe chamar a atenção,uma vez que lhe demos cabo do canastro recentemente,criticando justamente a sua colagem ao poder maléfico da corja socretina.

Se bem se lembra o jornalista (volto a acreditar que o seja) respondeu e pelos vistos algo mexeu com o seu brio.
Quem dera que os outros pigmeus da comunicação lhe seguissem o exemplo...

Anónimo disse...

Directo, sem análise pessoal e apenas factos

excelente

David Oliveira disse...

Não se iluda, meu amigo. Não se iluda!
Não lhe deu nada.
É só a fazer de conta.
Se por acaso lhe tivesse dado alguma coisa não teria, o Mário Crespo, na entrevista que deu há duas semanas atrás afirmado o que afirmou. Não pelo que afirmou já que cada "besta" de deixa albardar da forma que gosta.Deveria então não ter respondido em benefício da sua isenção, idoneidade jornalística.
Meu amigo, é uma faramalha pegada.
Não têm nem uns nem os outros um pingo de categoria, dignidade, carácter.
Os pigmeus como esse cipaio do Silva Pereira e o ASS(outro)sentem-se tão desacreditados que se dão ao topete de pedir para serem tratados como não merecem (não vá o diabo tecê-las).Os outros que não os têm no sítio, e são o que são pelo preço, não lhes respondem em conformidade.
Tudo farinha do mesmo saco.
David Oliveira

Anónimo disse...

Aqui está uma excelente oportunidade.
Para a intervenção de uma alta autoridade.
A que vela pela Comunicação Social.
Dizer-se uma coisa destas e ficar impune, dá bem ideia do estado a que chegou este Estado.
À consideração do magnífico presidente da ERCS.
Em caso de incapacidade, ao ministro SS.
JB

Anónimo disse...

Mário Crespo, olé!!!

Factualmente, tudo verdade de uma ponta à outra e mais do que isso revela o modus operandi Socrático. Isto é o que sabemos nem quero imaginar o resto!

Cáustico disse...

Eles dizem-se socialistas mas não passam de uns socialistas de merda e da merda mais fedorenta. Quando é que esta cambada de saloios-imbecis intelectualizados é corrida e vai guardar cabras? É para o que demonstram mais aptidão.
A tropa fandanga politiqueira precisa de ser desmascarada, desde a extrema esquerda à extrema direita. Quem a poupa é tão safado como ela.

Anónimo disse...

este silva, da família botânica das rosáceas, faz-me lembrar um colega de trabalho conhecido pela alcunha de «fode mansinho».

radical livre

Anónimo disse...

Mas desde quando é que um pindérico deixou de o ser, por ser tratado por um qualquer título?
Quem dá dignidade aos cargos são as pessoas, não os títulos.
Quando muito passaraão a ser o sr dr., eng.º .. pindérico, ou sr. ministro pidérico da silva, vá.

Anónimo disse...

Dois bons motivos para pensar que os alicerces podem começar a frissurar: (1) mais um jornalista que assume o seu papel e pôe preto no branco e (2) um emigrante a constituir-se assistente do processo Freeport porque quer regressar a Portugal e desejar viver num país que não envergonhe.

Anónimo disse...

Parabéns ao Mário Crespo pelo excelente artigo que escreveu!!!Não tenhamos dúvidas:o jornalismo sério vive debaixo das pressões mais graves que se possam imaginar e até ridículas,como essa do Ministreco dizer:"olhe que quero ser tratado por Ministro ouviu?".
Ainda por cima essa espécie,melhor essa "miragem",de governante:Lá no Ambiente,nem sequer sabia escrever um texto-base de despacho...(sic a adjunta"leninha"lá da Secretaria-Geral...).
Tudo ralé(!)essa gentalha socrática:sempre tiveram fama de carroceiros,fãs da"porrada".
São um BANDO de oportunistas "varados" que assaltam o poder p/sacar taxos à custa do Orçamento do Estado!A propósito,aonde estão os computadores/furadores/agrafadores/etc dos gabinetes do Ambiente qdo o PS teve de abandonar a barcaça atolhada no lodo("pântano",diria o Tó Guterres!)?
E se,finalmente-depois de tudo isto-«fizéssemos de conta» que o Sócrates telefou pessoalmente para o Ricardo Costa da SIC-Notícias e lhe disse:
«Olá pá tás porreiro?Vê lá se pões esse M.Crespo na Ordem/Rua p/não andar práí a atacar-me?Sabes,pá,óh Ricardinho,é que ele não-gosta-nem-um-bocadinho-de-mim,pá!É mais um da campanha negra contra mim,sabes pá?».
Ao John Gonçalves um abraço pela lembrança de alertar p/o texto do M.Crespo.
E ao M.Crespo,um ABRAÇÃO pela brilhante HISTÓRIA que "imaginou" contar-nos.
Fá.

Luísa disse...

Ora aí está, João! O problema, para todos nós - incluindo, provavelmente, o Mário Crespo - é a hedionda campanha de que não há oposição. Uma campanha tanto mais bem sucedida, quanto é certo que uma boa parte dos seus «responsáveis» se situa, precisamente, nesse lado do espectro político. Tenho muita pena de que assim seja, mas, para uma leiga como eu, quem mais tem contribuído para aprofundar a imagem de desunião, desnorteamento e desordem no PSD é (descontado o «epifenómeno» Luís Filipe Menezes) a própria «entourage» da Dra. Ferreira Leite.

Anónimo disse...

Tudo tem sido feito pelo poder Sócretino para "partir" todos os que têm dignidade , independência e seriedade em Portugal."Levam",são "malhados" pelos SSs de serviço com tudo o que têm à mão.Ao mais alto nivel igualmente,PR e magistrados que o digam.Alguns sossobram,outros resistem,outros ainda vão navegando como podem que a vida é dura e a sobrevivência necessária.Com este artigo Crespo escolheu a dignidade da Liberdade e disse o que pensa acerca deste Poder abjecto.Tinha-o na conta de um jornalista sério.Depois desiludiu-me.É bom pensar que podemos voltar a contar com ele.Força,Crespo!

Miguel Neto disse...

É verdadeiramente espantoso que S. Exa. Sócrates e o "seu" PS continue a ter as intenções de voto das sondagens. É espantoso a quantidade de gente que acredita nas várias "cabalas". É espantoso que perante uma série de "casos" nebulosos e mal explicados se indignem contra o facto deles serem referidos, em vez de exigirem explicações que dissipem totalmente qualquer dúvida.

O que diriam todas essas pessoas se, em qualquer desses casos, os protagonistas fossem outros, de outras "cores" políticas?

Assim vamos continuar a dar a este tipo de autores dessas acções "mal explicadas" a responsabilidade de ter um papel importante na condução do nosso destino colectivo.

Lá diz o ditado: "O pior cego é o que não quer ver".

de.puta.madre disse...

Olha q o MC tb n parece boa cêpa. Dos tais Lacaios.