13.3.10

MEMORIAL, 2

Ramalho Eanes - não está em Mafra - disse o que alguém devia dizer em Mafra. Que o governo deve depender politicamente do PR. Fosse assim agora e outra teria sido a entrevista de Cavaco à RTP. Sobretudo quando Cavaco sabe que, num segundo mandato, terá fatalmente de ser mais presidencialista e menos parlamentarista de ocasião

3 comentários:

Alex disse...

Ele vai ser reeleito.. e tudo continuará na mesma...

səʇɒɹɔoʄ disse...

Se assim é, se Cavaco espera pelo segundo mandato para fazer o que deveria ter feito no primeiro, (tese esta muito referida e aceite como normal) pondo portanto o seu interesse pessoal acima do interesse do país, então não merece um segundo mandato.

Anónimo disse...

Como bem notou Vasco Pulido Valente, o PR, na entrevista de há dias, foi igual a si mesmo: decidiu não dizer nada.