25.3.10

O LÍDER PROVISÓRIO


Depois disto tudo, qual é, afinal, o melhor presidente para o PSD? Rangel chega a esta eleição directa a milhas do extraordinário e solitário discurso que fez no Hotel Tivoli quando apresentou a sua candidatura. Qualquer coisa se perdeu, mais do que se ganhou, no caminho. Alguém entretanto explicou a Passos Coelho que precisava de afivelar uma gravitas porque o referido descaso de Rangel o podia colocar na frente. Era o que lhe competia fazer e foi o que ele fez porque ninguém, tipicamente, se lembra já do congresso de Mafra. Só falo por mim, que nem sequer militante sou, mas a minha não recusa absoluta de Coelho, nesta altura do campeonato, depois de tantos e tantos posts nada amáveis para ele, ocorrerá porventura a encartados que votam? Não sei. Um deles - Rangel ou Coelho - ficará com um partido provisório nas mãos porque aquela tralha senatorial que por lá se passeia há mais de trinta anos não larga o osso. E a pífia despedida freteira da dra. Manuela complicou a coisa. Não o invejo.

6 comentários:

Toninho disse...

Boa noite, novamente.

Para lhe ser sincero João Gonçalves...

Qual "lego" se tratasse, se tivesse que "construír" um líder retirando "peça" a "peça" de um dos 4 candidatos, asseguro-lhe que não encontraria "coisa" capaz.

Depois do que hoje se assistiu no "ajuntamento" que dizem ser da república (c/letra pequena como não poderia deixar de ser), então que ganhe PPC.

Se é para partir...Vanessa, estamos nessa!

Cumprimentos.

C3H8 disse...

"aquela tralha senatorial que por lá se passeia há mais de trinta anos não larga o osso"

Com Cavaco Silva à cabeça...
ASENSIO

cristina ribeiro disse...

Hoje orgulho-me de ter votado CDS- oxalá assim continue, porque já me coube uma quota parte de desilusões no passado.

A. João Soares disse...

Quem quer que ganhe as eleições, e é muito provável que seja o Passos Coelho, vai ter uma tarefa muito difícil porque a história recente tem mostrado que não estará na cadeira por muitos meses. Logo à noite já começam a tirar-lhe o tapete. Os congressistas apáticos e com comportamento de ovelhas dóceis dormem no essencial mas estão sempre prontos para demolir. Votaram a lei da rolha por unanimidade !!! mas no dia seguinte já estavam colados a outro buldozer que propunha a retirada dos estatutos de uma cláusula que lhes mereceu unanimidade!!!

Vá lá perceber-se estes intelectuais patriotas e heróicos.
A vida do próximo líder não é desejável.

Abraço
João

JMV disse...

Confirma-se, João Gonçalves, que tudo o que você aqui vai escrevendo tem um prazo de validade - para si próprio! - de dias, semanas ou meros meses.

Admita, pois, que é tão "humano" como qualquer um de nós e desça dessa sua pose, qual deus injustiçado lá desterrado num Olimpo, de enfado e permanente embirração com tudo e todos...

jose reyes disse...

É lendo textos como este que se fica a perceber por que é este blog "dos pequeninos".