21.3.10

MONKEY BUSINESS

Ao ver aqueles atrasados mentais a sair do estádio e que "comentam" na tv a vitória do Benfica sobre o FCP (cujos respectivos atrasados mentais se entretiveram a exibir a sua deficiência pelo caminho até Faro) ocorre-me que gente desta natureza não merece um Sócrates. Merecem dez. E para os comentários fanáticos, deixo Jorge de Sena: «o que eu quero é sossego, e, como disse num poema, tão chocante pela má-criação para as almas delicadas daquela bosta ibérica, acabando em paz o meu café, em Creta, com o Minotauro, sob o olhar de deuses sem vergonha.» Noutro dia de bola - é todos os dias - ponho o poema.

8 comentários:

Jorge disse...

Gente desta. Como você, João. O snobismo fica-lhe mal. Ou será um norueguês aterrado de urgência no rectângulo? Poupe-nos dos ares...

António P. disse...

Francamente , João Gonçalves.
Deixe lá o Sócrates em paz.
O Bruno Alves é capaz de fazer melhores posts.
Cumprimentos

Anónimo disse...

O Jorge revê-se na bimbalhada que nos serviram, em doses cavalares, neste domingo de bola. E com pena de não ter aparecido na tv, vem aqui incomodar-nos. Poupe-nos.

Benfiquista snob e Dinamarquês

radical livre disse...

nesta republica das caricas os animais do rebanho são apascentados de modo a pensarem que são gente

Anónimo disse...

Interrogo-me sobre se a democracia não será como o acto de Pilatos, segundo a qual a verdadeira elite governativa faz de conta que quem decide é o populaça, para se livrar de quaisquer responsabilidades. O voto, tal como o bradar das multidões, isenta a decisão já tomada e ainda por cima confere à gentalha a enganadora sensação de que "o povo é quem mais ordena".

Anónimo disse...

O que interessa e que o glorioso ganhou...O pessoal comportou-se como o resto do pais... Portanto tudo normal...Ate vou dar uma falta justificada para festajar a coisa....

joshua disse...

Vibro com esse poema por todas as razões pessoais e nacionais: a insuportabilidade nacional alastra com uma gripe realmente letal.

Anónimo disse...

É um bocado snob, mas é verdade. Aqueles que refere (já sem falar dos energúmenos dos pedregulhos, de ambos os lados) são, geralmente, de um vazio mental de cair para o lado. O pior é que eles merecem 10 palhaços ditos cujos, mas nós levaríamos com eles (os tais 10) também...

Valha-nos o Benfica!

PC